Caitanya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Caitanya é um termo sânscrito que significa desperto ou inteligência. É a mente individualizada, a essencia do si.

A literatura indiana diz:

avajananti mam mudha manusim tanum asritam param bhavam ajananto mama bhuta-mahesvaram

"Os ignorantes ridicularizam-me quando eu descendo a forma humana. Eles não conhecem minha natureza transcendental e meu supremo dominio sobre tudo." (Bg. 9.11)

Esta é mais clara explicação sobre Caitanya, ou seja é a natureza transcendetal do ser humano. Mas quando se tenta ir mais longe se acaba em contradições.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Chaitanya Mahaprabhu, em Bengali চৈতন্য মহাপ্রভূ (1486 - 1534), foi um filósofo, reformista social e religioso da região da Bengala (Índia) do século XVI e expoente da tradição hindu de bhakti-yoga. É considerado o proponente do uso do mantra hare-krishna como meio de elevação espiritual e da linha de pensamento vedantista de acintya-bheda-abheda (a inconcebível igualdade e diferença entre a alma indiviaul e a alma divina). Seus seguidores se autodenominam “gaudiya vashnavas” e o reverenciam como uma encarnação (avatar) do deus hindu Vishnu ou Krishna.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.