Buraco do Lume

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Praça Mário Lago, anteriormente chamada Praça Melvin Jones, e popularmente conhecida como Buraco do Lume, é um famoso logradouro situado no Centro[1] da cidade do Rio de Janeiro, próximo ao Largo da Carioca, e de sua estação de metrô. O Buraco do Lume é considerado um lugar tradicional de manifestação política, principalmente de partidos de esquerda.[2][3] Às segundas-feiras é ocupado por militantes do PT, enquanto às sextas é ocupado pelo PSOL.

Buraco do Lume, no dia da inauguração da placa com o novo nome, enquanto ocorria a prestação de contas de parlamentares do PT.

Em fins da década de 1990, uma lei do vereador Eliomar Coelho, então no PT, mudou o nome da praça, com o fim de homenagear o advogado, poeta, radialista, letrista e ator Mário Lago, porém os prefeitos César Maia e Luiz Paulo Conde jamais ratificaram a decisão da Câmara, que só foi efetivada em 2009, no mandato de Eduardo Paes, quando a placa do logradouro com o novo nome foi finalmente instalada.

Na praça existe um monumento em homenagem a Lions Clube do Brasil, uma organização internacinal voltada para atividades humanistas, fundada por Melvin Jones.

O nome Buraco do Lume deveu-se à uma curiosidade. No final da década de 50, a empresa Lume Empresarial comprou vários imóveis no lado impar da São José para levantar sua imponente sede, um arranha céu de mais de 20 pavimentos que daria frente tanto para a Rua São José quanto para Av. Nilo Peçanha. Mas o inusitado ocorreu, a Lume (que deixou pouquíssimos registros de sua história) faliu e as obras de sua projetada sede se resumiam então nos tapumes abandonados ocupando uma área nobre o um enorme buraco, escavado para as fundações e garagem do prédio.O povo logo apelidou o canteiro de obras abandonado de Buraco do Lume, que convivia com a moderna e valorizada Esplanada do Castelo e restos da cidade colonial, que ali permanecia nos velhos sobrados da Rua de São José, formando um enclave numa zona que se modernizava.[4]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.