Café Águias de Ouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Café Águias de Ouro
Fachada do edifício do Café Águias D'Ouro.
Construção 1908/1909
Aberto ao público Sim
Estilos arquitetónicos Arte Nova
Património Nacional
Classificação Logotipo Anta Vilarinho PT.png Imóvel de Interesse Público
(Dec. nº 5/2002, DR, 1ª Série-B. nº 42)
Data 19 Fevereiro 2002
DGPC 5531687
SIPA 5531687
Estado de conservação Bom
Geografia
País Portugal
Localidade Santo André
Coordenadas 38° 50' 33" N 7° 35' 13" O
Café Águias de Ouro está localizado em: Portugal Continental
Café Águias de Ouro
Geolocalização no mapa: Portugal Continental

O Café Águias de Ouro ou Café Águias D'Ouro situa-se na freguesia da Santo André, no Concelho de Estremoz, Distrito de Évora, Portugal.[1]

Foi classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público em 2002.[2]

História[editar | editar código-fonte]

O edifício foi edificado em 1908 e inaugurado em 4 de Abril de 1909. O arquitecto do projecto foi Jorge Santos Costa.[3]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Imóvel de planta rectangular de três pisos, sendo de realçar as enormes janelas e varandas dos pisos superiores, de estilo Arte Nova, construídas com complexas guardas de ferro com motivos geométricos e vitrais executados a verde, castanho e azul.[1]

É um sobrevivente dos antigos cafés de tertúlia portugueses de finais do século XIX, inícios do século XX, daí a importância sociológica do imóvel.[3][4]

Notas

  1. a b IGESPAR, Ministério da Cultura de Portugal. «Ficha detalhada do Café Águias de Ouro». Consultado em 8 de Março de 2011 
  2. Decreto n.º 5/2002, DR, 1ª Série-B. nº 42, de 19-02-2002
  3. a b SIPA - Sistema de Informação para o Património Arquitectónico (Forte de Sacavém). «Edifício onde se encontra o Café Águias de Ouro / Café Águias d' Ouro». Consultado em 8 de Março de 2011 
  4. «Café Águias D'Ouro. Descrição na página oficial do Município de Estremoz». Consultado em 8 de Março de 2011 

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • MOTA, Maria João Barbosa, Aguias d'Ouro, ( Universidade de Évora ), 17 de Janeiro de 1996
  • Estremoz contesta encerramento do Aguias d'Ouro, Público, 15 de Maio de 1996.
  • CRESPO, Marques, Estremoz e o seu termo regional, Estremoz, 1950

Ver também[editar | editar código-fonte]