Céu da Boca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Céu da Boca"
Single de Ivete Sangalo participação Gilberto Gil
do álbum MTV ao Vivo
Lançamento 10 de dezembro de 2004
Formato(s) Airplay
Gravação 2003
Gênero(s) Cúmbia
Duração 3:30
Gravadora(s) Universal
Composição Reinaldo Marcel
Cronologia de singles de Ivete Sangalo
"Faz Tempo"
(2004)
"Abalou"
(2005)
Cronologia de singles de Gilberto Gil
"Kaya N'Gan Daya"
(2002)
"Andar com Fé"
(2004)

"Céu da Boca" é uma canção composta por Reinaldo Marcel e famosa pela banda Frutos Tropicais nos anos 80. Em 2004, a cantora brasileira Ivete Sangalo regravou a canção com o cantor compatriota, Gilberto Gil, para seu primeiro álbum ao vivo, MTV ao Vivo (2004). A canção foi lançada como terceiro e último single do álbum em dezembro de 2004.

Musicalmente, "Céu da Boca", contém fortes influências de cúmbia e merengue. A canção recebeu críticas mistas, com alguns críticos considerando "Céu da Boca" maliciosa, devido a frase "chupa toda". A canção foi um sucesso nas paradas, sendo o ringtone mais baixado no carnaval de Salvador em 2005, além de ter alcançado a posição de número 2 nas paradas de sucesso, sendo seu terceiro single a alcançar o Top 3 nas paradas de sucesso.

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2003, Sangalo lançou seu quarto álbum de estúdio, Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso. Antes mesmo de gravar o álbum, Sangalo recebeu um convite da MTV para gravar um disco ao vivo, mas recusou. "Cheguei à conclusão de que deveria esperar mais um pouco. A Banda Eva já tinha um disco ao vivo, e eu acho que ainda preciso construir uma carreira consistente para formar um repertório que tenha uma história e justifique um disco ao vivo. Acho que todo disco deve ter um romantismo. Mas ainda tenho grandes planos com a MTV pela frente" disse à cantora.[1]

Meses após o lançamento do álbum, Sangalo aceitou o convite da MTV, alegando que, "Foi difícil resistir ao convite por causa dos pedidos do público. Juntamos a oportunidade aos pedidos dos fãs e realizamos o ao vivo." Numa entrevista, a cantora explicou; "Eu ainda não tinha uma estrutura de show para um projeto desse porte. Se era para fazer um 'MTV Ao Vivo', tinha que ser bem-feito", garantindo que não previa o sucesso que faria a música "Sorte Grande".[2] Após o sucesso dos singles "Flor do Reggae" e "Faz Tempo", "Céu da Boca" foi lançada como o terceiro e último single do álbum em dezembro de 2004.

Composição e recepção[editar | editar código-fonte]

"Céu da Boca" foi escrita por Reinaldo Marcel e gravada pela banda de lambada, Frutos Tropicais, nos anos 80.[3] A versão de Sangalo, contém fortes influências de cúmbia e merengue e é cantada em dueto com o cantor brasileiro Gilberto Gil, gravada para o primeiro álbum ao vivo da cantora, MTV ao Vivo, lançado em 2004. Uma versão solo da canção foi gravada por Sangalo no seu segundo álbum ao vivo, Multishow ao Vivo: Ivete no Maracanã, de 2007.[4]

A canção tem duplo sentido e foi considerada "maliciosa" pelo crítico Mauro Ferreira da ISTOÉ Gente[3], por apresentar a letra, "eu vou enfiar uva no céu da sua boca, e aí, chupa toda, disse toda."[5] Já o site Universo Musical disse que a participação de Gil, "não acrescenta muito".[6]

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

"Céu da Boca" entrou no Top 10 das paradas de sucesso do Brasil no dia 22 de janeiro de 2005, na posição de número 9; posição permanecida por mais duas semanas. No dia 12 de fevereiro, "Céu da Boca" conquistou a posição de número 4, já na semana seguinte, do dia 19 de fevereiro, a canção alcançou o pico de número 2. "Céu da Boca" permaneceu por mais duas semanas na posição de pico e se tornou o terceiro single do mesmo álbum a alcançar o Top 3 nas paradas de sucesso do Brasil.[7] A versão solo da canção recebeu certificado de platina pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos, por vendas superiores a 100 mil cópias.[8]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]