Cândido da Fonseca Galvão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cândido da Fonseca Galvão
Cândido da Fonseca Galvão ou dom Obá II d´África
Nascimento 1845
Lençóis
Morte 1890 (45 anos)
Nacionalidade Flag of Empire of Brazil (1847-1889).svg Brasileiro
Ocupação Militar
Serviço militar
Patente Alferes

Cândido da Fonseca Galvão, também conhecido como Dom Obá II D'África (Lençóis, 18451890) foi um fidalgo e militar brasileiro. Filho de africanos forros, seu pai, Bemvindo da Fonseca Galvão, era filho de Abiodum, o obá do Império de Oió. Cândido intitulava-se “príncipe dom Obá II”, referindo-se a seu pai como “príncipe dom Obá I”.[1][2][3]

Alistou-se voluntariamente para lutar na Guerra do Paraguai e, devido à grande bravura que demonstrou, foi condecorado como oficial honorário do Exército brasileiro. Depois da Guerra, fixou-se no Rio de Janeiro, tornando-se uma figura muito conhecida da sociedade carioca. Foi amigo pessoal do Imperador Pedro II. Entre os negros e mulatos do Rio de Janeiro, era reverenciado especialmente por sua representatividade, como neto do obá Abiodum.

Dom Obá tinha o hábito anualmente realizar uma visita oficial ao Paço, onde era recebido como herdeiro de seu avô. Foi defensor da monarquia brasileira, atuou na campanha abolicionista e no combate ao racismo.

Com a queda do Império, em 1889, foi perseguido pelos republicanos, que cassaram seu posto de alferes. Morreu logo depois, em julho de 1890.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Bamboxê Obiticô e a expansão do culto aos orixás (século XIX): uma rede religiosa afroatlântica» (pdf). historia.uff.br. Consultado em 30 de agosto de 2016 
  2. Eduardo Silva. «Um príncipe negro nas ruas do Rio». Folha de S.Paulo. Consultado em 30 de agosto de 2016 
  3. Souza, 2001. Págs. 326, 327 & 329.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Silva, Eduardo. "O Dom Obá II D'África Príncipe do Povo - Vida, tempo e pensamento de um homem livre de cor" Companhia das Letras, 1997. ISBN 9788571647268
  • Souza, Marina de Mello. "Reis negros no Brasil escravista: história da festa de coroação de rei congo." Ed. UFMG, 2001. ISBN 8570412746

Ligações externas[editar | editar código-fonte]