Bryan Ruiz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bryan Ruiz
Bryan Ruiz
Ruiz atuando pelo Fulham
Informações pessoais
Nome completo Bryan Jafet Ruiz González
Data de nasc. 18 de agosto de 1985 (30 anos)
Local de nasc. San José, Costa Rica Costa Rica
Altura 1,87 m
Canhoto
Informações profissionais
Período em atividade 2003-presente (11 anos)
Clube atual Portugal Sporting
Número 20
Posição Meia-atacante
Site oficial Site Oficial
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20032006
20062009
20092011
20112015
2014
2015
Costa Rica Alajuelense
Bélgica Gent
Países Baixos Twente
Inglaterra Fulham
Países Baixos PSV Eindhoven (emp.)
Portugal Sporting
0083 000(24)
0081 000(26)
0097 000(45)
0095 000(12)
0019 0000(5)
0001 0000(0)
Seleção nacional3
2005 Flag of Costa Rica (state).svg Costa Rica 0081 000(18)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 28 de abril de 2015.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 28 de abril de 2015.

Bryan Jafet Ruiz González, mais conhecido como Bryan Ruiz (San José, 18 de agosto de 1985), é um futebolista costarriquenho que atua como extremo ou atacante. Atualmente, joga pelo Sporting Clube de Portugal, ao qual chegou transferido do Fulham.

Bryan é o capitão da Seleção Costarriquenha de Futebol, com quem disputou a Copa Ouro da CONCACAF de 2011, a Copa do Mundo FIFA de 2014 no Brasil e a Copa Ouro da CONCACAF de 2015. Bryan Ruiz destacou-se na Copa do Mundo pela seleção do seu país.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Alajuelense[editar | editar código-fonte]

Bryan começou sua carreira profissional aos 18 anos, fazendo sua estréia pela Liga Deportiva Alajuelense em 30 de novembro de 2003 contra o Pérez Zeledón Municipal,[1] na primeira divisão da Costa Rica. Ele formou um trio de ataque de sucesso com Rolando Fonseca e Froylán Ledezma, sendo considerado de goleador nato. Ele marcou seu primeiro gol em 23 de dezembro de 2003 contra o Ramonense, marcando duas vezes. [1] Na Alajuelense, Bryan foi apelidado em tom de brincadeira de "la Comadreja" (a doninha), por seu perfil facial. Ele ganhou títulos importantes, como a Copa UNCAF e Liga dos Campeões da CONCACAF.

Gent[editar | editar código-fonte]

No verão de 2006, Ruiz acertou sua transferência para o Gent, da Bélgica. Assinou um contrato de quatro anos. Foi apresentado junto com os conterrâneos Randall Azofeifa, que chegou do Deportivo Saprissa e Roy Myrie, que também defendia a Alajuelense.

Ele marcou seu primeiro hat-trick pelo Gent em 8 de dezembro de 2007 contra o Lokeren. Naquela temporada na Liga Belga, Ruiz foi o capitão e artilheiro da equipe.

Twente[editar | editar código-fonte]

Ruiz atuando pelo Twente em 2010.

Em 15 de julho de 2009, o clube holandês FC Twente anunciaram que tinham assinado com Ruiz por cerca de 5 milhões de euros e concordaram em receber uma porcentagem de uma posterior transferência. Ruiz assinou um contrato de 4 anos com a equipe da Eredivisie. O meia estreou com gol pelo novo clube, ao marcar o segundo gol da partida, com uma assistência de outro recém-chegado, Miroslav Stoch. Com o gol, contra o NAC Breda em 12 de dezembro de 2009, Ruiz conseguiu a façanha de marcar gols em 10 partidas consecutivas pelos holandeses. Em 27 de março de 2010, Bryan fez um dos hat-tricks mais rápidos da história, contra o Sparta Rotterdam, com gols aos 46º, 49º e 50 minutos do primeiro tempo.[2]

Em 2 de maio de 2010, o Twente sagrou-se campeão da Eredivisie pela primeira vez em sua história, com um triunfo por 2 a 0 na casa do NAC Breda; Bryan marcou o primeiro gol do jogo aos 23 minutos do primeiro tempo. Ruiz terminou a temporada como artilheiro, com 24 gols e principal jogador da equipe de Enschede.

Em agosto de 2011, o atacante estava sendo observado por olheiros do Arsenal e Tottenham, no entanto em 18 de agosto Ruiz afirmou que o Fulham estava em negociações com ele. Ruiz afirmou a uma fonte local que o "Fulham é uma opção considerável para mim. A Premier League é um campeonato fantástico. O pessoal do Fulham já contactou o meu agente e se a proposta vier, provavelmente a aceitarei.".

Fulham[editar | editar código-fonte]

Bryan defendendo o Fulham em 2010.

Em 31 de agosto de 2011, o último dia da janela de transferências de verão da Premier League, o Fulham anunciou a contratação de Ruiz por cerca de 10,6 milhões de libras esterlinas.[3] [4] Sua estréia foi no dia 11 de setembro de 2011, em casa, contra o Blackburn Rovers. [5] Seu primeiro gol pelo time inglês foi numa derrota por 3 a 1, em casa, contra o Everton em 23 de outubro de 2011. [6]

Contra o Bolton, no Reebok Stadium em 7 de abril de 2012, o costa-riquenho quebrou um osso do pé, ficando de fora do time por 10 semanas.[4]

Bryan terminou a temporada 2012-13 fazendo 31 partidas como titular e marcando cinco gols.[7]

PSV[editar | editar código-fonte]

Ruiz foi emprestado até o final da temporada ao PSV Eindhoven em 15 de janeiro de 2014.[8] Ele fez sua estréia em 19 de janeiro, em uma derrota por 1 a 0 contra o Ajax e marcou o seu primeiro gol pelo clube em 14 de fevereiro na vitória por 1 a 0 contra o Heracles Almelo.[9]

Sporting[editar | editar código-fonte]

O meia-atacante foi contratado pelo Sporting Lisboa por 3 temporadas em valores não divulgados, no dia 7 de julho de 2015. O clube português colocou uma cláusula de rescisão no contrato de 60 milhões de euros. Sua contratação foi uma pedida do técnico Jorge Jesus, que anteriormente tentou levá-lo para o Benfica, quando este era o seu treinador, porém a negociação não avançou. [10] [11] [12] [13] Ruiz avaliou muito bem sua transferência: "Estou agradecido ao Sporting pelo interesse que já demonstrava há algum tempo. É uma boa oportunidade para mim, é um dos três grandes de Portugal e vou ter a oportunidade de jogar na Liga dos Campeões ou na Liga Europa. É uma equipe que quer voltar a ser campeã numa liga que é bastante boa. Sempre achei que o futebol português era parecido com o espanhol. É um futebol técnico e espero que seja favorável ao meu estilo." [12]

Copa do Mundo 2014[editar | editar código-fonte]

Ruiz comanda a Costa Rica, faz gols históricos e vira “herói nacional”[editar | editar código-fonte]

Bryan fez o golo que classificou a Seleção da Costa Rica para as oitavas-de-final da Copa do Mundo FIFA 2014 , na vitória por 1 a 0 contra a poderosa Seleção Italiana na 2ª rodada do Grupo D, considerado o “Grupo da Morte”, que ainda tinha as seleções Uruguaia e Inglesa. Além do golo contra a Itália, Ruiz ainda fez mais um na estréia de sua seleção no Mundial, na vitória de virada por 3 a 1 contra o Uruguai. O jogo surpreendeu e calou o mundo do futebol, pois a expectativa era que a Seleção caribenha fosse massacrada pelas outras seleções (campeãs mundiais) integrantes do grupo.

Na 3ª rodada da primeira fase, a Costa Rica empatou em 0x0, com a já eliminada Inglaterra.

Nas oitavas-de-final, Bryan abriu o placar contra a Grécia em Recife, na Arena Pernambuco aos 7 minutos da segunda etapa. Após o time grego empatar o jogo nos acréscimos, a partida foi para a disputa de pênaltis, Ruiz converteu sua cobrança. Seu time ganhou por 5x3 e se classificou, pela primeira vez na história, às quartas-de-final de uma Copa do Mundo. O adversário nas quartas, seria a poderosa Holanda que tinha batido, de virada, o México uma hora antes.

A Seleção Costarriquenha vivia o seu melhor momento no futebol, sendo a melhor campanha na história das Copas de uma seleção centro-americana.

Contra a Holanda, em Fortaleza na Arena Fonte Nova, o time caribenho mostrou mais uma vez ao mundo porque era chamada de "mata-gigantes". Numa partida muito difícil, a "Laranja Mecânica" veio com fome de gols. A postura da Costa Rica foi igual a de toda a campanha, jogando na retranca, os Ticos suportaram a pressão e levaram o jogo para a prorrogação, onde o gol não saiu e o placar ficou em 0x0. Na decisão por pênaltis, Tim Krul foi herói. O goleiro que entrou no fim da prorrogação só para a disputa de pênaltis, pegou as cobranças do próprio Ruiz e de Michael Umaña e colocou a Laranja nas semifinais.

Apesar da derrota, o time Costarriquenho saiu de cabeça erguida de campo, sabendo que tinham lutado até o fim e perderam "jogando com a sorte". Os Ticos sabiam que tinham dado trabalho a poderosa Holanda, e que quando desembarcassem em San José iriam ser festejados como deuses. O grupo desacreditado que foi para o Brasil esperando uma eliminação na primeira fase, eliminou Itália e Inglaterra (dois campeões do mundo), passou pela enjoada Grécia e caiu, de cabeça erguida para a forte Holanda de Robben, Van Persie e Sneijder. A Costa Rica calou, surpreendeu e encantou o mundo com seu futebol bem jogado. Com um camisa 10 (Ruiz) tranquilo, consciente e decisivo. Um centro-avante (Campbell) brigador, talentoso e incasável. Um goleiro (Navas) que foi eleito 3 vezes melhor em campo e que parou os melhores atacantes do mundo, fazendo defesas milagrosas e defendendo um pênalti histórico. E um técnico (Pinto) conhecedor do futebol, dos seus adversários, das qualidades e defeitos do seu time, e de extrema noção tática.

Ruiz, junto com o elenco foram heróis e fizeram a campanha mais bonita de seu país no maior campeonato de futebol do mundo. Bryan atraiu visibilidade mundial e muitos elogios sobre seu futebol. O camisa 10 e capitão foi o artilheiro da equipe na competição com 2 gols.

Ruiz foi considerado pela imprensa, junto com o atacante Joel Campbell e o goleiro Keylor Navas, o responsável pela brilhante campanha e a estrela da Seleção que encantou o mundo.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Bryan tem um irmão, Yendrick, que também é jogador de futebol. Os irmãos foram companheiros no Alajuelense por um período de duas semanas antes de Bryan assinar pelo Gent. Não jogavam juntos até 14 de agosto de 2013, quando ambos jogaram pela Seleção da Costa Rica em um amistoso contra a República Dominicana.[14] [15]

Bryan trabalhou como colunista do jornal esportivo costarriquenho Al Día entre 2011 e 2014. [16]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Alajuelense
Twente
Sporting
Costa Rica

Individuais[editar | editar código-fonte]

  • Jogador da Temporada do Gent: 2009
  • Jogador da Temporada do Twente: 2010

Referências

  1. a b Vida de Bryan Ruiz Nacion (16 de fevereiro de 2009). Visitado em 12 de julho de 2015.
  2. Bryan Ruiz hat-trick keeps Twente on course for title DNAindia (28 de março de 2010). Visitado em 12 de julho de 2015.
  3. Ruiz Joins Fulham Fulham (31 de agosto de 2011). Visitado em 12 de julho de 2015.
  4. a b Fulham striker Bryan Ruiz has surgery on broken foot BBC Sport (10 de abril 2012). Visitado em 12 de julho de 2015.
  5. Fulham 1 - 1 Blackburn BBC Sport (11 de setembro de 2011). Visitado em 12 de julho de 2015.
  6. Fulham 1 - 3 Everton BBC Sport (23 de outubro de 2011). Visitado em 12 de julho de 2015.
  7. Bryan Ruiz - Soccerbase Soccerbase (9 de maio de 2013). Visitado em 12 de julho de 2015.
  8. Bryan Ruiz: Fulham forward joins PSV Eindhoven on loan BBC Sport (15 de janeiro de 2014). Visitado em 12 de julho de 2015.
  9. Eredivisie: PSV climb to fifth with victory over Heracles Almelo skysports (14 de fevereiro de 2014). Visitado em 12 de julho de 2015.
  10. Bryan Ruiz: Sporting Lisbon sign Fulham forward on three-year deal BBC Sport (7 de julho de 2015). Visitado em 12 de julho de 2015.
  11. Meia costarriquenho Bryan Ruiz é contratado pelo Sporting por três temporadas Vavel (8 de julho de 2015). Visitado em 12 de julho de 2015.
  12. a b Oficial: Sporting contrata Bryan Ruíz Publico (7 de julho de 2015). Visitado em 12 de julho de 2015.
  13. Alvo do Flamengo em 2014, meia costarriquenho acerta com o Sporting LANCENET! (7 de julho de 2015). Visitado em 12 de julho de 2015.
  14. Bryan Ruiz y Yendrick Ruiz al fin cumplen su sueño de niños: jugar juntos Nacion (13 de agosto de 2013). Visitado em 12 de julho de 2015.
  15. Dominican Republic vs. Costa Rica 0-4 Soccerway (14 de agosto de 2013). Visitado em 12 de julho de 2015.
  16. [1] Bryan Ruiz on Facebook (20 de novembro de 2013). Visitado em 12 de julho de 2015.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de Costa RicaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas costa-riquenhos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bryan Ruiz