Calisto II de Constantinopla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o papa de mesmo título, veja Calisto II.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Nicéforo Calisto Xantópulo.

Calisto II de Constantinopla, dito Xantópulo (em grego: Κάλλιστος Β΄ Ξανθόπουλος), foi o patriarca grego ortodoxo de Constantinopla em 1397.

Vida e obras[editar | editar código-fonte]

Calisto era um monge hesicasta e um escritor religioso antes de se tornar patriarca durante o reinado do imperador bizantino Manuel II Paleólogo e, durante todo o seu curto patriarcado, Constantinopla esteve cercada pelo sultão otomano Bajazeto I. Seu epíteto indica que ele era oriundo do mosteiro de Xantópulo.

Com a ajuda de outro monge, Inácio Xantópulo, Calisto compôs o famoso "Centenário", um tratado com 100 seções sobre as práticas ascetas dos monges hesicastas que foi incorporado na Filocalia de Nicodemos, o Hagiorita, e teve grande influência sobre a espiritualidade ortodoxa. A maioria dos patriarcas do século XIV foram monges de tradição hesicasta.[1]

Ele é considerado um santo pela Igreja Ortodoxa e é celebrado em 22 de novembro.[2][3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Calisto II de Constantinopla
(1397)
Precedido por: Cruz ortodoxa.png

Patriarcas grego ortodoxos de Constantinopla

Sucedido por:
Antônio IV 152.º Mateus I

Referências

  1. J.M. Hussey. (1986). The Orthodox Church in the Byzantine Empire, Oxford University Press, p. 289.
  2. «Κάλλιστος Β´ Ξανθόπουλος» (em Greek). Ecumenical Patriarchate. Consultado em 29 de maio de 2012 
  3. Grandes sinaxaristas: Ὁ Ὅσιος Κάλλιστος ὁ Β’ Πατριάρχης Κωνσταντινουπόλεως. 22 Νοεμβρίου. ΜΕΓΑΣ ΣΥΝΑΞΑΡΙΣΤΗΣ.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]