Caieiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Caieiras
  Município do Brasil  
Laranjeiras,um distrito de Caieiras. Ao fundo, Pico do Jaraguá e Perus, um distrito de São Paulo
Laranjeiras,um distrito de Caieiras. Ao fundo, Pico do Jaraguá e Perus, um distrito de São Paulo
Laranjeiras,um distrito de Caieiras. Ao fundo, Pico do Jaraguá e Perus, um distrito de São Paulo
Símbolos
Bandeira de Caieiras
Bandeira
Brasão de armas de Caieiras
Brasão de armas
Hino
Lema Urbs Pinetorum
"Cidade dos pinheirais"
Gentílico caieirense
Localização
Localização de Caieiras em São Paulo
Localização de Caieiras em São Paulo
Localização de Caieiras em São Paulo
Caieiras está localizado em: Brasil
Caieiras
Localização de Caieiras no Brasil
Mapa
Mapa de Caieiras
Coordenadas 23° 21' 50" S 46° 44' 27" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região metropolitana São Paulo
Municípios limítrofes Norte: Franco da Rocha
Sul: São Paulo
Leste: Mairiporã
Oeste: Cajamar
Distância até a capital 35 km[1]
História
Fundação 30 de novembro de 1938 (85 anos)
Emancipação 14 de dezembro de 1958 (65 anos)
-de Franco da Rocha
Administração
Prefeito(a) Gilmar Soares Vicente[2] (PL, 2021 – 2024)
Vereadores 10
Características geográficas
Área total [3] 97,642 km²
 • Área urbana (IBGE/2019[3]) 14,96 km²
População total (Censo IBGE/2022[3]) 95 032 hab.
 • Posição SP: 82º
Densidade 973,3 hab./km²
Clima subtropical (Cfb)
Altitude 785 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 07700-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [4]) 0,781 alto
PIB (IBGE/2021[5]) R$ 4 858 858,15 mil
PIB per capita (IBGE/2021[5]) R$ 46 700,03
Sítio http://www.caieiras.sp.gov.br (Prefeitura)
http://www.camaracaieiras.sp.gov.br (Câmara)

Caieiras é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de São Paulo, estado de São Paulo. Integra a Região Geográfica Imediata de São Paulo, que por sua vez integra a Região Geográfica Intermediária de São Paulo. O município pertence à Sub-Região Norte da Grande São Paulo, em conformidade com a lei estadual n.º 1.139, de 16 de junho de 2011[6] e, consequentemente com o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo (PDUI).[7] Nela se passa a Linha 7 do Trem Metropolitano de São Paulo.

Sua população, segundo o censo de 2022, era de 95.032 habitantes, distribuídos por uma área de 97,642 km², o que confere ao município uma densidade demográfica de 973,3 hab./km².[8]

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 1870, o Coronel Antônio Proost Rodovalho adquiriu uma fazenda nas margens do Rio Juqueri, no atual município de Caieiras. Em 1877, após a descoberta de cal, material utilizado na construção civil, o coronel mandou construir dois fornos de barro para produzir cal e, como forno de cal é conhecido como caieira, daí veio o nome Caieiras. Nas proximidades dos fornos, foi construído um conjunto habitacional para trabalhadores italianos, que antes trabalhavam na agricultura, sendo este o embrião da cidade de Caieiras.[9]

Em 1883, foi inaugurada a Estação Caieiras, na época pertencente a São Paulo Railway Company, facilitando o escoamento do cal, já que não era mais necessário pôr esse material no lombo de burros para escoar pela estação de trem de Perus.[9]

Com o passar do tempo, os planos do Coronel Rodovalho mudaram e passaram a ser a produção de papel. Uma fábrica foi construída por uma empresa alemã, inaugurada em abril de 1890, com maquinários trazidos por imigrantes alemães. Cinco meses depois da inauguração da fábrica, foi criada a empresa Companhia Melhoramentos de São Paulo – ou simplesmente Melhoramentos -, uma indústria de papel, a qual foi comprada 14 dias após a sua fundação pelo Coronel Rodovalho e sua esposa, Etelvina Dutra Rodrigues Rodovalho.[9]

A Melhoramentos plantou eucaliptos e pinus para serem utilizados em fornos de lenha e na produção de papel. Daí vem o apelido “Cidade dos Pinheirais” dado a Caieiras.[10]

O núcleo de trabalhadores da Melhoramentos foi crescendo, com a chegada de novos trabalhadores, sobretudo imigrantes italianos.[9]

Em 1934, a metade oeste dos atuais municípios de Caieiras e Franco da Rocha foi transferida de Parnaíba para Juqueri (atual Mairiporã).[11]

Em 30 de novembro de 1938, foi criado, dentro do município de Juqueri, o distrito de Caieiras, o qual, em 1944, foi transferido para o novo município de Franco da Rocha.[10]

Na década de 1950, a população caieirense começou a se organizar pela emancipação do distrito. Após a realização de um plebiscito, cujo resultado foi favorável à emancipação do distrito, em 14 de dezembro de 1958 o município de Caieiras foi criado, desmembrado de Franco da Rocha, sendo instalado em 1° de janeiro de 1960, com a posse do primeiro prefeito, Gino Dártora.[9][10]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Caieiras situa-se a uma altitude de 785 metros.

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Portal das Laranjeiras
  • Laranjeiras
  • Calcárea
  • Jd. Cresciúma,
  • Jd. São Francisco,
  • Jd. Santo Antônio,
  • Vl. Rosina,
  • Vera Tereza,
  • Serpa,
  • Nova Caieiras,
  • Miraval,
  • Jd. dos Eucaliptos,
  • Vl. dos Pinheiros,
  • Pq. Santa Inês,
  • Sítio Aparecida,
  • Araucária,
  • Jd. Marcelino,
  • Morro Grande,
  • Pq. São Rafael,
  • Jd. Monte Alegre,
  • Jd. Vitória,
  • Vl. São João,
  • Nova Era,
  • Jd. Esperança,
  • Alpes,
  • Pq. Suíça,
  • Jd. San Diego,
  • Fazenda Cantareira,
  • Jd. Boa Vista,
  • Jd. Europa,
  • Real Park.

Municípios limítrofes[editar | editar código-fonte]

Seus limites são Franco da Rocha a norte, Mairiporã a nordeste, São Paulo a leste/sul, e Cajamar a oeste.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo de 2010[editar | editar código-fonte]

População total: 86 529 (sendo 42 298 homens e 44 231 mulheres)[12]

Expectativa de vida: 76,68 anos[13]

Mortalidade infantil em crianças menores de um ano: 10,2 por mil nascidas vivas[13]

Domicílios com renda per capita até 1/4 do salário mínimo: 5,2%[14]

Taxa de fecundidade: 1,60 filhos por mulher

Taxa de alfabetização: 96,1%[14]

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M) 0,781[13]

  • IDH-M Renda: 0,740
  • IDH-M Longevidade: 0,861
  • IDH-M Educação: 0,749

Etnia[editar | editar código-fonte]

Cor/Raça Percentagem
Branca 60,82%
Negra 6,03%
Parda 32,57%
Amarela 0,43%
Indigena 0,14%

Fonte: Censo 2010[15]

A população caieirense atual é formada predominantemente por migrantes internos, oriundos sobretudo de outras partes do Estado de São Paulo e da Região Nordeste do Brasil, e seus descendentes. Outra parte da sua população, em menor tamanho, mas de estimável valor histórico, é formada por descendentes de imigrantes europeus dentre eles italianos, alemães, galegos, ingleses e noruegueses. Uma pequena parte também é composta por caipiras, que já habitavam a região desde antes das últimas décadas do século XIX.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Caieiras é caracterizado como clima oceânico (Cfb), com diminuição de chuvas no inverno e temperatura média anual de 18,5 °C, tendo invernos secos e amenos (com ocorrências de geadas leves em alguns poucos dias da estação) e verões chuvosos e com temperaturas relativamente altas.

Dados climatológicos para Caieiras
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 26,5 26,3 25,5 23,7 22 21 20,8 21,9 23 23,8 24,7 25,2 23,7
Temperatura média (°C) 21,6 21,5 20,8 18,7 16,8 15,5 15,2 16,1 17,4 18,6 19,7 20,3 18,5
Temperatura mínima média (°C) 16,7 16,8 16,1 13,8 11,6 10,1 9,6 10,4 11,9 13,5 14,8 15,5 13,4
Precipitação (mm) 235 213 157 62 54 47 35 37 67 124 134 200 1 365
Fonte: Climate-Data.org[16]

Economia[editar | editar código-fonte]

Indústria[editar | editar código-fonte]

A economia do município destaca-se pelas indústrias plásticas e papeleiras, dando destaque para a Companhia Melhoramentos de São Paulo, empresa produtora de papel, que possui uma área de reflorestamento que abrange a maior parte do território da Cidade. O município possui um alto índice de qualidade de vida no estado de São Paulo com IDH de 0,781.

Caieiras também se destaca-se pela produção de plástico e bebidas. No município também é localizada a empresa de bebida Refrigerantes Convenção. No setor papeleiro podemos destacar as empresas MD Papéis, Jandaia, Primícia.

Administração pública[editar | editar código-fonte]

Caieiras teve os seguintes prefeitos e vice-prefeitos:

  • Gino Dártora e Milton F. Neves (1960 a 1963)
  • Pde. José C. de Oliveira e Milton F. Neves (1964 a 1969)
  • Gino Dártora e Antonio Furlanetto (01/02/1969 a 16/10/1969)
  • Américo Massinelli (17/10/1969 a 28/11/1970)
  • Nelson Manzanares (28/11/1970 a 31/01/1973)
  • Pde. José C. de Oliveira e Lourides Dell´Porto (1973 a 1977)
  • Gino Dártora e Luiz Lopes Lansac (1977 a 1982)
  • Nelson Fiore e Fausto da Silva Junior (1983 a 1988)
  • Milton Ferreira Neves e Edson Navarro (1989 a 31/12/1992)
  • Névio L. A. Dártora e Pedro Sergio Graf Nunes (01/01/1993 a 31/12/1996)
  • Pedro Sérgio Graf. Nunes e Edson Navarro (01/01/1997 a 31/12/2000)
  • Névio L. A. Dártora e Joaquim Costa (01/01/2001 a 31/12/2004)
  • Névio L. A. Dártora e Joaquim Costa (01/01/2005 a 31/12/2008)
  • Roberto Hamamoto e Gerson Romero (01/01/2009 a 31/12/2012)
  • Roberto Hamamoto e Gerson Romero (01/01/2013 a 31/12/2016)
  • Gerson Romero e Adriano Zambelli (01/01/2017 a 31/12/2020)[17]
  • Gilmar Soares Vicente e Cleber Furlan (01/01/2021 - atualmente)

Transporte[editar | editar código-fonte]

O transporte ferroviário é realizado pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), pela Linha 7–Rubi (Luz - Jundiaí) do Trem Metropolitano de São Paulo.

O transporte público urbano é realizado através de concessão pela Viação Cidade de Caieiras.

Ferrovias[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

As seguintes rodovias são acessíveis a poucos quilômetros do limite com o município de São Paulo:

No limite do município de Caieiras com Franco da Rocha e a poucos quilômetros do limite de Caieiras com Mairiporã:

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade era atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[19], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[20], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[21] para suas operações de telefonia fixa.

Filhos notórios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista». Consultado em 28 de janeiro de 2011 
  2. Prefeito e vereadores tomam posse em Caieiras Portal G1 - acessado em 2 de janeiro de 2021
  3. a b c «Caieiras (SP) - panorama». IBGE Cidades. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 20 de setembro de 2019 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios - Caieiras (SP)». IBGE Cidades. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  6. «Lei Complementar nº 1.139, de 16 de junho de 2011». Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Consultado em 1 de fevereiro de 2017 
  7. «Região Metropolitana de São Paulo». Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de São Paulo. Consultado em 1 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2017 
  8. «Caieiras (SP)». Cidades e Estados - IBGE. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  9. a b c d e «Caieiras - Fatos e Personalidades da Cidade dos Pinheirais». A Semana. 14 de dezembro de 2007. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  10. a b c «Caieiras (SP) - histórico». IBGE Cidades. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  11. «História da Câmara». Câmara Municipal de Santana de Parnaíba. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  12. «Censo 2010 - Sinopse - Caieiras (SP)». IBGE Cidades. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  13. a b c «Perfil do Município - Caieiras (SP)». Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  14. a b «Censo 2010 - Universo - Indicadores sociais municipais». IBGE Cidades. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  15. «Tabela 3175: População residente, por cor ou raça, segundo a situação do domicílio, o sexo e a idade». SIDRA - IBGE. Consultado em 30 de janeiro de 2024 
  16. «CLIMA: CAIEIRAS». Climate-Data.org. Consultado em 23 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 15 de julho de 2015 
  17. «Prefeitura Municipal de Caieiras». caieiras.sp.gov.br. Consultado em 28 de abril de 2017 
  18. «Caieiras -- Estações Ferroviárias do Estado de São Paulo». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 10 de agosto de 2020 
  19. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  20. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  21. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Wikisource Textos originais no Wikisource
Commons Categoria no Commons
Wikivoyage Guia turístico no Wikivoyage
Wikidata Base de dados no Wikidata