Camelopardalis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Girafa

Camelopardalis constellation map.svg
Nome latino
Genitivo

Camelopardalis
Camelopardalis

Abreviatura Cam
 • Coordenadas
Ascensão reta
Declinação
6 h
+70°
Área total 757° quadrados
 • Dados observacionais
Visibilidade
- Latitude mínima
- Latitude máxima
- Meridiano
 
-10°
+90°
1 de Fevereiro, às 21h
Estrela principal
- Magn. apar.
β Camelopardalis
4,03
Outras estrelas
- Magn. apar. < 3
- Magn. apar. < 6
 
0
-
 • Chuva de meteoros

Não possui

 • Constelações limítrofes
Em sentido horário:

Camelopardalis (Cam), a girafa, é uma constelação do hemisfério celestial norte. O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Camelopardalis.

As constelações vizinhas, conforme a padronização atual, são a Ursa Menor, o Cefeu, a Cassiopeia, o Perseu, o Cocheiro, a Lince, a Ursa Maior e o Dragão.[1]

Na Uranografia de Johannes Hevelius, o longo pescoço da girafa é representado esticando-se em torno do polo norte celeste, entre a Ursa Menor e a cauda do Dragão.[2]

Referências

  1. MOURÃO, Ronaldo Rogério de Freitas (1982). Atlas Celeste 3 ed. Petrópolis: Vozes. p. 88 
  2. MOURÃO, Ronaldo Rogério de Freitas. Op. cit., p. 93.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Camelopardalis
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.