Caio Mário da Silva Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Direito A Wikipédia possui o:
Portal do Direito

Caio Mário da Silva Pereira (Belo Horizonte, 9 de março de 191327 de janeiro de 2004) foi um jurista brasileiro.

Um dos mais notáveis civilistas brasileiros, publicou inúmeras obras e estudos, sobretudo a nível internacional, dentre as quais se destacam as Instituições de Direito Civil e o Anteprojeto de Código de Obrigações, este em parceria com Orlando Gomes. Foi professor emérito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na qual se graduou, e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), integrou a Consultoria-Geral da República de 02.03.1961 a 25.08.1965, presidiu o Conselho Federal da OAB no período de 01.04.1975 a 01.04.1977. Em 1978, durante o governo do general Ernesto Geisel, Caio Mário apresentou, na VII Conferência Nacional da OAB, a tese "Direitos Humanos: conceito abstrato, conceito realista", em uma de suas declarações mais honrosas à OAB, afirmava que se faltava à Ordem poder material, por outro lado a entidade reunia poder moral suficiente para continuar a luta pela preservação dos direitos humanos e do retorno ao Estado de direito no país.

Algumas obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • Instituições de Direito Civil, em VI Volumes
  • Comentários ao Código Civil de 2002
  • Responsabilidade Civil
  • Condomínio e Incorporações
  • Direito Civil - Aspectos de Sua Evolução
  • Lesão nos Contratos
  • Reconhecimento de Paternidade e seus Efeitos
  • Reformulação da Ordem Jurídica
  • Algumas Lembranças (obra autobiográfica)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.