Caimento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2013)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Disambig grey.svg Nota: Para vela, veja Caimento (vela).
Navios com caimento neutro (esquerda) e caimento positivo (direita), correspondendo θ ao ângulo de caimento.

O caimento, compasso ou trim constitui a inclinação longitudinal de um navio para uma das suas extremidades (proa ou popa).

Corresponde, mais precisamente, ao ângulo entre a linha de construção do navio e a sua linha base, numa dada condição de carga, medido pela diferença entre imersões à vante e à ré, corrigido pelo caimento de traçado.

O caimento é positivo quando o calado na quilha à vante é superior ao calado na quilha à ré, ficando assim o navio inclinado para a ré. Nestas condições, diz-se que um navio está apopado, derrabado ou que tem caimento pela popa.

O caiamento será negativo, na situação inversa, estando o navio inclinado para a vante. Diz-se então que o navio está de proa, abicado ou que tem caimento pela proa.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • "Nomenclatura do navio", Manual para Jornalistas, Lisboa: Serviço de Informações e Relações Públicas da Marinha, 2005
  • ESPARTEIRO, António M., Dicionário Ilustrado de Marinha (reimpressão), Lisboa: Clássica Editora, 2001
  • FONSECA, Maurílio M., Arte Naval (5ª edição), Rio de Janeiro: Serviço de Documentação Geral da Marinha, 1989