Cabeceiras do Piauí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Cabeceiras do Piauí
Bandeira de Cabeceiras do Piauí
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 29 de abril
Fundação 1992
Gentílico cabeceirence
Prefeito(a) José Joaquim de Sousa Carvalho (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Cabeceiras do Piauí
Localização de Cabeceiras do Piauí no Piauí
Cabeceiras do Piauí está localizado em: Brasil
Cabeceiras do Piauí
Localização de Cabeceiras do Piauí no Brasil
04° 28' 33" S 42° 18' 32" O04° 28' 33" S 42° 18' 32" O
Unidade federativa Piauí
Mesorregião Norte Piauiense IBGE/2008[1]
Microrregião Baixo Parnaíba Piauiense IBGE/2008[1]
Distância até a capital 92 km km
Características geográficas
Área 608,505 km² [2]
População 9 927 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 16,31 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,525 baixo PNUD/2000[4]
PIB R$ 25 817,327 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 658,84 IBGE/2008[5]

Cabeceiras do Piauí é um município brasileiro do estado do Piauí. Localiza-se a uma latitude 04º28'35" sul e a uma longitude 42º18'33" oeste, estando a uma altitude de 109 metros. Sua população estimada em 2004 era de 8 944 habitantes. Possui uma área de 672,56 km². Fica a 92 km da capital Teresina.

Localização[editar | editar código-fonte]

Noroeste: Miguel Alves e Lagoa Alegre Norte: Barras Nordeste: Boa Hora
Oeste: Lagoa Alegre Reinel compass rose.svg Leste: Boa Hora e Boqueirão do Piauí
Sudoeste: José de Freitas Sul: José de Freitas, Campo Maior e Nossa Senhora de Nazaré Sudeste: Boqueirão do Piauí

Histórico[editar | editar código-fonte]

O deslanchar da independência adquiriu mais fôlego graças à interferência e ao apoio do líder e o deputado estadual Juraci Leite. Político de ampla penetração na região, orientou assiduamente os ideólogos da liberdade. O apoio dele às causas do povoado demonstrou-se essencial à inclusão de Cabeceiras no rol das comunidades que buscavam à autonomia. O auxílio de Juraci Leite ocorreu, sobretudo, na luta para que o povoado fosse inserido àqueles que trabalhavam pela gerência própria. Assim, Cabeceiras, atendendo aos requisitos exigidos em lei, inclui-se entre os povoados desejosos da condição de cidade, através do então deputado Jesualdo Cavalcanti. Em 10 de outubro de 1991, Jesualdo encaminhou à Assembleia Legislativa pedido de criação do município de Cabeceiras do Piauí conforme atesta a solicitação abaixo: No dia 16 de março de 1992, a Assembleia Legislativa autorizou ao TRE-PI a realização do plebiscito. Agora, na consciência da coletividade estava a decisão: Cabeceiras seria ou não cidade? Não tardou para que os eleitores fossem às urnas. Aos 19 dias do mês de abril do mesmo ano, o povo disse sim ao desenvolvimento. À Unidade Escolar Venância Lages Veloso compareceram 2.170 votantes. Do total 1.900 disseram SIM e 205 optaram pelo NÃO. Os votos em branco somaram 20 e os nulos, 45. Definitivamente, Cabeceiras assinava o compromisso com o futuro. Através da lei nº 1.477, de 29 de abril de 1992, nascia o município de Cabeceiras do Piauí. Gentílico: cabeceirense

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Cabeceiras do Piauí, pelo artigo 35, inciso II, do ato das disposições constitucionais transitórias, da constituição estadual de 0510-1989, com o topônimo, área territorial e limites estabelecidos pela lei estadual nº 4477, de 29-041992, desmembrado de Barras. Sede no atual distrito de Cabeceiras do Piauí ex-povoado de Cabeceiras. Constituído do distrito sede. Instalado em 1 de janeiro de 1993. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

6. http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=220205&search=||infogr%E1ficos:-hist%F3rico

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.