Cândido Mendes de Almeida (escritor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cândido Mendes (escritor))
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por outra pessoa homônima, veja Cândido Mendes de Almeida (desambiguação).
Cândido Mendes de Almeida Academia Brasileira de Letras
Nascimento 3 de junho de 1928 (89 anos)
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro1908.gif Distrito Federal
Nacionalidade brasileiro

Cândido Antônio José Francisco Mendes de Almeida (Rio de Janeiro, 3 de junho de 1928) é um professor, educador, advogado, sociólogo, cientista político e ensaísta brasileiro.

É bacharel em direito e filosofia pela Universidade Católica do Rio de Janeiro, e doutor em direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, então Universidade do Brasil. Atualmente é o reitor da Universidade Candido Mendes.

Durante o Regime Militar relacionava-se com desembaraço com a esquerda e direita, abrigou perseguidos durante o governo de Castelo Branco, ao mesmo tempo que se tornava amigo de Golbery do Couto e Silva, com quem negociava a fundação de um centro de estudos políticos.[1] Foi um dos responsáveis pela CNBB denunciar com mais severidade os casos de tortura no Brasil.[1] Em 19 de fevereiro de 1974 promoveu uma reunião de 3 horas entre Golbery e D. Paulo Evaristo Arns em que se discutiu as torturas realizadas pelos militares.[2]

Sucedeu ao pai no título de conde de Mendes de Almeida, criado pelo Vaticano para seu avô, Cândido Mendes de Almeida (filho).[carece de fontes?]

Genealogia[editar | editar código-fonte]

É filho do professor e educador Cândido Mendes de Almeida Júnior e de Emília de Melo Vieira Mendes de Almeida, bisneto do jurista e senador do Império Cândido Mendes de Almeida e trineto de Honório Hermeto Carneiro Leão, marquês de Paraná.

Lorbeerkranz.pngAcademia Brasileira de Letras[editar | editar código-fonte]

É membro da Academia Brasileira de Letras, tendo sido eleito em 24 de agosto de 1989 para a cadeira 35, na sucessão de Celso Ferreira da Cunha, e foi recebido em 12 de setembro de 1990, pelo acadêmico Eduardo Portella.

Referências

  1. a b Gaspari, Elio (2014). A Ditadura Escancarada 2 ed. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca. 526 páginas. ISBN 978-85-8057-408-1 
  2. Gaspari, Elio (2014). A Ditadura Derrotada 2 ed. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca. 544 páginas. ISBN 978-85-8057-432-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Celso Ferreira da Cunha
Lorbeerkranz.png ABL - quinto acadêmico da cadeira 35
1989 — atualidade
Sucedido por