Buritirama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Buritirama
  Município do Brasil  
Buritirama.jpg
Hino
Gentílico buritiramense
Localização
Localização de Buritirama na Bahia
Localização de Buritirama na Bahia
Mapa de Buritirama
Coordenadas 10° 42' 28" S 43° 37' 51" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Municípios limítrofes Mansidão, Pilão Arcado, Barra, Avelino Lopes (PI), Júlio Borges (PI)
Distância até a capital 766 km
História
Fundação 9 de maio de 1985 (35 anos)
Aniversário 9 de maio
Administração
Prefeito(a) Arival Marques Viana[1] (DEM, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 3 797,871 km²
População total (IBGE/2017[3]) 21 500 hab.
Densidade 5,7 hab./km²
Clima Aw - tropical/semiárido
Altitude 492 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 47120-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,565 baixo
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 54 145,530 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 2 798,36
Outras informações
Padroeiro(a) São Gonçalo
Sítio www.buritirama.ba.gov.br (Prefeitura)
www.camaradeburitirama.ba.gov.br (Câmara)

Buritirama é um município brasileiro do estado da Bahia, situado na microrregião de Barra e mesorregião do Vale São-Franciscano da Bahia.

Fica a 766 km da capital Salvador e a 297,6 km de Barreiras, principal cidade da região.

Politica[editar | editar código-fonte]

Buritirama foi emancipado em 9 de maio de 1985 e seu primeiro prefeito eleito em 15 de novembro de 1985 foi Arival Marques Viana, ele que inclusive é nos dias atuais, 36 anos depois, prefeito novamente para o sexto mandato no município.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Buritirama é vocábulo indígena que significa "parecido com o buriti". Do tupi mburiti: buriti, uma espécie de palmeira; e rami: semelhante.

Emancipado no dia 9 de maio de 1985 do município de Barra, Buritirama era um pequeno distrito, muito conhecido por suas belezas naturais, onde obteve a independência após anos de luta dos movimentos sociais de esquerda na cidade.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população segundo o censo do IBGE em 2017 era de 21.500 habitantes.[6]

Economia[editar | editar código-fonte]

O município tem uma economia extremamente estatizada, com pequenos setores de serviços, uma agricultura familiar de subsistência. Entretanto, devido o extremo planejamento das gestões que se sucederam principalmente após emancipação política, a cidade se tornou referência em infraestrutura e urbanismo em todo o estado da Bahia.

Referências

  1. «Arival Viana, do DEM, é eleito prefeito de Buritirama». G1. 16 de novembro de 2020. Consultado em 23 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 26 de novembro de 2020 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 11 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. [1]
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Buritirama