Caio Vipstano Aproniano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Caio Vipstano Aproniano
Cônsul do Império Romano
Consulado 59 d.C.
Morte 91 d.C.

Caio Vipstano Aproniano (em latim: Gaius Vipstanus Apronianus; m. 91) foi um senador romano eleito cônsul em 59 com Caio Fonteio Capitão[1]. O seu cognome ("Aproniano") é de origem incerta. Nas palavras do historiador Ronald Syme, ele indica que Aproniano era "ou um Aprônio adotado por um Lúcio Vipstano ou um Vipstano cujo pai se casou com uma Aprônia". Em seguida, Syme conclui que o pai desta Aprônia seria Lúcio Aprônio Cesiano, cônsul em 39[2].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Depois da morte de Galba, em 15 de janeiro de 69, uma província atrás da outra se proclamou a favor do novo imperador Otão, entre eles Aproniano na África. Aparentemente ele havia sido nomeado procônsul da África para o biênio 68 e 69, pois as palavras de Tácito indicam que a província se delcarou rapidamente a favor a Otão, provavelmente ainda antes do mês de janeiro de 69[3].

Sabe-se também que ele era um dos irmãos arvais, grupo para o qual foi co-optado em 57. Ele permaneceu membro deste colégio por mais 34 anos, o que fez dele um de seus membros mais longevos[4].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
'Nero III

com Marco Valério Messala Corvino
com Caio Fonteio Agripa (suf.)
com Aulo Petrônio Lurcão (suf.)
com Aulo Pacônio Sabino (suf.)

Caio Vipstano Aproniano
59

com Caio Fonteio Capitão
com Tito Sêxtio Africano (suf.)
com Marco Ostório Escápula (suf.)

Sucedido por:
'Nero IV

com Cosso Cornélio Lêntulo
com Caio Veleio Patérculo (suf.)
com Marco Manílio Vopisco (suf.)


Referências

  1. Gallivan (1974), p. 291, 310
  2. Syme (1986), p. 242
  3. Tácito, Histórias, I.76
  4. Syme (1980), p. 16

Bibliografia[editar | editar código-fonte]