Bucolismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O bucolismo exalta as belezas da vida no campo.

Bucolismo é o termo utilizado para designar uma espécie de poesia pastoral que descreve a qualidade ou o caráter dos costumes rurais, exaltando as belezas da vida campestre e da natureza, característica do arcadismo. A base material do progresso consubstanciava-se nas cidades. Mudava-se o mundo, modernizavam-se as cidades e, consequentemente, redobravam-se os problemas dos conglomerados urbanos.[1]

A natureza acenava com a ordem nos prados e nos campos, e os indivíduos resgatavam sentimentos corroídos pelo progresso. Os árcades buscavam uma vida simples, bucólica, longe do burburinho citadino. É presente nos textos e músicas que trazem ideia de uma vida simples na natureza e nos campos, com os animais e as pastagens.

Segundo os árcades, a pureza, a beleza e a espiritualidade residem na natureza. O crescimento das cidades conduz à valorização do campo e do preceito horaciano do fugere urbem ("fugir da cidade"), daí a preferência por temas pastoris e pelas cenas de vida campestre.

Referências

  1. *Significados. «Significado de Bucólico». Consultado em 7 de setembro de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.