Bujar Nishani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bujar Nishani
Bujar Nishani
Presidente da  Albânia
Período 24 de julho de 201224 de julho de 2017
Antecessor(a) Bamir Topi
Sucessor(a) Ilir Meta
Dados pessoais
Nascimento 29 de setembro de 1966 (51 anos)
Durrës, Albânia
Primeira-dama Odeta Nishani
Partido Partido Democrático da Albânia

Bujar Faik Nishani (n. 29 de setembro de 1966; AFI: buˌjaɹ niˈʃani) é um político albanês, presidente da Albânia entre 2012 e 2017. Quando foi eleito, Nishani era membro do Partido Democrático da Albânia, deputado, e ministro dos Assuntos Internos. Constitucionalmente resignou aos três cargos após a eleição. O parlamento da Albânia elegeu Nishani para presidente com uma maioria simples de 73 em 140 possíveis, sem consenso da oposição.

Vida pessoal e educação[editar | editar código-fonte]

Bujar Nishani nasceu em Durrës, Albânia. Em 1988 terminou os estudos na Academia Militar Skënderbej. Em 1996 estudou em San Antonio, Texas e na Califórnia. Em 2004, graduou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de Tirana. Completou ainda um mestrado em Estudos Europeus.[1] É casado com Odeta Nishani e tem dois filhos.

Política[editar | editar código-fonte]

Bujar Nishani militou-se no Partido Democrático da Albânia em 1991, após a queda do comunismo. Trabalhou com chefe de relações exteriores no Ministério da Defesa e, depois, como chefe do gabinete de relações com a NATO no Ministério dos Negócios Estrangeiros. Em 1996 regressou ao Ministério da Defesa como membro do gabinete.[1]

Após o Partido Democrático ter perdido as eleições parlamentares de 1997, saiu do cargo que ocupava e tornou-se presidente de uma ONG dedicada a assuntos militares euro-atlânticos. Em 2001 foi eleito secretário-geral do ramo do Partido Democrático em Tirana, e em 2004 membro do conselho da cidade de Tirana.[1]

Venceu as eleições de 2005, na 34.ª zona eleitoral da capital contra o Ministro da Polícia e Segurança Igli Toska. Depois de liderar a Comissão Parlamentar de Segurança Nacional foi nomeado Ministro do Interior pelo primeiro-ministro Sali Berisha, e, em setembro de 2009, após segunda vitória eleitoral, foi nomeado Ministro da Justiça.[1] Em 2011 substituiu Lulzim Basha como Ministro do Interior.[2]

A 12 de junho de 2012, após vencer as eleições presidenciais, Nishani abandonou o cargo de Ministro do Interior.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Gjergj Lezhja
(interino)
Ministro do Interior da Albânia
2007 – 2009
Sucedido por
Lulzim Basha
Precedido por
Enkelejd Alibeaj
Ministro da Justiça da Albânia
2009 – 2011
Sucedido por
Eduard Halimi
Precedido por
Lulzim Basha
Ministro do Interior da Albânia
2011 – 2012
Sucedido por
Flamur Noka
Precedido por
Bamir Topi
Presidente da Albânia
2012 – 2017
Sucedido por
Ilir Meta