C418

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Daniel Rosenfeld
Informação geral
Também conhecido(a) como C418
Nascimento 9 de maio de 1989 (31 anos)
Local de nascimento Alemanha Oriental
Gênero(s) Ambiente  • eletrônica  • IDM  • experimental
Período em atividade Músico independente, engenheiro de áudio
Gravadora(s) Mojang, Ghostly International[1]
Página oficial C418.org

Daniel Rosenfeld (9 de maio de 1989), mais conhecido como C418, é um compositor e engenheiro de som alemão, mais conhecido por compor a trilha sonora de Minecraft.

Rosenfeld nasceu e foi criado na Alemanha Oriental após a reunificação, e as realidades econômicas da região limitaram seus recursos ao aprender a compor. Ele diz que aprendeu em versões antigas do Schism Tracker e do Ableton Live no início dos anos 2000, ambas ferramentas rudimentares na época.[2] Aprender sob condições tão limitadas ajudou o jovem compositor quando ele começou sua colaboração com Markus "Notch" Persson, criador de Minecraft. O motor de som no jogo não era muito poderoso, e, por isso, Rosenfeld tinha que ser criativo na sua abordagem ao criar os efeitos sonoros e a música.[2]

Como um artista freelancer, Rosenfeld não fez parte da equipe da Mojang,[3] empresa por trás do desenvolvimento de Minecraft e que foi vendida à Microsoft em 2014. Rosenfeld diz que ainda detém os direitos de todas as músicas no jogo,[4] chegando a lançar dois álbuns com as trilhas sonoras que compôs.[3] O primeiro álbum, Minecraft – Volume Alpha, foi lançado em 4 de março de 2011. O site Kotaku, blog voltado a jogos eletrônicos, selecionou a trilha sonora de Minecraft como uma das melhores de 2011.[5] Em 9 de novembro de 2013, Rosenfeld lançou o segundo álbum oficial, intitulado Minecraft – Volume Beta, incluindo trilhas que foram adicionadas em versões posteriores do jogo.[6] Volume Alpha teve seu lançamento em formato físico pela primeira vez através da gravadora Ghostly International em 2015.[1]

Persson e Rosenfeld trabalharam juntos novamente depois do sucesso de Minecraft na criação de um novo jogo chamado 0x10c, mas o jogo nunca chegou a ser lançado; Persson suspendeu sua produção em agosto de 2013. Rosenfeld lançou um single com o trabalho que fez no projeto em setembro de 2014. O single foi lançado em formato digital com pouca publicidade ao seu redor; Rosenfeld simplesmente publicou em sua conta do Twitter que o single estava disponível.[7]

Além das trilhas sonoras de jogos, Rosenfeld compõe sua própria música de forma independente. Ele já lançou uma grande quantidade de músicas em sua página do Bandcamp, mas das quais ele lançou oficialmente apenas quatro LPs além das trilhas sonoras de Minecraft: 72 Minutes of Fame em 2011, One em 2012, 148 em 2015, e mais recentemente, Excursions em 2018. Ele diz que não procura fama e tem dificuldade em lidar com sua atenção pública, como os comentários críticos de seu grande grupo de seguidores no Twitter.[4] The Guardian compara suas composições às de Brian Eno e Erik Satie por causa de suas qualidades ambientes.[2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Nome do álbum Data de lançamento Duração
Circle 2006-03-22 00:35:54
The whatever directors cut 2008-01-27 00:50:07
Mixes 2008-05-23 00:25:35
Zweitonegoismus 2008-12-16 00:41:04
Bushes and Marshmallows 2009-08-01 01:02:55
Life changing moments seem minor in pictures 2010-08-12 01:11:53
Minecraft - Volume Alpha 2011-03-04 00:58:48
I forgot something, didn't I 2011-07-18 00:37:17
72 Minutes of Fame 2011-07-19 01:11:58
Seven Years of Server Data 2011-11-03 00:50:45
One 2012-12-23 01:35:28
Minecraft - Volume Beta 2013-11-09 02:21:08
148 2015-12-18 01:58:47
2 years of failure 2016-09-13 01:01:50
Dief 2017-03-13 00:31:58
Excursions 2018-09-07 01:41:41

EPs[editar | editar código-fonte]

Nome do álbum Data de lançamento Duração
bps 23 de dezembro de 2007 00:15:32
Sine 2 de setembro de 2008 00:19:42

Miscelânea[editar | editar código-fonte]

Nome do álbum Data de lançamento Duração
A Cobblers Tee Thug (lançado cooperativamente entre C418 e SMN) 5 de janeiro de 2010 00:41:40
Little Things (mini álbum/miscelânea de projetos descartados e inacabados) 16 de janeiro de 2011 00:27:38
Catacomb Snatch Original Soundtrack (lançado cooperativamente entre C418 e Anosou) 20 de março de 2012 00:22:11
The Driver - Savlonic (C418 Remix) 1 de abril de 2012 00:05:38
0x10c 15 de setembro de 2014 00:03:08

Referências

  1. a b «C418 - Minecraft Volume Alpha Release Page». Ghostly.com. Consultado em 3 de maio de 2016. Arquivado do original em 29 de junho de 2015 
  2. a b c Keith Stuart, How Daniel Rosenfeld wrote Minecraft's music, The Guardian, 7 de novembro de 2014.
  3. a b Luke Plunkett, The Soothing Sounds Of...Minecraft?, Kotaku, 9 de março de 2011.
  4. a b Charlie Hall, Minecraft's composer discusses Mojang's unreleased game, Notch's departure, Polygon, 18 de setembro de 2014.
  5. Hamilton, Kirk. «All of the Best Video Game Music of 2011». Kotaku. Gawker Media. Consultado em 14 de novembro de 2012 
  6. «Minecraft Volume Beta on Bandcamp». 9 de novembro de 2013. Consultado em 9 de novembro de 2013 
  7. Andy Chalk, Minecraft composer releases 0x10c tracks, muses on Notch's departure from Mojang, PC Gamer, 17 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]