Cabo Vilán

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cabo Vilán. Camariñas, Galiza, Espanha.

O Cabo Vilán é um cabo situado na Costa da Morte, no concelho de Camariñas, na Galiza, Espanha. O local foi declarado de Interesse Nacional em 1933, por ser um lugar rochoso e escarpado, e presentemente beneficia do estatuto de área protegida, categorizada Monumento Natural. Contudo, a escassa distância do cabo está instalado um parque eólico e uma aquacultura de criação de pregado.

O farol do Cabo Vilán assinala um dos trechos mais perigosos da Costa da Morte, mas também um dos de maior beleza. Erguido a 125 metros de altitude e unido ao antigo edifício dos faroleiros, tem um potente emissor de luz capaz de atingir os 55 km. É o farol elétrico mais antigo da Espanha.

Em 1890 o navio inglês Serpent, que navegava para a Serra Leoa, afundou-se perto do cabo por causa de um temporal, perecendo 173 homens que estão sepultados no Cemitério dos Ingleses, a escassa distância do cabo Vilán.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]