COMS 1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
COMS 1
COMS 1
Localização orbital 128° E (128,2° E)
Lançamento 26 de junho de 2010 (7 anos)
Veículo Ariane-5ECA
Operador Coreia do SulKARI
Vida útil 7 anos
Fabricante EADS Astrium
Cobertura Península da Coreia
Órbita Geoestacionária
Peso 2.460 kg
Designação COSPAR 2010-032A

O COMS 1 (também conhecido por Chollian) é um satélite de comunicação geoestacionário sul-coreano construído pela EADS Astrium, ele está localizado na posição orbital de 128 graus de longitude leste e é operado pela Instituto de Pesquisa Aeroespacial da Coreia (KARI). O satélite foi baseado na plataforma AstroBus-L e sua expectativa de vida útil é de 7 anos.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

A EADS Astrium foi contrata em maio de 2005 pela Instituto de Pesquisa Aeroespacial da Coreia, KARI, para projetar e fabricar o primeiro satélite geoestacionário multifuncional sul-coreano, o COMS (Communication, Ocean and Meteorological Satellite) ou Chollian.

O satélite altamente avançado COMS 1 tem três cargas: um para meteorologia, um para observação oceânica e um para comunicação. O COMS 1 fornece dados de meteorologia para todo o mundo, dados oceanográficos para a península coreana e serviços de comunicações experimentais em banda Ka, tudo a partir de sua posição orbital de 128 graus de longitude leste para os usuários finais.[1]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O satélite foi lançado com sucesso ao espaço no dia 26 de junho de 2010, às 21:41 UTC, por meio de um veiculo Ariane-5ECA, lançado a partir do Centro Espacial de Kourou, na Guiana Francesa, juntamente com Arabsat 5A. Ele tinha uma massa de lançamento de 2.460 kg.[1][2]

Capacidade e cobertura[editar | editar código-fonte]

O COMS 1 é equipado com transponders de banda S/L e banda Ka para fornecer serviços para a Península da Coreia.[1][2]

Referências

  1. a b c d «COMS 1 (Chollian)» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 24 de agosto de 2014 
  2. a b c «COMS 1 (Chollian)» (em inglês). SatBeams - Satellite Details. Consultado em 24 de agosto de 2014