Cão de gado transmontano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cão de Gado Transmontano
Nome original Cão de Gado Transmontano
País de origem  Portugal
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 2
Seção 2 - Molossoides

Cão de Gado Transmontano é uma raça de cães de grande porte originária da região de Trás-os-montes, Portugal.[1][2]

Breve resenha histórica[editar | editar código-fonte]

A origem desta raça une-se à história de todos os mastins ibéricos e a sua evolução está ligada à rota da transumância na Península. Companheiro do pastor com funções específicas de guarda contra o ataque do lobo, desde sempre prolífero na zona. Em épocas remotas, este cão fixou-se nas regiões altas de Portugal, nomeadamente em Trás-os-Montes.

Nesta região montanhosa, que se caracteriza por campos íngremes de pastos e de difícil acesso rodoviário, esta raça adaptou-se às condições da região e ao tipo de gado ovino e caprino que, tradicionalmente tem pastagem nestas áreas, evoluindo, até se fixar morfologicamente, em perfeita simbiose com as condições e o tipo de trabalho que lhe foi solicitado.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.