Cátia Mazari Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cátia Mazari Oliveira
Nascimento 29 de outubro de 1983 (38 anos)
Setúbal
Cidadania Portugal
Alma mater
Ocupação cantora, autor-compositor

Cátia Mazari Oliveira (Setúbal,1983), é uma cantautora portuguesa mais conhecida pelo nome artístico de A Garota Não.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cátia Mazari Oliveira, é natural de Setúbal onde nasceu em 1983, no dia 29 de Setembro. [1] Cresceu no Bairro 2 de Abril, um bairro social da cidade e donde saiu aos 25 anos.[2]

Durante dois anos aprendeu a tocar piano que acabou por trocar pela viola por influência de uma amiga. [3][1][2]

Licenciada em Comunicação e Cultura pela Faculdade de Letras de Lisboa, lançou o seu primeiro disco em 2019, ao qual deu o nome de Rua das Marimbas nº7. [4][5]

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

O videoclipe do tema Adamastor do seu projecto A Garota Não, ganhou o Prémio de Melhor Videoclip, no Arouca Film Festival de 2019. [6][7]

Em 2022, a Câmara Municipal de Lisboa convidou 48 autoras a escreverem uma frase alusiva à liberdade, A Garota Não foi uma delas. As 48 frases foram depois pintadas no chão da cidade no âmbito das comemorações dos 48 anos do 25 de Abril. [8][9]

Discografia Seleccionada[editar | editar código-fonte]

A sua discografia é composta por:

  • 2019 - Rua das Marimbas, nº7 [10]
  • 2022 - 2 de Abril [11]

Colaborações:

Referências

  1. a b Pacheco, Nuno. «A Garota Não: "Cresci com aquele pulsar musical, em que o corpo vai dançando"». PÚBLICO. Consultado em 15 de abril de 2022 
  2. a b «A Garota Não. "A minha música é mais de inconformismo do que de intervenção"». setentaequatro.pt. Consultado em 15 de abril de 2022 
  3. «A garota não: do Bairro 2 de Abril às canções de amores e desamores». New in Setúbal. Consultado em 15 de abril de 2022 
  4. «Yvette Vieira - Revista YVI». www.revistayvi.com (em espanhol). Consultado em 15 de abril de 2022 
  5. «Cátia Oliveira "a garota não"». Inspire Setubal (em inglês). 29 de julho de 2019. Consultado em 18 de abril de 2022 
  6. «A garota não… Projeto musical premiado como melhor videoclip no Arouca Film festival». Consultado em 15 de abril de 2022 
  7. «FLUIR PALAVRA». MAAT. Consultado em 15 de abril de 2022 
  8. «Cultura na Rua - 48». Cultura na Rua. Consultado em 15 de abril de 2022 
  9. Begonha, Ana Bacelar. «Lisboa vai celebrar Abril com um programa que quer fazer da paz "palavra de ordem"». PÚBLICO. Consultado em 15 de abril de 2022 
  10. «A Garota Não ao vivo no auditório do PÚBLICO». PÚBLICO. Consultado em 15 de abril de 2022 
  11. Pacheco, Nuno. «A Garota Não volta aos discos com "2 de Abril", nome de bairro e data fundadora da democracia». PÚBLICO. Consultado em 15 de abril de 2022 
  12. «Orelha Negra: A garota não apela "à dignidade da mulher" em "Ready (Mulher Batida)"». Rimas e Batidas. 3 de fevereiro de 2021. Consultado em 15 de abril de 2022 
  13. Pacheco, Nuno. «A cobra assobiou duas vezes ou Manuel Paulo de volta à banda sonora de um filme por realizar». PÚBLICO. Consultado em 15 de abril de 2022 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.