Brutalism

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brutalism
Álbum de estúdio de Idles
Lançamento 24 de julho de 2018 (2018-07-24)
Gravação 2015–2016
Gênero(s) Punk rock
Duração 41:55
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Partisan/Balley
Produção Space
Cronologia de Idles
Joy as an Act of Resistance
(2018)

Brutalism é o álbum de estreia da banda britânica de rock Idles, lançado em julho de 2017.[1]

O disco foi baseado, em parte, na morte da mãe do vocalista Joseph Talbot, que morreu durante as gravações do disco após luta contra uma doença.[2] Ao ser lançado, o projeto alcançou sucesso de crítica por meio de avaliações da mídia especializada.[3]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Heel / Heal"
  2. "Well Done"
  3. "Mother"
  4. "Date Night"
  5. "Faith in the City"
  6. "1049 Gotho"
  7. "Divide and Conquer"
  8. "Rachel Khoo"
  9. "Stendhal Syndrome"
  10. "Exeter"
  11. "Benzocaine"
  12. "White Privilege"
  13. "Slow Savage"

Referências

  1. «Idles: Brutalism» 239 ed. Uncut. Abril de 2017: 32 
  2. «Meet IDLES, Punk's Most Savage Good Boys». Vice. Consultado em 24 de dezembro de 2018 
  3. «Idles». Metacritic. Consultado em 24 de dezembro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Idles é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.