Caça silvestre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre os animais silvestres sujeitos a caça. Para a atividade em si, veja Caça.
O peru selvagem da América do Norte, é um exemplo típico de caça silvestre.
Os antílopes são a caça silvestre mais abundante na África.

Caça silvestre (ou simplesmente caça), é a designação atribuída na língua portuguesa, aos animais que são alvo da atividade de caça. Na língua inglesa são usados os termos: "game" ou "quarry".

Definição[editar | editar código-fonte]

A caça silvestre, é um termo coletivo para os mamíferos, aves e peixes, que são relevantes em relação a atividade de caça, para seu consumo ou esporte. A caça silvestre, na maioria dos países, é considerada uma "propriedade" do Estado, para uso e benefício da sociedade, portanto a única maneira de um indivíduo obter a posse e o "direito" de caçar e abater animais silvestres é através de uma licença concedida pelo Estado.[1]

As leis de cada país estabelecem quais são as caças silvestres permitidas ou não, e a atividade de caça desses animais, fora das áreas e/ou períodos determinados e sem a devida licença, são geralmente considerados crimes.[1]

Quanto ao tamanho[editar | editar código-fonte]

Life restoration cervalces scotti short simplified.jpg

Não existe uma "tabela padronizada" universal para a classificação da caça silvestre por tamanho (ou porte) do animal, e sobre esse aspecto, as legislações variam entre os países.

O que mais se aproxima disso, é a "classificação CXP" (de "Controlled eXpansion Performance"), que é seguida por muitos, caçadores para escolher a munições adequadas para cada tipo de caça. Essa classificação foi lançada pela Winchester e distribui os animais por peso e potencial de agressividade.[2]

Excluídas as subcategorias, as principais divisões da "classificação CXP" por peso do animal são:[2]

  • CXP1 animais até 50 lb (23 kg), ou de pequeno porte
  • CXP2 animais entre 51 lb (23 kg) e 300 lb (140 kg), ou de médio porte
  • CXP3 animais entre 301 lb (140 kg) e 1.000 lb (450 kg), ou de grande porte (de "pele fina")
  • CXP4 animais entre 1.001 lb (450 kg) e 2 000 lb (910 kg), ou de grande porte (de "pele grossa")

Simplificações[editar | editar código-fonte]

Existem também visões simplifcadas e mais grosseiras desse critério, onde constam apenas:[3]

  • caça de pequeno porte, até 80 lb (36 kg)
  • caça de grande porte, acima de 80 lb (36 kg)

Nota: a caça de grande porte, também é conhecida como caça maior.

Cervos de pequeno, médio e grande porte, são considerados caça silvestre comum na Europa e na América do Norte.

Por continente e região[editar | editar código-fonte]

O tipo e a variedade de caça silvestre para alimentação variam em diferentes partes do mundo. Isso é influenciado pelo clima, diversidade animal, gosto local e pontos de vista localmente aceitos sobre o que pode ou não ser legitimamente caçado.

Africa[editar | editar código-fonte]

Africa do Sul[editar | editar código-fonte]

Mamíferos:

Aves:

Oceania[editar | editar código-fonte]

Austrália[editar | editar código-fonte]

O bisão-americano, é um exemplo clássico de caça silvestre de grande porte.

Nova Zelândia[editar | editar código-fonte]

América do Norte[editar | editar código-fonte]

Canadá e Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

No Canadá e nos Estados Unidos, a caça silvestre mais comum é o Cervo de cauda branca. Outras espécies incluem:

Ásia[editar | editar código-fonte]

China[editar | editar código-fonte]

Na China há uma categoria especial de culinária chamada "yewei", que inclui caça silvestre.

Rússia[editar | editar código-fonte]

Europa[editar | editar código-fonte]

Aves típicas de caça silvestre expostas no Borough Market em Londres.

Reino Unido[editar | editar código-fonte]

No Reino Unido, a caça silvestre é definida pelo Game Act 1831.
É ilegal atirar em caça silvestre aos domingos e a noite.
A caça silvestre que é para alimento é especificada pelo Wildlife and Countryside Act 1981.

As leis do Reino Unido que definem a caça silvestre em geral incluem:

O Tetraz-grande não é atualmente caçado no Reino Unido devido ao declínio no número e por iniciativa voluntária em propriedades privadas.

Islândia[editar | editar código-fonte]

Uma rena, considerada caça silvestre na Islândia.

Países nórdicos[editar | editar código-fonte]

A caça silvestre na Noruega, Suécia, Dinamarca e Finlândia inclui:

Preparação[editar | editar código-fonte]

Interior de uma cozinha antiga (1600-1620) onde caça silvestre está sendo preparada.

A carne de caça silvestre é normalmente retirada de um animal selvagem que foi atingido com uma arma de fogo ou arco.[4] Em princípio é responsabilidade do caçador processar a carne do animal abatido, podendo subcontratar terceiros para tal fim.[4] O método varia dependendo tanto da espécie em questão, suas características, princialmente o tamanho,[4] e também a legislação local.

Tradicionalmente, a carne de caça era pendurada por um período relativamente longo, aproximando-se de um estado de decomposição, o que aumentava o risco de contaminação.

Hoje em dia, muitos continuam preferindo envelhecer a carne de caça para torná-la mais macia, e isso é especialmente comum para a carne de cervos (ou veados). Para tanto, a carne deve ser pendurada na geladeira a cerca de 35 °F (1,67 °C) 35 graus por cerca de uma semana, normalmente "a seco" para limitar a proliferação de bactérias, mas o envelhecimento úmido é mais fácil pois não precisa de um refrigerador, basta um recipiente e um monte de gelo, mas há uma chance muito maior de crescimento bacteriano significativo.[4]

A caça pequena pode ser processada essencialmente intacta, após evisceração e esfola ou remoção de penas (por espécie). Animais pequenos estão prontos para cozinhar, embora possam ser desmembrados primeiro. A caça grande deve ser processada por técnicas comumente praticadas por açougueiros comerciais.

Cozinhando[editar | editar código-fonte]

Geralmente a carne de caça silvestre é preparada da mesma maneira que a carne de criação.[5] Como algumas carnes de caça são mais magras do que as compradas em lojas, o cozimento excessivo é um contratempo comum que pode ser evitado se ela for preparada adequadamente.[6] Às vezes, é grelhada ou cozida por mais tempo, por cozimento lento ou métodos de calor úmido para torná-la mais macia, uma vez que algumas carnes de caça tendem a ser mais duras do que a carne criada em fazendas. Outros métodos de amaciamento incluem marinar a carne como no prato "hasenpfeffer", cozinhar em uma "torta de caça" ou como um guisado como o "burgoo".

Segurança[editar | editar código-fonte]

A Autoridade de Segurança Alimentar norueguesa considera que crianças, mulheres grávidas, mulheres em idade fértil e pessoas com hipertensão não devem consumir carne de caça silvestre que tenha sido abatida com munição à base de chumbo mais de uma vez por mês. Crianças que costumam comer esse tipo de jogo podem desenvolver um QI ligeiramente inferior, pois o chumbo influencia o desenvolvimento do sistema nervoso central.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Game». TheFreeDictionary.com. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  2. a b «Caliber VS Game Animal Chart & Hunting Terrain Considerations for Small, Medium & Large Quarry». Shooting Range Industries LLC. Consultado em 29 de outubro de 2020 
  3. «Bullet Basics». HuntingTipsAndTricks.com. Consultado em 29 de outubro de 2020 
  4. a b c d «How to Process & Prepare Game Meat After Hunting». CMP. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  5. «Game-to-Eat». 2 de maio de 2007. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  6. «Venison From Hill to Plate». Highland Game. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  7. Erik Waatland, Joar Elgåen e Arne Kristian Gansmo (29 de agosto de 2013). «Mattilsynet: – Barn kan få lavere IQ av storvilt» (em norueguês). NRK.no. Consultado em 14 de outubro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Caça silvestre