Bush (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bush
Álbum de estúdio de Snoop Dogg
Lançamento 12 de maio de 2015 (2015-05-12)
(veja abaixo Histórico de lançamento)
Gravação 2013-15
Gênero(s)
Duração 41:13
Idioma(s)
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção
Cronologia de Snoop Dogg
7 Days of Funk
(2013)
Cuzznz
(2016)
Singles de Bush
  1. "Peaches N Cream"
    Lançamento: 10 de março de 2015 (2015-03-10)
  2. "So Many Pros"
    Lançamento: 14 de abril de 2015 (2015-04-14)
  3. "California Roll"
    Lançamento: 5 de maio de 2015 (2015-05-05)

"Bush" (estilizado como "BUSH") é o décimo terceiro álbum de estúdio do rapper estadunidense Snoop Dogg. Foi lançado em 12 de maio de 2015 no Estados Unidos,[1] pelas editoras discográficas Doggystyle Records, I Am Other[2] e Columbia Records.[3][4] O álbum foi produzido por Pharrell Williams,[5] com a produção adicional de Chad Hugo, e tem participações de artistas de R&B notáveis como Stevie Wonder e Charlie Wilson,[6] e outras participações como Kendrick Lamar, T.I., Rick Ross e Gwen Stefani.[7]

Desde o seu lançamento "Bush" recebeu críticas favoráveis a partir dos críticos da musica.[1] O álbum estreou no numero um da Billboard R&B/Hip-Hop Albums.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 28 de agosto de 2014 foi liberado um vídeo do que seria uma previa de uma das canções trabalho em conjunto entre Snoop e Pharrell.[8] Mais tarde em Setembro de 2014, o rapper anunciou em sua conta no Instagram, seu novo trabalho em conjunto com Pharrell.[9]

O LP é o primeiro Disco de estúdio inteiramente de Hip Hop lançado por Snoop desde Doggumentary, lançado em 2011.[10][11] Sendo que naquele mesmo ano, Snoop juntamente com Wiz Khalifa lançou a Banda sonora Mac & Devin Go to High School,[12] da qual foi extraído o single Young, Wild & Free, top dez na Billboard Hot 100,[13] e indicado ao Grammy Awards. Nesse período o rapper lançou o Extended play Stoner's do subgênero do Hip Hop stoner rap,[14] seis dias mais tarde do lançamento do EP, o cantor mudou sua alcunha para Snoop Lion, e lançou seu primeiro álbum de Reggae, intitulado Reincarnated, álbum que veio ser indicado ao 56th Annual Grammy Awards na categoria Melhor álbum de Reggae.[15] No final de 2013 o artista mudou sua alcunha novamente, dessa vez para Snoopzilla, em menção a Bootzilla,[16] e se juntou a o produtor musical Dâm-Funk para lançar o aclamado pela crítica álbum colaborativo inteiramente de Funk intitulado 7 Days of Funk.[17][18]

Pharrell Williams, o principal responsável pela produção do álbum

O título do álbum foi divulgado pelo rapper em janeiro de 2015,[19] na convenção Consumer Electronics Show que ocorreu em Las Vegas.[20] Inicialmente seu lançamento previsto para Março de 2015,[21] e depois confirmado para 12 de maio do mesmo ano.[22] Mais tarde, na primeira sexta-feira de fevereiro de 2015, Snoop publicou em sua conta no instagram uma foto de uma jaqueta com o nome do disco como estampa,[23] e em 17 do mesmo mês o rapper publicou em seu canal no YouTube um vídeo promocional do disco,[24] no qual ele enrola e depois fuma uma baseado, tendo ao fundo batidas de Funk e Disco,[25] semelhantes as usadas nas colaborações de Pharrell no álbum Random Access Memories, da dupla Daft Punk,[26][27] e ainda semelhantes as de seu segundo álbum de estúdio GIRL.[28]

Em 3 de março foi divulgada a arte da capa,[29] na qual estão presentes diversos arbustos verdes, em referencia a cannabis, de diversos formatos e tamanho, juntamente com um cachorro azul, uma referencia a gangue de rua Crip, mordendo uma das plantas.[30]

Em 22 de abril a Columbia Records por meio de sua pagina oficial na internet publicou uma foto de Snoop e Pharrell em um salão inspirado na arte da capa do disco.[31] A lista de faixas completa do álbum foi divulgada em 29 de abril de 2015.[32][33]

Mais tarde mais dois vídeos de Snoop e Pharrell dialogando sobre as faixas do disco foi publicado no VEVO.

Gravação e produção[editar | editar código-fonte]

O álbum foi inteiramente produzido por Pharrell Williams e teve produção adicional de Chad Hugo, seu par no duo The Neptunes. Pharrell já tinha trabalhado em parceria com o rapper nos álbuns Paid tha Cost to Be da Boss de 2002, R&G (Rhythm & Gangsta): The Masterpiece de 2004, Tha Blue Carpet Treatment de 2006,[34] Ego Trippin' de 2008.[35] e algumas poucas faixas do álbum Malice n Wonderland de 2009,[36] como membro do Neptunes. Sendo os principais produtores do artista na década anterior ao lançamento do álbum.

"É melhor que GIRL, Bush tem grande chance de ganhar um Grammy"

Afirmou Pharrell durante entrevista a radio Power 106 FM.[37]

A parceria entre os dois artistas já rendeu diversos singles de sucessos e canções bem recebidas por publico e crítica tanto para Snoop Dogg quanto para Pharrell, entre eles estão From tha Chuuuch to da Palace, Beautiful, Drop It Like It's Hot, Let's Get Blown, Signs, 10 Lil' Crips, Perfect, Sets Up It Blows My Mind, entre outros.[38] Snoop declarou em entrevista que é uma sensação boa estar de volta ao estúdio para produzir mais um Disco: "É um grande disco, e Pharrell o fez de cima a baixo. É uma sensação boa e eu estou feliz por estar de volta ao estúdio trabalhando com um dos meus produtores favoritos, com meus manos. É diferente, é completamente diferente do que qualquer coisa que já fizemos. É uma sensação boa, parece bom, parece ser bom."[39] A partir de outubro de de 2014 tanto Snoop quanto Pharrell começaram a postar diversas fotos em suas redes sociais, de ambos em estúdios de gravação preparando aquele que seria a produção do disco.[9]

Estilo musical[editar | editar código-fonte]

"É um grande disco, Pharrell meu ajudou nele de cima a baixo"

Snoop falando sobre seu álbum em meados de 2014.[21]

Ao contrario do que foi feito em todos os seu álbuns solo anteriores, o artista inovou tendo a Funk music como uma das principais influencias do disco.[40] Utilizando elementos de metais, e guitarras elétricas nas canções, e trazendo participação de grandes nomes do gênero, como Stevie Wonder e Charlie Wilson.[6] Durante entrevista ao jornal New York Times, Snoop afirmou: "Há um vácuo no mercado para esse estilo de música. Eu acredito que se o rap não existisse, eu seria cantor de R&B. Eu teria sido como o Rick James, um renegado."[41]

Também estão presentes no álbum influencias da Disco music, e pitadas e West coast hip hop, estilo que imortalizou o rapper no mercado musical.[1]

Singles[editar | editar código-fonte]

"Peaches N Cream" foi anunciado como primeiro single do álbum em 7 e janeiro de 2014.[18][42] O single teve seu primeiro teaser divulgado em 27 de fevereiro de 2015, no qual aparece Snoop, Pharrell e Charlie Wilson em um estúdio de gravação com o sample do single tocando ao fundo,[43][44] e no mesmo dia divulgou uma imagem da gravação do videoclipe.[45] entre 27 de fevereiro á 9 de março foram divulgados três teaser de aproximadamente quinze segundos, nos quais apareciam cenas de Snoop, Pharrell e Charlie em um estúdio de gravação, durante o processo de produção do single.[46][47] A Capa do single foi divulgada em 9 de março de 2015.[48] Foi lançada em 10 de março de 2015, tendo a participação do cantor Charlie Wilson, e vocais não creditados de Pharrell, que tambem produziu a faixa.[49] No mesmo dia foi lançado o vídeo lirico do single na conta do rapper na plataforma VEVO.[50] O vídeo oficial da faixa foi lançado na mesma plataforma em 18 de março de 2015.[51] O single foi um sucesso nas redes sociais, fazendo ele estrear já na semana de lançamento na primeira posição da Twitter Top Tracks, da revista Billboard.[52] Poucos dias apos seu lançamento Peaches N Cream estreou na quarta posição na Billboard Bubbling Under R&B/Hip-Hop Singles[53] e 49º posição na Billboard R&B/Hip-Hop Airplay[54] A canção chegou a 41º posição na Hot R&B/Hip-Hop Songs. Fora do país de origem o single chegou a decima quarta posição na Bélgica,[55] decima terceira na Holanda,[56] entrando ainda nas paradas musicais de França, México e Austrália.[57]

"So Many Pros" foi confirmado como segundo single do álbum pelo instagram do rapper em 13 de abril de 2015.[58] Seu lançamento ocorreu simultaneamente com o do videoclipe em 14 de abril de 2015.[59] Assim como o single de abertura do disco, So Many Pros tem seu videoclipe em estilo retro e psicodélico.[60]

"California Roll" foi lançado como terceiro single no iTunes em 5 de maio de 2015. A faixa tem a participação da lenda do R&B Stevie Wonder, e vocais não creditados de Pharrell.[61] O videoclipe oficial foi lançado na mesma plataforma em 20 de maio de 2015.[62] O single foi o primeiro solo do artista a entrar na Hot R&B Songs.[63]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic (71/100)[64]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4 de 5 estrelas.[1]
Billboard 3 de 4 estrelas.[65]
Consequence of Sound C[66]
Entertainment Weekly (B+)[67]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.[68]
The Guardian 4 de 5 estrelas.[69]
Pitchfork Media 6.5/10[70]
Los Angeles Times[71] 3 de 4 estrelas.
XXL 4 de 5 estrelas. (XL)[72]
Hip Hop DX 3.5 de 5 estrelas.[73]

Até a data o álbum recebeu criticas mista e positivas dos críticos da musica. Por parte da crítica especializada do Metacritic o disco recebeu seis votos positivos e quatro mistos, fazendo o disco receber 71 pontos em uma tabela que chega até 100 pontos.[64] Com a nota o disco se tornou o segundo álbum mais bem avaliado pelo portal, ficando apenas atras de seu álbum Paid tha Cost to Be da Bo$$.

O renomado portal musical AllMusic, aclamou o álbum com quatro estrelas em cinco possíveis. Nota por exemplo superior ao clássico Dangerous de Michael Jackson.[74] Dizendo:"...O novo disco Disco-Funk repõe Snoop de volta ao seu lugar...Este álbum é tão conscientemente legal, ela ousadamente abre com um portal no tempo com "California Roll", uma canção que rouba a sensação do dueto de Michael Jackson e Paul McCartney "The Girl Is Mine", pede Stevie Wonder como convidado para sua luz do sol brilhante harmonica, e dá-se maior influência do álbum."[1]

A crítica musical Kris Ex, da revista Billboard avilou: "Como uma idéia o decimo terceiro álbum solo de Snoop Dogg, Bush, soa muito bem. É seu retorno depois do desvio em 2013 para o reggae, Reincarnated (registrado como Snoop Lion), e seu primeiro com um único produtor desde seu clássico álbum de estréia, Doggystyle de 1993, produzido por Dr. Dre (Por outro lado, o último álbum como Snoop Dogg, Doggumentary de 2011, contou com uma dúzia de produtores.) A produção de Pharrell Williams só aumenta o nível de excitação sobre o álbum. Apesar de estar no jogo, enquanto o próprio Snoop, Williams continua a ser uma potência, incontestavelmente com três sucessos notáveis em 2013: "Get Lucky" com Daft Punk, "Blurred Lines" com Robin Thicke e sua solo "Happy". É um casamento feito no céu musical - o artista em busca de uma tela adequada, o produtor precisa de um veículo - que tem rendido ótimos resultados no passado, como o classico do par Drop It Like It's Hot. " Mas, infelizmente, muito sobre Bush, tem letras mornas, dedicadas aos prazeres da maconha e mulheres, sente-se algo meia-boca...Resumindo, Bush é um bom álbum, mas não o melhor de Snoop.[65]

Brian Josephs crítico do site Consequence of sound disse: "...Snoop não foi realmente grande nos últimos tempos. Pharrell Williams é um artista célebre, assim como Snoop, e juntos eles nos trouxeram alegrias como "Drop It Like It's Hot. O problema com Bush é que o seu emparelhamento não é aventureiro. Isso não quer dizer que Bush é um álbum ruim - é, na verdade o melhor disco de Snoop desde Ego Trippin' de 2008.[66]

Kyle Anderson do portal Entertainment Weekly deu ao disco nota B+, avaliando como: "nenhum rapper envelheceu melhor do que Snoop Dogg, possivelmente porque ele nunca realmente muda. Mesmo que ele não tenha mais o mesmo sucesso de duas décadas atrás e este fosse o seu primeiro álbum de estúdio, não o seu 13º, qualquer fã casual saberia exatamente quem eles estavam ouvindo dentro de segundos de jogo pressionando...Snoop não está passando o manto hip-hop para frente, embora. Ele só sabe que um dos segredos para continuarmos relevante no rap é escolher seus amigos sabiamente, especialmente se eles são verdadeiros revolucionários, ou pelo menos ter gosto interessante em chapéus.[67]

Ludovic Hunter-Tilney crítico do jornal britânico Financial Times deu ao disco duas estrelas em cinco possíveis dizendo: "Snoop Dogg está em uma missão para mostrar que você pode ensinar a um cachorro velho novos truques. Nos últimos anos o maestro da costa oeste se reinventou como uma estrela de televisão, um rastafari e agora, em Bush, um aventureiro do funk psicodélico na tradição de George Clinton... Mas a transformação cai por terra, com a produção lisa feita por Pharrell enquanto Snoop canta em um murmúrio sem graça, uma aproximação incolor de seu estilo de rap descontraído.[75]

"Voltou a fazer o que ele faz de melhor" foi o título da crítica de Kate Hutchinson, do renomado jornal britânico The Guardian: O universo agradece a volta do Dogg. Depois de um desvio bizarro em 2013, quando ele mudou seu nome para Snoop Lion, e se converteu ao Rastafarianismo e lançou um álbum de reggae, o rapper tem estado no estúdio com Pharrell novamente e re-abraçou o funk. Bush fez Snoop voltar a fazer o que faz melhor - Vadiando e sobre as batidas, deslizando seu nome em tantos refrões como possível...Ele tem algumas ajudas invejáveis como de Gwen Stefani em Run Away, Rick Ross e Kendrick Lamar em que eu sou I'm Ya Dogg, e gaita de Stevie Wonder na ode à maconha medicinal California Roll...É bom tê-lo de volta.[69]

O diário irlandês, The Irish Times, publicou: "Que Pharrell Williams estava na cadeira do produtor é um bom presságio para o novo álbum do Doggfather sempre lânguido. Williams sempre soube como tirar o melhor proveito do rapper veterano ao longo dos anos, como "Drop It Like It's Hot", e não há muito a Bush a aplaudir em uma veia similar. O que é impressionante é continuar abraço do funk do Dogg, embora, soltas e ramificadas, em câmera lenta, baixo pesado que fez seus 7 Days of Funk não esteve presente aqui. Em vez disso, Williams tem o Dogg furtivamente em torno da nave-mãe G-funk Peaches N Cream e So Many Pros, ambos cheios de lisos, sulcos completos de gordura e ganchos fortes, enquanto a experiência Stevie Wonder é em larga escala em California Roll.[76]

A revista disse sobre o álbum que: "Snoop Dogg joga como o outro lado para To Pimp a Butterfly de Kendrick Lamar, Onde Lamar usa o funk para dramatizar as lutas de um nativo do Compton, já Bush usa sulco rítmico do gênero para retratar Los Angeles como um cigarro, sexy, país das maravilhas onde cada dia se sente como um partido do bloco. O primeiro e único Double G está de volta para casa depois de um pequeno desvio para a Jamaica como Snoop Lion - e ele está reunido com Pharrell Williams, seu produtor mais eficiente desde 2000, que o ajuda a cavar mais fundo do que nunca para as vibes dos anos setenta que salpicados sua carreira. A partir do momento da faixa de abertura "California Roll" atinge o seu "Drop It Like It's Hot" linha de base, Bush é um agradável passeio para baixo memória. Heróis como Stevie Wonder (que toca gaita na faixa de abertura) e Charlie Wilson (que canta em "Peaches N Cream") ajudar a transportar o álbum de Snoop e Pharrell década favorita. (A introdução de "This City" também carrega fortes ecos de George Clinton, um colaborador e inspiração desde Doggystyle até os dias atuais.) Nenhum dos dois é um estranho para o rapper - que contou com Wilson em 2004 de "Signs" e na maravilha amostrados na de 2006 "Conversations" mas aqui eles são sutilmente tecido na mistura, ao invés de apenas adicionar algum cred para o encarte.

Há uma qualidade atemporal de charme pateta de Snoop; quando ele canta letras como "Eu sou apenas um esquilo, tentando tirar uma porca" ("I'm just a squirrel, tryna get a nut,") em um dos versos de R U A Feak, ele soa mais flexível do que a maioria dos rappers com mais de 20 anos de experiência que nunca poderia ser imaginado.[68]

Performance comercial[editar | editar código-fonte]

O álbum estreou na decima quarta posição na Billboard 200, com mais de 27,227 copias vendidas na semana de estréia, e com aproximadamente 3,000,000 de streaming.[77] Bush foi o sexto disco solo de Snoop a estrear no topo da Top R&B/Hip-Hop Albums,[78] e o primeiro a estrear no topo da R&B Albums.[79] Segundo dados da Nielsen SoundScan, o disco foi o oitavo mais vendido no Estados Unidos, durante a semana que se estendeu de 23 à 30 de maio de 2015.[80]

Ate julho de 2015, Bush vendeu 104,000 copias no Estados Unidos.[81] O álbum permaneceu por oito semanas consecutivas no top quinze da Billboard' R&B Albums.[82]

No Reino Unido o disco estreou na vigésima quinta posição na UK Albums Chart e na vice liderança da UK R&B Chart.[83][84] Ainda na semana de lançamento, o álbum estreou na liderança da parada de álbuns de Hip Hop por vendas digitais no iTunes em três países, sendo eles Canada, Estados Unidos e Reino Unido.[85] De acordo com dados copilados pela United World Chart, Bush vendeu aproximadamente 50,000 copias em todo mundo em sua semana de lançamento.[86]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Bush  — Edição padrão no Estados Unidos[87]
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(s) Duração
1. "California Roll" (com a participação de Stevie Wonder & Pharrell Williams)Pharrell Williams 4:12
2. "This City"  
  • Calvin Broadus
  • Pharrell Williams
  • Kelly Sheehan
Pharrell Williams 3:33
3. "R U A Freak"  
  • Calvin Broadus
  • Pharrell Williams
Pharrell Williams 3:45
4. "Awake"  
  • Calvin Broadus
  • Pharrell Williams
Pharrell Williams 3:43
5. "So Many Pros"  
  • Calvin Broadus
  • Pharrell Williams
4:06
6. "Peaches N Cream" (com a participação de Charlie Wilson)
Pharrell Williams 4:44
7. "Edibles" (com a participação de T.I.)
Pharrell Williams 3:21
8. "I Knew That"  
  • Calvin Broadus
  • Pharrell Williams
Pharrell Williams 3:59
9. "Run Away" (com a participação de Gwen Stefani)
  • Calvin Broadus
  • Pharrell Williams
  • Brent Paschke
Pharrell Williams 5:13
10. "I'm Ya Dogg" (com a participação de Kendrick Lamar & Rick Ross)
Pharrell Williams 4:38
Duração total:
41:13
Notas
  • "California Roll" contem vocais adicionais de Pharrell Williams.
  • "So Many Pros" contem vocais adicionais de Charlie Wilson, Chad Hugo, Pharrell Williams e Rhea Dummett.
  • "This City" contem vocais adicionais de Charlie Wilson e Kelly Sheehan.
  • "R U A Freak" contem vocais adicionais de Charlie Wilson e Rhea Dummett.
  • "Awake" contem vocais adicionais de Pharrell Williams.
  • "I'm Ya Dogg" contem vocais adicionais de Charlie Wilson e Rhea Dummett.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do portal Allmusic.[88]

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Gráficos das canções[editar | editar código-fonte]

Ano
Música
Posição nas paradas
EUA
[114][115]
EUA
R&B

[116][117]
EUA
Rap

[118]
EUA
Rhythmic

[119]
EUA
Twitter

[120]
AUS
[121]
BEL
[122]
FRA
[123]
2015 "Peaches N Cream" 116 41 19 19 1 93 3 73
"So Many Pros" 47 169
"California Roll" 49 50 140
"—" Denota singles que não entraram na parada ou não foram lançados no país.

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação Vendas certificadas
 Estados Unidos[124] 104,000º
Vendas totais
Mundo[125] 250,000º
*número de vendas baseado na certificação
^ figuras embarques com base apenas na certificação
ºnúmeros especificados independente da certificação

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora
mundo iTunes Radio[126] 8 de maio de 2015 Fluxo de mídia
Ásia[127]
União Sul-Americana de Nações América do Sul[128]
Flag of Europe.svg Europa[129]
 França[130] 11 de maio de 2015
 Reino Unido[129]
 Estados Unidos[87] 12 de maio de 2015

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «Bush - Snoop Dogg | Lançamento» (em inglês). Rovi Corporation. AllMusic. Consultado em 29 de abril de 2015 
  2. «Snoop Dogg's New Album To Be Released Through Pharrell's I Am Other Label» (em inglês). hotnewhiphop.com. 17 de outubro de 2014. Consultado em 29 de janeiro de 2015 
  3. «Snoop Dogg, Pharrell Joint Album Slated For Pharrell's I Am Other Imprint» (em inglês). HiphopDX. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  4. «Snoop Dogg Signs to Pharrell's I Am Other Label» (em inglês). Black Entertainment Television. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  5. «Snoop Dogg Announces New Album "Bush"» (em Inglês). hotnewhiphop.com. 8 de janeiro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  6. a b «Snoop Dogg Announces New Album 'Bush' with Pharrell» (em inglês). radio.com. 8 de janeiro de 2015. Consultado em 16 de janeiro de 2015 
  7. «Snoop Dogg debuts So Many Pros video – watch» (em inglês). Official Charts Company. 14 de abril de 2015. Consultado em 17 de abril de 2015 
  8. «Snoop Dogg Teases New Pharrell Collab in Weed Infomercial» (em inglês). Billboard.com Prometheus Global Media. 7 de setembro de 2014. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  9. a b «The Doggfather strikes again! In a new promotional video for Kurupt's Moon Rocks product, a previously unearthed duet between Snoop and his Drop It Like It's Hot partner, Pharrell!» (em inglês). mrwavvy.com. 28 de agosto de 2014. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  10. «Snoop Dogg Confirms Title of Pharrell-Produced Album» (em inglês). Billboard Prometheus Global Media. 10 de janeiro de 2015. Consultado em 14 de janeiro de 2015 
  11. «Release Date For Snoop Dogg's 'Doggumentary' Announced» (em inglês). idolator.com. 18 de janeiro de 2011. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  12. «Allmusic > Mac & Devin Go to High School» 
  13. «Best of 2012 - Hot 100 Songs». Billboard.com. Consultado em 14 de dezembro de 2012 
  14. Snoop Dogg lança EP 6 dias antes do lançamento previsto do álbum "Reincarnated" em hiphopdx.com
  15. «Grammy Awards 2014: Full Nominations List». Billboard. 14 de dezembro de 2013. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  16. «Snoopzilla and Dâm-Funk: The rapper and producer talk about their fated collaboration as 7 Days of Funk and how they're gunning for emotions rather than the charts at this point.». 16 de outubro de 2013. Consultado em 10 de janeiro de 2010 
  17. «Snoop Speaks On "Snoopzilla" & DāM-FunK Collabo LP». okayplayer.com. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  18. a b «Snoop Dogg Announces 'Bush' As Title Of New Pharrell-Produced Album, "Peaches N Cream" As First Single» (em inglês). musictimes.com. 9 de janeiro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  19. «Snoop Dogg Announces Title of Pharrell Collab Album: Rapper reveals details of his new project at the 2015 Consumer Electronic Show.» (em inglês). Black Entertainment Television. 8 de janeiro de 2015. Consultado em 19 de janeiro de 2015 
  20. «CES 2015: Innovation at the Speed of Awesome!». CES Press Release. CES. 9 de janeiro de 2015. Consultado em 16 de janeiro de 2015 
  21. a b «Snoop Dogg Reveals Pharrell-Produced Album 'Bush'» (em inglês). Rollingstone.com. 9 de janeiro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  22. «Amazon.com: Bush: Snoop Dogg» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 29 de abril de 2015 
  23. «snoopdogg (@snoopdogg) * Instagram photos and videos» (em Inglês). instagram.com. 6 de fevereiro de 2014. Consultado em 6 de fevereiro de 2014 
  24. «Snoop Dogg "Bush" Release Date & Album Trailer» (em inglês). hiphopdx.com. 17 de fevereiro de 2015. Consultado em 19 de fevereiro de 2014 
  25. «Snoop Dogg > Bush - The Snoop Odyssey #FollowThe Bush» (em Inglês). followthebush.com. 17 de fevereiro de 2015. Consultado em 17 de fevereiro de 2015 
  26. «Nile Rodgers: Daft Punk Collaboration 'Felt Unbelievably Natural'». Rolling Stone. Wenner Media. 23 de março de 2013. Consultado em 30 de março de 2013 
  27. «Daft Punk Tease New Album at Coachella, During 'Saturday Night Live', Reveal Guests». Billboard. Prometheus Global Media. 14 de abril de 2013. Consultado em 14 de abril de 2013 
  28. Billboard (19 de fevereiro de 2014). «Pharrell Williams' Solo Album 'G I R L' Gets Release Date» (em inglês) 
  29. «Snoop Dogg Reveals Cover Art For "BUSH"» (em Inglês). hotnewhiphop.com. 3 de março de 2015. Consultado em 3 de março de 2015 
  30. «Snoop Dogg Reveals 'BUSH' Album Cover» (em Inglês). rap-up.com. 3 de março de 2015. Consultado em 3 de março de 2015 
  31. «Pharrell e Snoop Dogg Gravando para #BUSH». Pharrellwilliams.com.br. 22 de abril de 2015. Consultado em 24 de abril de 2015 
  32. «Novo álbum de Snoop Dogg traz colaborações com grandes nomes do R&B como Steve Wonder e Charlie Wilson, além de colaborações com o rapper T.I., Kendrick Lamar, Rick Ross e Gwen Stefani.» (em português). MTV. 29 de abril de 2015. Consultado em 29 de abril de 2015 
  33. «#BUSH traccs !! Wit #steviewonder @imcharliewilson @troubleman31 @gwenstefani @kendricklamar @richforever -prod. by @pharrell Preorder now !!#followthebush #🌳» (em inglês). instagram. 29 de abril de 2015. Consultado em 29 de abril de 2015 
  34. «Snoop Dogg Announces New Album "Bush" - HotNewHipHop» (em inglês). rap-up.com. 7 de janeiro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  35. «Lançamento, género e gravadora». Allmusic. Consultado em 2 de abril de 2010 
  36. «Snoop Dogg Releasing New Album Through MTV». Billboard 
  37. «Pharrell Fala Sobre Novo Álbum de Snoop Dogg, HipHop, Projeto com Spike Lee, Músicas que Ele Queria Ter Ficado Para Ele e Mais em Entrevista Para Programa de Rádio» (em Português). pharrellwilliams.com.br. 4 de junho de 2014. Consultado em 15 de janeiro de 2015 
  38. «Snoop Dogg's Pharrell-Produced LP Bush Out In March» (em inglês). stereogum.com. 9 de janeiro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  39. «Snoop Dogg Announces New Album, 'Bush,' Produced By Pharrell Williams» (em inglês). stereogum.com. 11 de janeiro de 2015. Consultado em 19 de janeiro de 2015 
  40. «Depois de uma briga em 2014, Snoop Dogg defende Iggy Azalea em entrevista». mixme.com. 8 de maio de 2015. Consultado em 9 de maio de 2015 
  41. «Snoop Dogg Has More Than Money on His Mind» (em inglês). New York Times. 7 de maio de 2015. Consultado em 9 de maio de 2015 
  42. «Allhiphop >> Snoop Dogg Announces New Album, "Bush"». Allhiphop.com 
  43. «snoopdogg (@snoopdogg) * Instagram photos and videos > #bush #peachesncream wit @pharrell comn soon !! @followthebush FollowTheBUSH.com» (em inglês). Instagram. 27 de fevereiro de 2015. Consultado em 27 de fevereiro de 2015 
  44. «Watch Snoop Dogg & Pharrell Groove on New Beats in 'Bush' Trailer» (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. 27 de fevereiro de 2015. Consultado em 3 de março de 2015 
  45. «snoopdogg (@snoopdogg) * Instagram photos and videos > Follow the bush. @pharrell» (em inglês). Instagram. 27 de fevereiro de 2015. Consultado em 27 de fevereiro de 2015 
  46. «Em teaser de seu novo disco, Snoop Dogg dança com Pharrell» (em Português). platinaline. 1 de março de 2015. Consultado em 9 de março de 2015 
  47. «Teaser: Snoop Dogg & Pharrell in the Studio for BUSH with Charlie Wilson» (em inglês). nahright.com. 4 de março de 2015. Consultado em 9 de março de 2015 
  48. «She bout to go in... #PeachesNCream out 2mrrw !!! #BUSH» (em inglês). Instagram. @Snoopdogg. 9 de março de 2015. Consultado em 9 de março de 2015 
  49. «Snoop Dogg's Pharrell-Produced 'Peaches N Cream' Arrives» (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. 9 de março de 2015. Consultado em 10 de março de 2015 
  50. «Snoop Dogg - Peaches N Cream (Lyric Video)» (em inglês). VEVO. 10 de março de 2015. Consultado em 10 de março de 2015 
  51. «Snoop Dogg - Peaches N Cream ft. Charlie Wilson» (em inglês). VEVO. 18 de março de 2015. Consultado em 18 de março de 2015 
  52. «Snoop Dogg Is 'Cream' of the Crop on Twitter Top Tracks» (em inglês). Billboard Prometheus Global Media. Consultado em 19 de março de 2015 
  53. «Snoop Dogg – Chart History: Bubbling Under R&B/Hip-Hop Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 19 de março de 2015 
  54. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot R&B/Hip-Hop Airplay para Snoop Dogg. Consultado em 19 de março de 2015 
  55. «ultratop.be - Ultratop Belgium Charts | March 28, 2015» (em inglês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 4 de abril de 2015 
  56. «dutchcharts.nl - Dutch Single Tip | March 28, 2015» (em ndebele do norte). dutchcharts.nl & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 9 de abril de 2015 
  57. «ARIA Singles: Wiz Khalifa See You Again Is No 1». Noise11. 11 de abril de 2015. Consultado em 11 de abril de 2015 
  58. «First Look: Snoop Dogg Goes Back To The '70s In New Posters». buzzfeed.com. 13 de abril de 2015. Consultado em 13 de abril de 2015 
  59. «Snoop Dogg divulga a dançante "So Many Pros", produzida por Pharrell Williams». rollingstone. 14 de abril de 2015. Consultado em 14 de abril de 2015 
  60. «Listen to Snoop Dogg's "So Many Pros"». complex.com. 14 de abril de 2015. Consultado em 14 de abril de 2015 
  61. «iTunes - Music - California Roll by Snoop Dogg Single» (em inglês). iTunes Store. Apple Inc. 5 de maio de 2015. Consultado em 5 de maio de 2015 
  62. «Snoop Dogg, Pharrell & Stevie Wonder Have Seen the Future in New 'California Roll' Video». Billboard. 20 de maio de 2015. Consultado em 20 de maio de 2015 
  63. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot R&B Songs para Snoop Dogg. Consultado em 14 de maio de 2015 
  64. a b «Bush by Snoop Dogg» (em inglês). Metacritic. 12 de Maio de 2015. Consultado em 12 de Maio de 2015 
  65. a b «Snoop Dogg's Pharrell-Produced 'Bush' Is a Half-Baked Effort: Album Review» (em inglês). Billboard. 12 de Maio de 2015. Consultado em 12 de Maio de 2015 
  66. a b «Album Reviews | Snoop Dogg – Bush» (em inglês). Consequence of sound. 4 de maio de 2015. Consultado em 6 de maio de 2015 
  67. a b «Bush by Snoop Dogg: EW review». Entertainment Weekly. 11 de Maio de 2015. Consultado em 12 de Maio de 2015 
  68. a b «Snoop Dogg's New Album: Bush — review | Rolling Stone» (em inglês). Rolling Stone. 12 de maio de 2015. Consultado em 12 de maio de 2015 
  69. a b «Snoop Dogg: Bush review – back to doing what he does best» (em inglês). The Guardian. 8 de maio de 2015. Consultado em 9 de maio de 2015 
  70. «Snoop Dogg: Bush». Pitchfork Media. Consultado em 13 de maio de 2015 
  71. «Review: Snoop Dogg taps into the '70s sound with 'Bush' - LA Times». Los Angeles Times. Consultado em 14 de maio de 2015 
  72. «Snoop Dogg Goes Retro on New Album 'Bush' - XXL». XXL. Consultado em 14 de maio de 2015 
  73. «Snoop Dogg - Bush». Hip Hop DX. Consultado em 14 de maio de 2015 
  74. «Review: Michael Jackson's "Dangerous" Album». Allmusic 
  75. «Snoop Dogg: Bush — review» (em inglês). Financial Times. 8 de maio de 2015. Consultado em 9 de maio de 2015 
  76. «Snoop Dogg: Bush | Album Review» (em inglês). The Irish Times. 8 de maio de 2015. Consultado em 9 de maio de 2015 
  77. «Hip Hop Album Sales: Snoop Dogg, "Furious 7" & Tech N9ne». Hip Hop DX. 20 de maio de 2015. Consultado em 20 de maio de 2015 
  78. «Snoop Dogg Scores Sixth No. 1 on Top R&B/Hip-Hop Albums». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 21 de maio de 2015 
  79. «R&B Albums | Week of May 30, 2015». Billboard. Prometheus Global Media. 30 de maio de 2015. Consultado em 21 de maio de 2015 
  80. «Top Album Sales». Billboard Prometheus Global Media. Consultado em 22 de maio de 2015 
  81. «USA Albums sales over 2015». Web Citation 
  82. «R&B Album». Billboard. Consultado em 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  83. «UK R&B Albums Chart». UK R&B Chart. 17 de maio de 2015. Consultado em 20 de maio de 2015 
  84. «BUILDING ALBUM SALES CHART». hitsdailydouble.com. 19 de maio de 2015. Consultado em 22 de maio de 2015 
  85. a b «iTunesChats - Snoop Dogg - International Chart Performance» (em inglês). iTunesCharts. Consultado em 12 de maio de 2015 
  86. «Global Album Chart Top 40». United World Chart. 22 de maio de 2014. Consultado em 22 de maio de 2014 
  87. a b «iTunes - Music - BUSH by Snoop Dogg» (em inglês). iTunes Store. Apple Inc. 10 de março de 2015. Consultado em 10 de março de 2015 
  88. «Bush – Snoop Dogg | Credits». Allmusic. Rovi Corporation. Consultado em 15 de maio de 2015 
  89. Longplay-Chartverfolgung at Musicline (em alemão). Musicline.de. Media Control.
  90. «ARIA Australian Top 50 Albums». 18 de maio de 2015. Consultado em 16 de maio de 2015 
  91. «ARIA Australian Top 40 Urban Albums». 18 de maio de 2015. Consultado em 16 de maio de 2015 
  92. Snoop Dogg - Bush (em alemão). Austriancharts.at. Hung Medien.
  93. Snoop Dogg – Bush (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien.
  94. Snoop Dogg – Bush (em francês). Ultratop.be. Hung Medien.
  95. Snoop Dogg Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Canadian Albums Chart para Snoop Dogg. Prometheus Global Media.
  96. 2015-05-17 Top 40 Scottish Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company.
  97. Snoop Dogg – Bush (em inglês). Spanishcharts.com. Hung Medien.
  98. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard 200 para Snoop Dogg. Prometheus Global Media. Consultado em 21 de maio de 2014 
  99. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Top R&B/Hip-Hop Albums para Snoop Dogg. Prometheus Global Media. Consultado em 21 de maio de 2014 
  100. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard R&B Albums para Snoop Dogg. Prometheus Global Media. Consultado em 21 de maio de 2014 
  101. Snoop Dogg – Bush (em francês). Lescharts.com. Hung Medien.
  102. Snoop Dogg – Bush (em inglês). Italiancharts.com. Hung Medien.
  103. «Global Album Chart Top 40». UWC. 22 de maio de 2014. Consultado em 22 de maio de 2014 
  104. «NZ Top 40 Albums Chart». 18 de maio de 2015. Consultado em 15 de maio de 2015 
  105. Snoop Dogg – Bush (em norueguês) Norwegiancharts.com. Hung Medien.
  106. Snoop Dogg – Bush (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien.
  107. 2015-05-17 Top 40 Official UK Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em 18 de maio de 2015.
  108. 2015-05-17 Top 40 UK Album Downloads Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em 18 de maio de 2015.
  109. Official Rock & Metal Albums Chart Top 40 (em inglês). Official Charts Company. The Official Charts Company. Consultado em 18 de maio de 2015.
  110. Snoop Dogg – Bush (em inglês). Swedishcharts.com. Hung Medien.
  111. Snoop Dogg – Bush (em inglês). Swisscharts.com. Hung Medien.
  112. «Top R&B/Hip-Hop Albums - 2015 Archive» (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 21 de maio de 2015 
  113. «Top R&B Albums - Week of May 23, 2015» (em inglês). Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 21 de maio de 2015 
  114. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot 100 Singles para Snoop Dogg 
  115. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Bubbling Under Hot 100 Singles para Snoop Dogg 
  116. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs para Snoop Dogg 
  117. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot R&B Songs para Snoop Dogg. Consultado em 14 de maio de 2015 
  118. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Rap Airpaly para Snoop Dogg 
  119. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Rhythmic Songs para Snoop Dogg 
  120. «Snoop Dogg Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Twitter Tracks para Snoop Dogg 
  121. «ARIA Singles: Wiz Khalifa See You Again Is No 1». Noise11. 11 de abril de 2015. Consultado em 11 de abril de 2015 
  122. «ultratop.be - Snoop Dogg discography» (em neerlandês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 29 de abril de 2015 
  123. «lescharts.com - Snoop Dogg discography» (em francês). Les classement single. Hung Medien. Consultado em 29 de abril de 2015 
  124. «Álbuns mais vendidos no Estados Unidos em 2015». Consultado em 20 de julho de 2015 
  125. «Snoop Dogg Total Album Sales Statistics». statisticbrain. Consultado em 18 de maio de 2016 
  126. «iTunes Radio. Hear where your music takes you.». iTunes Radio. 8 de maio de 2015. Consultado em 12 de maio de 2015 
  127. «BUSH スヌープ・ドッグ 音楽をプレビュー、購入、ダウンロードするには iTunes を開いてください。». iTunes Store. Apple Inc. 8 de maio de 2015. Consultado em 11 de maio de 2015 
  128. «iTunes - Música - BUSH de Snoop Dogg». iTunes Store. Apple Inc. 8 de maio de 2015. Consultado em 11 de maio de 2015 
  129. a b «Snoop Dogg ‎– Bush (CD, Album) at Discogs». Discogs. 8 de maio de 2015. Consultado em 11 de maio de 2015 
  130. «Bush - Snoop Dogg (Interprète) CD album - Paru le 11 mai 2015». musique. Consultado em 11 de maio de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]