Renminbi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de CNY)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Renminbi
人民币 (Chinês)
Dados
Inflação 2.3% (apenas na China) (abril. 2019)[1]
Super-Unidade 1100
Sub-Unidade

110
Símbolo 元 / ¥
Plural Não disponível
Moedas RMB 0.1, RMB 0.5, RMB 1 (1, 5 角;1 元)
Notas RMB 0.1, RMB 0.5, RMB 1, RMB 5, RMB 10, RMB 20, RMB 50, RMB 100
Banco central Banco Popular da China
www.pbc.gov.cn
Fabricante China Banknote Printing and Minting Corporation
www.cbpm.cn

Renminbi ou, na suas formas portuguesas, renmimbi,[2] remimbi[3] ou remmimbi[3] (RMB, símbolo monetário ¥; código: CNY; também CN¥, e CN元; chinês: 人民幣 / 人民币 Rénmínbì, a "moeda do povo") é a moeda oficial da República Popular da China e é distribuída pelo Banco Popular da China.

O yuan ou, na forma portuguesa, iuane[3][4] significando 'circular', é a unidade de conta, enquanto renminbi é o nome da moeda.[5] mas o termo é também usado para designar a moeda chinesa em geral, especialmente em contextos internacionais.[6]

Um yuan é subdividido em 10 jiao (em chinês: 角; em pinyin: jiǎo) e 1 jiao é subdivididio em 10 fen (em chinês: 分; em pinyin: fēn).

Coloquialmente, em vez de yuan, usa-se muitas vezes kuai, ou, na sua forma portuguesa, cuai[3] (块 / 块, peças) ou jiǎo(毛 de cabelo).

Foi depois da Dinastia Yuan (1271-1368), que a monetização ficou mais simples. Começou-se a usar principalmente papel-moeda e uma pequena quantidade de moeda de metal.

O yuan nasceu com a nomenclatura de Rén mín bi, assim como o Banco Popular da China, que se chama ‘Banco do Povo’.[7]

A abreviação da moeda é RMB, embora se utilize mais a forma CNY - muito mais aceita e amplamente difundida no sistema financeiro global. Fora da China, o mais comum é chamá-la ‘yuan’. Já os chineses costumam designá-la como ‘kuai’.[8]

Curiosamente, as cédulas de yuan possuem baixíssimo valor monetário. A mais alta, de ¥ 100,00 equivale a um pouco mais de US$ 15,89 (€12,33 ou cerca de R$65,15)[9]

As moedas que circulam são de ¥100, ¥50, ¥20, ¥10, ¥5, e ¥1. Existe a circulação de moedas, mas os valores são pouco significativos monetariamente e no volume de transações gerais na economia.

Na última década, a China atrelou o yuan a uma cesta de moedas estrangeiras, composta pelo dólar americano, pelo euro, pelo iene e pelo won (moeda sul-coreana). O valor final do yuan passou a ser anunciado a cada dia pelo Banco Popular da China e esse valor será a média para a negociação do dia seguinte.

Ao mesmo tempo em que defende a adoção de uma moeda internacional em substituição ao dólar, a China dá os primeiros passos para promoção do uso de sua própria moeda, nas transações comerciais e como reserva de valor, principalmente na Ásia. Pequim já fechou vultosos acordos de swap cambial com seis países, o último dos quais a distante Argentina. Tal operação traz novas possibilidades para a adoção da moeda.

Vários economistas afirmam que a China tem forçado a depreciação de sua moeda, o que torna suas exportações artificialmente baratas.[10][11]

Referências

  1. «Taxa de Inflação». pt.tradingeconomics.com. Consultado em 18 de abril de 2019 
  2. Correia, Paulo; Gonçalves, Susana (Primavera de 2013). «Do afegâni ao zlóti» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41). 22 páginas. ISSN 1830-7809. Consultado em 24 de maio de 2013 
  3. a b c d Henriques, Raul Pinheiro (2013). Designação de unidades monetárias em português: Léxico e normalização linguística (PDF). Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa — Departamento de Linguística Geral e Românica. Consultado em 1 de dezembro de 2014 
  4. Serviço das Publicações da União Europeia. «Anexo A5: Lista dos Estados, territórios e moedas». Código de Redacção Interinstitucional. Consultado em 30 de outubro de 2018 
  5. Por exemplo, pode-se dizer que a menor nota de renminbi é a nota de um iuane. Tal diferença inexiste inexiste na maioria das moedas do mundo, ou seja, dólar é o nome da moeda e da unidade de conta; euro, idem; real, idem; peso, idem; etc.). Uma coisa pode custar 10 yuan, por exemplo. Mas não seria correto dizer que custa 10 renminbi.
  6. Mulvey, Stephen (26 de junho de 2010). «Why China's currency has two names». BBC News 
  7. Banco Central da China segue concentrado em riscos negativos. iG, 2 de novembro de 2012.F
  8. Chinese Currency RMB (Chinese Money)
  9. Bank of China.BOC Exchange Rate
  10. Senado de EUA discute lei de punição à China por yuan depreciado. Veja, 3 de outubro de 2011.
  11. China força depreciação artificial do yuan em meio a guerra comercial contra os EUA. Sputnik Brasil, 12 de julho de 2018.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Renminbi

Taxas de câmbio:


Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.