Caçamba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Uma caçamba em Belo Horizonte.

Caçamba (do quimbundo kisambu)[1] ou caixa estacionária é uma grande caixa de metal para transporte de entulhos de categoria A, B ou C que não são utilizados em uma construção, ou seja, os resíduos. Geralmente, as caçambas são levadas por um caminhão poliguindaste especial, a fim de depositar seu conteúdo em um aterro sanitário ou ponto de reciclagem.

Geralmente, as caçambas têm o formato de um trapézio, ou de dois trapézios sobrepostos. Existem saliências nas suas laterais que permitem que correntes sejam atadas e que as caçambas sejas içadas pelos caminhões.[2] Algumas vezes, as caçambas têm uma porta na extremidade que facilita o carregamento e o descarregamento de resíduos.

O comprimento das caçambas pode variar de dois metros a quarenta metros. Porém a maior parte dos caminhões somente consegue transportar caçambas com no máximo oito toneladas de resíduos. Uma caçamba típica pesa aproximadamente 250 quilogramas quando vazia.

Tipos[editar | editar código-fonte]

  • Caçambas abertas permitem um carregamento mais fácil de resíduos. São comumente encontradas em locais de construção.
  • Caçambas fechadas são mais seguras e impedem o acesso não autorizado. E impedem que o limite máximo de resíduos seja ultrapassado.
  • Caçambas roll-on and roll-off (RORO) são similares às abertas, porém são içadas não com correntes, mas com ganchos. São mais comumente usadas como contêineres industriais e não são apropriadas ao uso doméstico.
  • Caçambas móveis são usualmente colocadas em reboques automotivos com quatro rodas.

História[editar | editar código-fonte]

A história das caçambas é um pouco nebulosa. Alguns dizem que elas se originaram no Reino Unido na década de 1970. Richard Biffa introduziu a caçamba no seu negócio de resíduos, que principiou servindo a usinas na região de Londres. Daí, as caçambas teriam se espalhado pelo mundo inteiro.[3]

Em São Paulo[editar | editar código-fonte]

Para a colocação de caçambas estacionárias em São Paulo, é necessária uma autorização especial do Departamento de Limpeza Urbana (Limpurb), de acordo com o decreto 46 594/05–SP,[4] que regulamenta quais empresas atendem aos padrões de segurança e higiene. Segundo a própria Limpurb, a contratação de empresas clandestinas pode acarretar multas e transtornos ao próprio contratante.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 305.
  2. Bins skips. Disponível em https://www.binsskipswasteandrecycling.com.au/news/skip-bin.html. Acesso em 28 de abril de 2018.
  3. Bins skips. Disponível em https://www.binsskipswasteandrecycling.com.au/news/skip-bin.html. Acesso em 28 de abril de 2018.
  4. [1]
Ícone de esboço Este artigo sobre engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.