Burcardo II da Suábia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Burcardo II da Suábia
rei da Borgonha
Escudo do Brasão de armas da da Suábia.
Nome completo
Burcardo II da Suábia
Nascimento 883 ou 884
Morte 29 de abril de 926
Pai Burcardo I da Suábia
Mãe Liutgarda da Saxônia

Burcardo II da Suábia (883 ou 884 - 29 de abril de 926) foi nobre medieval cuja família tem origem nos povos Alamanos, foi Duque de Suábia desde 909 e até á sua morte, marquês de Récia e Conde de Turgóvia e Baar, no que parecem ser as terras ancestrais de sua família, os hunfridingas ou burcardingas, príncipes com origem Alamanos, títulos que herdou de seus pais, Burcardo I da Suábia e Liutgarda da Saxônia, então rainha-viúva do rei da Frância oriental Luís III da Germânia e filha do duque de Saxónia, Ludolfo da Saxónia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Burcardo participou nas primeiras guerras ocorridas na Suábia, em que a sua família promoveu na Francônia, fundou o Mosteiro de São Margarethen em Waldkirch para estender a influência de sua família na Renânia.

A quando da prisão de seu pai e sua execução ocorrida por alta traição em 911, Burcardo II e sua esposa, Reginlinda de Sulichgau, filha do conde Eberardo I de Sulichgau, foram para a Itália, não se sabendo ao certo de foi banido pelo Conde Erchanger da Suábia, duque da Suábia, ou se terá partido voluntariamente, exilando-se com os seus parentes nos Alpes.

Cerca de 913, Burcardo II retornou do exílio e assumiu o controle sobre os territórios que eram propriedade de seu pai. Em 915, juntou-se a Erchanger da Suábia e Arnulfo da Baviera, Duque da Baviera, na batalha contra os magiares[1][2][3][4].

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Burcardo I da Suábia (c. 855 - 23 de novembro de 911) e de Liutgarda da Saxónia então rainha-viúva do rei da Frância oriental Luís III da Germânia (835 - 20 de janeiro de 882), e filha do duque de Saxónia, Ludolfo da Saxónia e de Oda de Bilungo. Casou com Reginlinda de Sulichgau (c. 890 - 958) filha de Eberardo I de Sulichgau (856 - 889) e de Gisela de Verona (? - 911), de quem teve:

  1. Gisela da Suábia (c. 905 - 26 de outubro de 923 ou 925), abadessa de Waldkirch,
  2. Hicha da Suábia (c. 905 - 950), casada com Werner V de Nahegau (899 - 935),
  3. Burcardo III da Suábia (c. 915 - 11 de novembro de 973), mais tarde duque da Suábia,
  4. Berta da Suábia (c. 907 - 2 de janeiro de 961), casada Rodolfo II da Borgonha, (? — 11 de julho de 937) foi rei da Alta Borgonha de 912 até sua morte, e rei da Itália entre 922 e 925 e rei da Baixa Borgonha de 930 até sua morte[5],
  5. Adalrico da Suábia (? - m. 973), monge na Abadia de Einsiedeln.

Referências

  1. Alfons Zettler, Geschichte des Herzogtums Schwaben, Stuttgart, 2003, Seiten 103ff; ISBN 3-17-015945-3.
  2. Gerhard Hartmann & Karl Schnith: Die Kaiser - 1200 Jahre europäische Geschichte. Genehmigte Lizenzausgabe für Verlagsgruppe Weltbild GmbH, Augsburg, 2003 ISBN 3-8289-0549-8
  3. Julius Hartmann: Burchard I. (Herzog von Schwaben). In: Allgemeine Deutsche Biographie (ADB). Band 3, Duncker & Humblot, Lípsia 1876, S. 562.
  4. Hans Jürgen Rieckenberg: Burchard I., Herzog von Schwaben. In: Neue Deutsche Biographie (NDB). Band 3. Duncker & Humblot, Berlin 1957, ISBN 3-428-00184-2, S. 28
  5. Genealogics.org (em inglês)