Caminhos Incas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pix.gif Qhapaq Ñan, Caminhos Incas *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Inca roads-es.svg
Caminhos Incas
País  Argentina
 Bolívia
 Chile
 Colômbia
Equador
 Peru
Tipo Cultural
Critérios ii, iii, iv, vi
Referência 1459
Região** América
Coordenadas 18° 15' S 69° 35' 30" O
Histórico de inscrição
Inscrição 2014  (38ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

Caminhos Incas são o extenso sistema de caminhos construído durante o Império Inca. Todos os caminhos da América do Sul direcionavam a Cusco (em quíchua, "Umbigo do Mundo"), a principal metrópole sul-americana do período pré-colombiano, legado de uma antiga tradição cultural. Foi usado pelos conquistadores espanhóis para dirigir-se a Bolívia, Chile e as pampas cordilheiranas argentinas.

Esta rede de estradas se estendia do centro do Equador até a região central do Chile, ao sul, e da costa do oceano Pacífico até as encostas orientais dos Andes.

UNESCO[editar | editar código-fonte]

Os Caminhos Incas foram incluídos na lista de patrimônio Mundial da UNESCO graças a "sua extensa rede de comunicação, de defesa e comércio com estradas cobrindo uma área de 30.000 km"[1]

Referências

  1. «Caminhos Incas na UNESCO». Consultado em 3 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Caminhos Incas
Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.