Busto do Rei Carlos I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Busto do Rei Carlos I
Autor Gian Lorenzo Bernini
Data 1637
Técnica Escultura

O Busto do Rei Carlos I foi um retrato escultural produzido pelo artista italiano Gian Lorenzo Bernini.[1] A obra foi encomendada pelo próprio rei Carlos I da Inglaterra.[1] Todavia, Bernini não viajou à Londres para realizar o trabalho. Em vez disso, utilizou como modelo uma pintura, confeccionada especialmente para ele pelo artista flamengo Antoon van Dyck, que retratava o rei a partir de três posições diferentes. Embora não conhecesse Carlos I pessoalmente, o busto de Bernini foi considerado um sucesso na época e o rei inglês o recompensou com jóias no valor de aproximadamente quatro mil escudos romanos (mais de 60 vezes o salário anual de um trabalhador em Roma).[1] Haviam também planos para que Bernini confeccionasse um busto da esposa de Carles, Henriqueta Maria. Porém, com o advento da guerra civil inglesa, essa ideia foi abandonada.

A escultura de Bernini se perdeu. É provável que tenha sido destruída no incêndio do Palácio de Whitehall, em 1698. Entretanto, foram produzidas vários cópias da obra em diferentes formatos (como gravuras e esculturas em bronze).[2] Durante parte dos séculos XIX e XX, acreditava-se que Bernini também tinha confeccionado um busto de Oliver Cromwell, oponente que derrotou Carlos I na guerra civil inglesa.[3] Porém, essa possibilidade foi descartada em 1922.[4]

Referências

  1. a b c Mormando, Franco. Bernini: His Life and His Rome. [S.l.: s.n.] 
  2. Wittkower, Rudolf (1997). Bernini: The Sculptor of the Roman Baroque. Londres: Phaidon Press 
  3. «Art appreciation». The Colac Herald - National Library of Australy. Consultado em 22 de novembro de 2017 
  4. «The Burlington Magazine». 40: 119 


Ícone de esboço Este artigo sobre escultura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.