CBN Rio de Janeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
CBN Rio de Janeiro
{{{alt}}}
Rádio Mundial Sociedade Anônima
Rádio Globo S.A.
País  Brasil
Frequência(s) AM 860 kHz
FM 92.5 MHz
Antigas frequências:
AM 1180 kHz (1991-1996)
Canais 950 (Oi TV)
323 (Claro TV)
777 (Sky)
300 (NET)
Sede Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro, RJ
Rua Marquês de Pombal, 25 - Cidade Nova
Slogan A rádio que toca notícia
Fundação 1 de outubro de 1991 (26 anos)
Fundador Roberto Marinho
Pertence a Sistema Globo de Rádio (Grupo Globo)
Proprietário(s) Roberto Irineu Marinho
Antigo(s) proprietário(s) Roberto Marinho (1991-2003)
Sócio(s) Roberto Irineu Marinho (sócio presidente)
José Roberto Marinho e João Roberto Marinho (sócios majoritários)
Formato Comercial
Género Jornalismo e Esportes
Faixa etária Público de 30 a 75 anos
Afiliações CBN
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYJ 459 (AM)
ZYD 464 (FM)
Emissoras irmãs
Cobertura Estado do Rio de Janeiro (AM)
Grande Rio de Janeiro e áreas próximas (FM)
Coord. do transmissor AM
FM
Potência 100 kW (AM)
35 kW (FM)
Classe E1
RDS Sim
Webcast Ouça ao vivo
Estúdio ao vivo
Aplicativo móvel iTunes Store: [1]
Google Play: [2]
Windows Phone Store: [3]
Página oficial cbn.globoradio.globo.com
Rádio Eldorado (AM)
Globo FM (FM)

CBN Rio de Janeiro é uma emissora de rádio brasileira sediada na cidade do Rio de Janeiro, capital do estado homônimo. Opera nos dials AM 860 kHz e FM 92.5 MHz, e é uma emissora própria da CBN, e co-geradora da sua programação com a CBN São Paulo. Seus estúdios estão localizados na sede da Infoglobo na Cidade Nova. Seus transmissores para AM estão na Ilha do Pontal, em São Gonçalo, e os transmissores para FM no alto do Morro do Sumaré, no bairro do Rio Comprido.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora foi fundada em 1º de outubro de 1991, a partir da criação da Central Brasileira de Notícias, rede de rádio do Sistema Globo de Rádio voltada para o jornalismo e esportes. Operava inicialmente no AM 1180 kHz, em substituição à antiga Rádio Eldorado, que havia sido fundada em 1958.

Em 1993, passou a operar simultaneamente em 860 kHz no lugar da Rádio Mundial, passando a utilizar apenas esta frequência em 1996. Em 5 de julho de 2005, a CBN Rio de Janeiro passou também a operar em FM, através da frequência 92,5 MHz, em substituição à Globo FM, que saiu do ar após 32 anos de operação.[1]

Em 31 de março de 2018, a emissora deixou a antiga sede do Sistema Globo de Rádio no Edifício Armando Queiroz, localizada no bairro da Glória, e transferiu-se para novas instalações no 4º andar do edifício-sede da Infoglobo, inaugurado em 2017 na Cidade Nova. A emissora passou então a ter operação conjunta com as redações dos jornais O Globo e Extra, além das publicações da Editora Globo.[2][3]

Programas e comunicadores[editar | editar código-fonte]

Locais
  • CBN Rio (Bianca Santos)
Nacionais
  • CBN Esportes (Carlos Eduardo Éboli)
  • CBN Madrugada (Andréa Ferreira)
  • CBN Primeiras Notícias (Frederico Goulart)
  • CBN Show da Notícia
  • Jornal da CBN (geração eventual)
  • Quatro em Campo (Carlos Eduardo Éboli, com participações de SP e MG)

Equipe esportiva[editar | editar código-fonte]

Desde maio de 2016, a emissora passou a fazer suas transmissões esportivas em conjunto com a Rádio Globo Rio de Janeiro.[4] Em janeiro de 2017, membros da equipe esportiva da Rede Globo e do SporTV também passaram a fazer parte das transmissões da emissora, formando o Futebol Globo no Rádio.[5]

  • Luiz Penido, Alex Escobar, Edson Mauro e Hugo Lago, narração;
  • Eraldo Leite, Dé Aranha, Júnior, Francisco Aiello e Carlos Eduardo Éboli, comentários;
  • Camila Carelli, Gustavo Henrique, Marco Vasconcelos, Rafael Marques, Renan Moura e Vitor Lessa, repórteres;
  • Vitor Lessa, Maurício Bastos e Francisco Aiello, plantonistas da Central da Bola;
  • Hugo Lago e Gustavo Henrique, apresentação;
  • Eraldo Leite e Luiz Penido, coordenação.

Referências

  1. Laura Mattos (14 de setembro de 2005). «Globo e Band trocam música por notícia». Folha de S.Paulo. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  2. Soares, Lucas (30 de março de 2018). «Rádios CBN e Globo ganham nova casa no Rio». CBN. Consultado em 31 de março de 2018. 
  3. Starck, Daniel (30 de março de 2018). «Depois de São Paulo, CBN e Rádio Globo também ganham nova sede no Rio de Janeiro». TudoRádio.com. Consultado em 31 de março de 2018. 
  4. «Globo e CBN anunciam transmissões conjuntas no Rio de Janeiro». Esporte e Mídia. 9 de maio de 2016. Consultado em 14 de junho de 2016. 
  5. «Rádio Globo e CBN estreiam time de craques e jornalistas do Grupo Globo». globoesporte.com. 27 de janeiro de 2017. Consultado em 28 de janeiro de 2017. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.