Cabanas de Tavira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Cabanas de Tavira  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Cabanas vista da sua Ilha (2017).jpg
Cabanas de Tavira está localizado em: Portugal Continental
Cabanas de Tavira
Localização de Cabanas de Tavira em Portugal Continental
Coordenadas 37° 8' N 7° 36' O
Concelho primitivo Tavira
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 6,31 km²
Gentílico: cabanense
Orago Nossa Senhora do Mar

Cabanas de Tavira é uma vila do concelho de Tavira, sede de uma antiga freguesia com 6,31 km² de área e 1 081 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 171,3 hab/km². A freguesia havia sido instituída em 12 de Julho de 1997, e a localidade elevada a vila em 12 de Julho de 2001. Em 2013, no âmbito da reforma administrativa foi reunida à freguesia de Conceição, criando-se a União das Freguesias de Conceição e Cabanas de Tavira.

História[editar | editar código-fonte]

A seguir à conquista de Tavira, os terrenos onde viria surgir a localidade pertenciam à Herdade da Gomeira, como sendo propriedade régia concedida à ordem de Santiago de Espada, de acordo com o foral concedido por Afonso III a Tavira em 1266.

O forte de São João da Barra foi erguido num pequeno promontório que dominava a entrada da barra por onde se fazia a navegação com destino à cidade de Tavira durante os meados do século XVII, sendo que foi concluído por volta de 1672, após o final da Guerra da Restauração.

A primeira referência ao nome da povoação de Cabanas surge numa escritura de venda de uns terrenos na freguesia da Conceição, no ano de 1747[1], junto à foz do Ribeiro da Conceição. Naquele documento é referida a “Praia das Cabanas da Armação dos atuns” e as “Cabanas da Barra”.

A primeira referência à povoação num mapa surge mais tarde em 1780[2], mum mapa mapa da autoria do engº militar José Sande de Vasconcelos, nele é possível divisar a inscrição "Cabanas da Armação" . Noutro mapa do mesmo autor[3], mais tardio, de cerca de 1795, conjuntamente com a indicação das "Cabanas" é feita a referência a "âncoras" estacionadas no areal próximo.

O sábio Estácio da Veiga[4], um dos pioneiros da Arqueologia em Portugal habitava em Cabanas durante alguns períodos do ano. Era aqui que a sua família tinha uma casa rural. É conhecida uma carta sua dirigida em 1886 ao município de Tavira assinada no lugar de "Cabanas da Conceição".

Estácio da Veiga[4] , um dos pioneiros da Arqueologia em Portugal, habitou em Cabanas durante a segunda metade do século XIX, onde a sua família tinha uma casa rural

Até ao século XX, a actividade piscatória foi a principal fonte de sustento e desenvolvimento de Cabanas. Por volta de 1973, com a construção do aldeamento turístico “Pedras da Rainha”, Cabanas volta-se para o turismo, aproveitando a proximidade da Ria Formosa, sendo esta actividade a que actualmente prevalece nesta vila.

A actual vila fez parte da freguesia da Conceição até 12 de Julho de 1997, quando, de acordo com a lei 29/97[5] [6], foi constituída a entretanto extinta freguesia de Cabanas de Tavira.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Cabanas de Tavira [7]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 070 1 081
Localização da Freguesia de Cabanas de Tavira

Evolução da  População  2001/ 2011 Variação da População  2001/ 2011 A População em 2001 A População em 2011

Galeria[editar | editar código-fonte]


Cinema[editar | editar código-fonte]

Na freguesia tiveram lugar gravação de exteriores para as seguintes películas:

Património[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Obras Citadas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Anica, Arnaldo Casimiro (1993). Tavira e o seu termo. Tavira: Câmara Municipal de Tavira. 52 páginas 
  2. «[Cidade de Tavira e seus arredores], [ca 1780] - Biblioteca Nacional Digital». purl.pt. Consultado em 13 de novembro de 2017 
  3. «Borrão de campo de huma legoa d´ suburbios orientaes de Tavira, [ca 1793-1795] - Biblioteca Nacional Digital». purl.pt. Consultado em 13 de novembro de 2017 
  4. a b Anica, Arnaldo Casimiro (2011). Monografia da Freguesia de Cabanas de Tavira. Tavira: Junta de Freguesia das Cabanas de Tavira 
  5. Diário da República - http://dre.tretas.org/dre/83436/
  6. Anica, Arnaldo Casimiro (2001). Tavira e o seu Termo - volume II. Tavira: Câmara Municipal de Tavira. 19 páginas 
  7. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.