Calamity Jane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme. Para a aventureira que inspirou o filme, veja Jane Calamidade.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Calamity Jane
Diabruras de Jane[1] (PRT)
Ardida como Pimenta[2] (BRA)
 Estados Unidos
1953 •  cor •  101 min 
Direção David Butler
Roteiro James O'Hanlon
Elenco Doris Day
Howard Keel
Allyn Ann McLerie
Género comédia musical
faroeste
Idioma língua inglesa

Calamity Jane (bra: Ardida como Pimenta; prt: Diabruras de Jane) é um um filme estadunidense de 1953, dos gêneros comédia, musical e faroeste, dirigido por David Butler.

A trama explora o romance de dois lendários aventureiros do Velho Oeste: Jane Calamidade (Calamity Jane) e Wild Bill Hickok. O filme foi uma resposta da Warner Brothers ao sucesso do musical Annie Get Your Gun (Annie Oakley). Doris Day canta Secret Love, Oscar de melhor canção, e um dos grandes hits românticos da década de 1950.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Calamity Jane e Wild Bill Hickok no trailer do filme

O filme se passe em Deadwood Stage, um lugar de garimpeiros e vaqueiros arruaceiros, numa época em que os índios estavam em pé de guerra. O dono do saloon Golden Garter resolve tentar contratar uma famosa cantora da época, Adelaide Adams de Chicago, para substituir Frances Fryer, que deixara o local. Incumbe Calamity Jane de viajar e trazer a cantora.

Calamity é uma rude aventureira, com linguagem descuidada, roupas masculinizadas, armada e sempre coberta de poeira, o que esconde sua beleza. Para os homens, principalmente seus amigos Danny Gilmartin e Wild Bill Hickok, ela é um deles, ainda mais quando as conversas são sobre armas, índios ou cavalos.

Quando chega no teatro em Chicago, Calamity se engana e confunde Adelaide com a sua criada, Katie Brown, quando vê esta cantando. Convidando Brown, ela aceita e chega à cidade. Mas no seu primeiro show, logo é descoberto que Katie não é Adelaide. Katie é quase morta, mas é protegida por Calamity Jane, que pede para que a deixem cantar, pois, segundo ela, é também uma grande cantora. Com a proteção de Calamity, Katie consegue se apresentar e faz muito sucesso.

Calamity e Katie se tornam amigas. Calamity conta a ela sua paixão secreta pele tenente Danny Gilmartin. Katie resolve ajudar Calamity, emprestando-lhe uns vestidos e ensinando-a a se comportar como dama. Mas as coisas não saem como elas querem, pois Kate se apaixona por Gilmartin, o que logo é descoberto por Calamity, que se sente traída. Mas quando tudo parece ir mal para a aventureira, ela encontra uma nova paixão.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Diabruras de Jane no DVDPT (Portugal)
  2. Ardida como Pimenta no CinePlayers (Brasil)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme de faroeste é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.