Caixa de Pribnow

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A caixa de Pribnow (também conhecida como caixa de Pribnow-Schaller) é a sequência TATAAT de seis nucleótidos (timina - adenina - timina -etc.) que é parte essencial de um promotor no ADN necessário para a transcrição ocorrer em bactérias.1 2 É uma sequência idealizada ou sequência de consenso, isto é, mostra a base de ocorrência mais frequente em cada posição num grande número de promotores analisados; promotores individuais muitas vezes variam do consenso em uma ou mais posições. É também comum ser chamada de sequência -10, porque esta centrada mais ou menos a 10 pares de bases do sítio de iniciação da transcrição.

Referências

  1. David Pribnow (1975). Nucleotide sequence of an RNA Polymerase Binding Site at an Early T7 Promoter. Proc. Natl. Acad. Sci. USA 72:784-788.
  2. Heinz Schaller, Christopher Gray, and Karin Herrman (1975). Nucleotide Sequence of an RNA Polymerase Binding Site from the DNA of Bacteriophage fd. Proc. Natl. Acad. Sci. USA 72:737-741.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Genética é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.