Bryson Tiller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bryson Tiller
Bryson Tiller em 2018.
Informação geral
Nome completo Bryson Djuan Tiller
Também conhecido(a) como Pen Griffey
Nascimento 2 de janeiro de 1993 (30 anos)
Local de nascimento Louisville, Kentucky
 Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Instrumento(s) Vocais
Período em atividade 2011 – presente
Gravadora(s) RCA
Afiliação(ões)
Página oficial TrapSoul.com

Bryson Djuan Tiller(Louisville, 2 de janeiro de 1993) é um cantor, compositor e rapper estadunidense, considerado um dos mais proeminentes nomes da nova geração de músicos de R&B e trap.[1] Tiller teve como seu primeiro trabalho musical o mixtape Killer Instinct Vol. 1., lançado em 2011. Anos mais tarde, a canção "Don't" alcançou as principais colocações da Billboard Hot 100 e abriu caminhos para a produção e eventual sucesso crítico e comercial de seu primeiro álbum de estúdio, T R A P S O U L, que veio a ser lançado em 2015.

Em maio de 2017, Tiller lançou seu segundo álbum de estúdio, intitulado True to Self, que estreou em primeiro lugar na Billboard 200. Nesse mesmo ano, o rapper também dividiu os vocais com Rihanna e DJ Khaled na canção "Wild Thoughts", que alcançou a segunda colocação na Billboard Hot 100.

Desde o início de sua carreira recente, Tiller têm recebido diversas indicações aos prêmios musicais mais destacados dos Estados Unidos, incluindo duas indicações ao BET Award nas categorias de Melhor Artista Revelação e Melhor Artista Masculino R&B/Pop em 2016.[2][3]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Bryson Djuan Tiller nasceu 2 de Janeiro de 1993, em Louisville, no estado do Kentucky.[1] Sua mãe morreu quando ele tinha apenas 4 anos de idade.[4] Ele tem 3 irmãos.[5] Bryson Tiller tem duas filhas.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bryson Tiller começou a receber a atenção pelo seu hit "Don't", que ele originalmente lançou em sua página no SoundCloud. Ele assinou com a RCA Records em 25 de agosto de 2015. T R A P S O U L estreou no 11º lugar na Billboard 200.

Em entrevista, Bryson Tiller considerou seu estilo como : TRAP influenciado pelo R&B, o casamento perfeito entre o TRAP e R&B." Tiller citou cantor americano Omarion como sua maior influência. Outras influências incluem R. Kelly, The-Dream, Lil Wayne, Chris Brown e Drake. Os críticos comparam o estilo de Bryson Tiller ao de Jeremih, Drake, Party Next Door e Tory Lanez.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbum de Estúdio[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes Posição nos "charts"
US
US
R&B/HH

T R A P S O U L
  • Gravadora: RCA Records
  • Formatos: CD, Download
8 3

Mixtapes[editar | editar código-fonte]

Titulo Detalhes
Killer Instinct Vol.1[6]
  • Released: October 31, 2011
  • Format: Digital download

Singles[editar | editar código-fonte]

Título Year Posição nos Charts Album
US
US R&B
CAN
"Don't" 2015 13 8 58 T R A P S O U L
"Exchange" 39 15
"Sorry Not Sorry" 67 32

Outras musicas nos "Charts"[editar | editar código-fonte]

Title Year Posição nos "charts" Album
US R&B/HH
"Let 'Em Know" 2015 48 T R A P S O U L
"Been That Way" 50

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Kentucky Birth Index (1999). «U.S. Public Records Index». Family Search. Consultado em 24 de dezembro de 2015 
  2. Johnson, Zach (20 de maio de 2016). «BET Awards 2016: Complete List of Nominations». E! News 
  3. Kile, Meredith B. (26 de junho de 2016). «2016 BET Awards: The Complete Winners List». E! News 
  4. «Bryson Tiller». RCA Records. Consultado em 3 de janeiro de 2016 
  5. «From Nothing To Something: The Life & Times Of Bryson Tiller». Global Grind. Consultado em 9 de janeiro de 2016 
  6. «Bryson Tiller - Killer Instinct - Mixtape Download & Stream». The Mixtape Lab. Consultado em 27 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]