CBN Rio de Janeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
CBN Rio de Janeiro
{{{alt}}}
Rádio Globo S.A.
País  Brasil
Frequência(s) FM 92.5 MHz
Antigas frequências:
AM 1180 kHz (1991-1996)
AM 860 kHz (1993-2018)
Canais 950 (Oi TV)
323 (Claro TV)
777 (Sky)
300 (NET)
Sede Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro, RJ
Rua Marquês de Pombal, 25 - Cidade Nova
Slogan A rádio que toca notícia
Fundação 1 de outubro de 1991 (27 anos)
Fundador Roberto Marinho
Pertence a Sistema Globo de Rádio (Grupo Globo)
Proprietário(s) Roberto Irineu Marinho
Antigo(s) proprietário(s) Roberto Marinho (1991-2003)
Sócio(s) Roberto Irineu Marinho (sócio presidente)
José Roberto Marinho e João Roberto Marinho (sócios majoritários)
Formato Comercial
Género Jornalismo e Esportes
Faixa etária Público de 30 a 75 anos
Afiliações CBN
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYD 464
Prefixo(s) anterior(es) ZYJ 459 (AM)
Emissoras irmãs
Cobertura Grande Rio de Janeiro e áreas próximas
Coord. do transmissor 22° 57' 6.2" S 43° 14' 14.1" O
Dados técnicos Potência: 35 kW
Classe: E1
RDS: Sim
Webcast Ouça ao vivo
Estúdio ao vivo
Aplicativo móvel iTunes Store: [1]
Google Play: [2]
Windows Phone Store: [3]
Página oficial cbn.globoradio.globo.com
Rádio Eldorado (AM)
Globo FM (FM)

CBN Rio de Janeiro é uma emissora de rádio brasileira sediada na cidade do Rio de Janeiro, capital do estado homônimo. Opera no dial FM, na frequência 92.5 MHz, e é uma emissora própria da CBN, e co-geradora da sua programação com a CBN São Paulo. Seus estúdios estão localizados na sede da Infoglobo na Cidade Nova, e seus transmissores estão no alto do Morro do Sumaré, no bairro do Rio Comprido.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora foi fundada em 1º de outubro de 1991, a partir da criação da Central Brasileira de Notícias, rede de rádio do Sistema Globo de Rádio voltada para o jornalismo e esportes. Operava inicialmente no AM 1180 kHz, em substituição à antiga Rádio Eldorado, que havia sido fundada em 1958.

Em 1993, passou a operar simultaneamente em 860 kHz no lugar da Rádio Mundial, passando a utilizar apenas esta frequência em 1996. Em 5 de julho de 2005, a CBN Rio de Janeiro passou também a operar em FM, através da frequência 92,5 MHz, em substituição à Globo FM, que saiu do ar após 32 anos de operação.[1]

Em 31 de março de 2018, a emissora deixou a antiga sede do Sistema Globo de Rádio no Edifício Armando Queiroz, localizada no bairro da Glória, e transferiu-se para novas instalações no 4º andar do edifício-sede da Infoglobo, inaugurado em 2017 na Cidade Nova. A emissora passou então a ter operação conjunta com as redações dos jornais O Globo e Extra, além das publicações da Editora Globo.[2][3]

Em agosto de 2018, o Sistema Globo de Rádio comunica o desligamento de suas rádios AM, incluindo a frequência da CBN Rio, que passariam a operar somente com suas frequências no FM.[4] Inicialmente, o desligamento aconteceria em 1.º de setembro, sendo adiado para às 0h do dia 3. O desligamento da 860 kHz ocorreu por volta das 8h da manhã.

Programas e comunicadores[editar | editar código-fonte]

Locais
  • CBN Rio (Bianca Santos)
Nacionais
  • CBN Esportes (Carlos Eduardo Éboli)
  • CBN Madrugada (Andréa Ferreira)
  • CBN Primeiras Notícias (Frederico Goulart)
  • CBN Show da Notícia
  • Jornal da CBN (geração eventual)
  • Quatro em Campo (Carlos Eduardo Éboli, com participações de SP e MG)

Equipe esportiva[editar | editar código-fonte]

Desde maio de 2016, a emissora passou a fazer suas transmissões esportivas em conjunto com a Rádio Globo Rio de Janeiro.[5] Em janeiro de 2017, membros da equipe esportiva da Rede Globo e do SporTV também passaram a fazer parte das transmissões da emissora, formando o Futebol Globo no Rádio.[6]

  • Luiz Penido, Edson Mauro, Hugo Lago e Renan Moura, narração;
  • Eraldo Leite, Dé Aranha, Júnior, Francisco Aiello e Carlos Eduardo Éboli, comentários;
  • Camila Carelli, Guilherme Fernandes, Gustavo Henrique, Marco Vasconcelos, Rafael Marques, Renan Moura e Vitor Lessa, repórteres;
  • Francisco Aiello, Matheus Reis, Maurício Bastos e Vitor Lessa, plantonistas da Central da Bola;
  • Hugo Lago e Gustavo Henrique, apresentação;
  • Eraldo Leite e Luiz Penido, coordenação.

Referências

  1. Laura Mattos (14 de setembro de 2005). «Globo e Band trocam música por notícia». Folha de S.Paulo. Consultado em 18 de fevereiro de 2017. 
  2. Soares, Lucas (30 de março de 2018). «Rádios CBN e Globo ganham nova casa no Rio». CBN. Consultado em 31 de março de 2018. 
  3. Starck, Daniel (30 de março de 2018). «Depois de São Paulo, CBN e Rádio Globo também ganham nova sede no Rio de Janeiro». TudoRádio.com. Consultado em 31 de março de 2018. 
  4. Daniel Starck (2 de agosto de 2018). «Sistema Globo de Rádio anuncia encerramento das atividades de suas AMs em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte». Tudo Rádio. Consultado em 3 de setembro de 2018. 
  5. «Globo e CBN anunciam transmissões conjuntas no Rio de Janeiro». Esporte e Mídia. 9 de maio de 2016. Consultado em 14 de junho de 2016. 
  6. «Rádio Globo e CBN estreiam time de craques e jornalistas do Grupo Globo». globoesporte.com. 27 de janeiro de 2017. Consultado em 28 de janeiro de 2017. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.