CIN

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a empresa portuguesa. Para o centro de informática da Universidade de Pernambuco, veja Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco.
Logo do Grupo CIN S.A.

A CIN - Corporação Industrial do Norte, S.A. é uma empresa portuguesa, sediada na Maia, cuja principal actividade consta no fabrico e comércio de tintas e vernizes. A CIN foi criada em 1917 e é líder ibérica do sector desde 1995, e líder em Portugal desde 1992 e Actua em três áreas de negócio - Decorativos, Protective Coatings e Indústria. A empresa esteve cotada na Euronext Lisboa até 2007.[1]

Com uma história de mais de 95 anos na indústria das tintas e vernizes, a CIN ocupa o TOP 50 no ranking mundial de produtores de tintas e vernizes, no ano de 2015.[2] O seu portfolio de produtos corresponde a três diferentes segmentos, com gamas que abrangem as necessidades do mercado. Em 2016, a marca possui 118 lojas próprias e 10 unidades fabris em Portugal, Espanha, França, Angola e Moçambique. CIN exporta para vários mercados da Europa, América Latina, África e Ásia[3], empregando mais de 1000 colaboradores em todo o Mundo. Em 2015 o seu volume anual de negócios rondou os 220 Milhões de Euros.

Empresas e Marcas[editar | editar código-fonte]

Portugal
  • Sede da CIN
    CIN
  • CIN Indústria
  • Sotinco
  • Nitin
  • Navis Marine Paints
Espanha
  • CIN Valentine
  • Soritec Pinturas
  • CIN Canárias
  • Proitesa
  • Palmcolor
França
  • Artilin
  • Celliose
  • Monopol
Angola
  • CIN Angola
Moçambique
  • CIN Moçambique

História da CIN[editar | editar código-fonte]

Eis algumas datas importantes da história da CIN[4]:

Imagens História da CIN

1917 - Fundação da Companhia Industrial do Norte, SARL, primeira empresa à qual aparece associada a marca CIN. 

1926 - Constituição da CIN - Corporação Industrial do Norte, Lda.

1950 - Desde então, detém a liderança em acabamentos industriais.

1970 - Registo de um forte crescimento nas tintas decorativas. Internacionalização da CIN começa com a criação das Tintas CIN Angola, S.A. .

1973 - Criação das Tintas CIN Moçambique, SARL.

1988 - Dispersão do capital em bolsa e admissão à cotação na BVL.

1989 - Aquisição da Fábrica de Tintas Lacose, Lda.

1990 - Aquisição da Sotinco à Sociedade de Tintas de Construção Tinco, S.A.

1994 - Compra de 47,36% do capital da Barnices Valentine.

1996 - Aquisição da empresa Cros Pinturas. Reforço da participação na Barnices Valentine (+11%).

1997 - Realização de uma Joint Venture com a DISA - Corporación Petrolífera, SA., criando a DISA Pinturas, SA., com uma participação de 50% no capital desta sociedade.

1999 - Compra de 98% da Barnices Valentine.

2000 - Aquisição de 99,7% da NITIN - Nova Indústria de Tintas, S.A.

2001 - Aquisição de 100% da DISA Pinturas, SA. Alteração da designação social de DISA Pinturas, S.A., para Pinturas CIN Canárias, SA.

2002 - Participação de 33,6% do capital da Artilin, S.A., alargada em 2003 para 42,6%.

2005 - Aquisição da Ibercoat à Tintas em Pó, S.A.

2006 - Aquisição da Proitesa - Productos Industriales, de Tenerife.

2007 - Aquisições da divisão de acabamentos industriais da Robbialac e da Martolar S.A. Detenção de 100% da Artilin. Aquisição de 100% da empresa francesa Celliose, S.A. Aquisição de 100% da empresa Industrias de La Pintura.

2010 - Inauguração do Novo Centro de Investigação & Desenvolvimento da CIN, na Maia.

2012 - Aumento da capacidade industrial da Megadur, fábrica de tintas em pó para o sector Industrial, na Maia.

2013 - Implementação da CIN Coatings México, com o objectivo de intervir na venda e prestação de serviços na área da anticorrosão.

2015 - Aquisição da Monopol.

Investigação e Inovação[editar | editar código-fonte]

O Grupo CIN tem diversos centros de I&D e laboratórios distribuídos por diversos países (Portugal, Espanha, França, Angola e Moçambique) onde trabalham cerca de 10% dos colaboradores.

Centro de I&D da CIN na Maia

Principais áreas de actividade[4]

Os diversos centros de I&D têm como principais áreas de actividade a investigação e desenvolvimento de revestimentos decorativos para a construção civil e para o DIY, de revestimentos industriais para metais, madeiras e plásticos e revestimentos para a protecção anticorrosiva e manutenção de instalações industriais.

O maior e mais importante centro I&D da CIN, que tem uma área global de cerca de 3300 m2, está localizado na Maia, tendo iniciado a sua actividade em Janeiro de 2010. Neste centro trabalham cerca de 50 colaboradores, tendo o seu investimento total orçado em cerca de 5 milhões de euros.

Este centro possui como principais áreas de actividade a investigação e desenvolvimento de produtos decorativos para a construção civil e para o DIY e de produtos industriais líquidos para metais e madeiras. Alberga ainda outros departamentos essenciais para o apoio dessas actividades principais: colorimetria, laboratório analítico, laboratório de ensaios de envelhecimento acelerado, estação de ensaios de exposição natural, sala de formação e show-room.

Referências

  1. «CIN» (PDF). Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. Consultado em 18 de Julho de 2012. 
  2. «2011 Top Companies Report». Coatings World. Consultado em 13 de Julho de 2011. 
  3. (em inglês) Company Overview of CIN - Corporação Industrial do Norte S.A., bloomberg.com, recuperado em 15 de dezembro 2015
  4. a b «CIN». www.cincoatings.com. Consultado em 2016-07-05. 

Weblinks[editar | editar código-fonte]