Cajuri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cajuri
  Município do Brasil  
Rodovia AMG-1750 em Cajuri
Rodovia AMG-1750 em Cajuri
Símbolos
Bandeira de Cajuri
Bandeira
Brasão de armas de Cajuri
Brasão de armas
Hino
Gentílico cajuriense
Localização
Localização de Cajuri em Minas Gerais
Localização de Cajuri em Minas Gerais
Mapa de Cajuri
Coordenadas 20° 47' 27" S 42° 47' 49" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes São Miguel do Anta, Coimbra, Viçosa
Distância até a capital 243 km
História
Fundação 30 de dezembro de 1962 (58 anos)
Administração
Prefeito(a) Ricardo Augusto Dias de Andrade (DEM, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 83,365 km²
População total (IBGE/2010[3]) 4 047 hab.
Densidade 48,5 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 36560-000 a 36569-999[1]
Indicadores
IDH (PNUD/2000[4]) 0,694 médio
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 20 442,073 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 4 965,28
Outras informações
Padroeiro(a) Santo Antônio[6]
Sítio cajuri.mg.gov.br (Prefeitura)
cajuri.mg.leg.br (Câmara)

Cajuri é um município do estado de Minas Gerais, no Brasil. Sua população estimada em 2010 era de 4 047 habitantes. Constitui-se de dois distritos: Cajuri (o distrito-sede) e Paraguai[7].

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Cajuri" é um termo de origem tupi. Significa "rio da boca da mata", através da junção dos termos ka'a ("mata")[8], îuru ("boca")[9] e 'y ("água, rio")[8].

História[editar | editar código-fonte]

Habitada, até então, por índios puris e aimorés, a região foi ocupada por mineradores provenientes de Ouro Preto e Mariana a partir de meados do século XIX. Dentre estes, destaca-se Joaquim Toledo da Silva como provável fundador da povoação de Cajuri[7].

A região experimentou um surto de progresso com a implantação da Estrada de Ferro Leopoldina[7].

Foi transformado em município em 30 de dezembro de 1962, pela Lei Estadual 2 764, desmembrando-se de Viçosa. Foi instalado em 1 de março de 1963[7].

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia é baseada na produção de café e tomate, que empregam grande parte da população. Uma opção de lazer que atrai muitos turistas é o Clube de Campo Boa Vista. Localizado no Morro Grande, o clube possui piscina, local para pesca esportiva e restaurante com comida típica mineira, sem contar a bela paisagem.

Transportes[editar | editar código-fonte]

O acesso à sede do município é feito pela rodovia estadual AMG-1750[10] a partir do entroncamento com a rodovia federal BR-120.[11] Também é acessada por uma ferrovia, a Linha de Caratinga da antiga Estrada de Ferro Leopoldina. Embora desativada há anos e estando sob posse do DNIT, é considerada um patrimônio da cidade e brevemente entrará em processo de revitalização. [12][13]

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Distrito Paraguai[editar | editar código-fonte]

Pertencente ao Município de Cajuri, o distrito possui uma população de 1.010 pessoas Pesquisa do IBGE de Brasília em 2014. O local recebeu esse nome, segundo contam os moradores mais antigos do local, devido ao fato de, durante a Guerra do Paraguai, soldados convocados terem se escondido na região e, ao retornarem às suas cidades de origem, disserem que estavam vindo do Paraguai.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Evolução Populacional de
Cajuri
Ano População
1991 3.721[14]
1996 3.696[14]
2000 4.190[14]
2007 4.015[14]
2010 4.047[15]

Segundo dados do Censo 2010 , a população do município é de 4.047 hab, sendo 2.096 hab. na zona urbana (51,79%) e 1.951 hab. na zona rural (48,21%).[15]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 4. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  7. a b c d http://www.citybrazil.com.br/mg/cajuri/historia-da-cidade
  8. a b http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm
  9. NAVARRO, E. A. Método Moderno de Tupi Antigo. Terceira edição. São Paulo: Global, 2005. p. 265
  10. «Rodovias estaduais de acesso». DER-MG. Consultado em 27 de maio de 2011 
  11. «Mapa Rodoviário de Minas Gerais - quadro 19». DER-MG. Consultado em 27 de maio de 2011 
  12. «Cajuri -- Estações Ferroviárias do Estado de Minas Gerais». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  13. «Linha férrea em Viçosa terá trecho revitalizado». G1. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  14. a b c d «IBGE Cidades». Consultado em 18 de fevereiro 2013 
  15. a b «Sinopse do Censo Demográfico 2010 - Minas Gerais». Consultado em 18 de fevereiro 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Cajuri
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.