Campanha da África Oriental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campanha da África Oriental
Parte da Primeira Guerra Mundial.
Bundesarchiv Bild 105-DOA3029, Deutsch-Ostafrika, Landsturm angetreten.jpg
Voluntários coloniais na África Oriental Alemã, 1914.
Data 3 de Agosto, 1914 a 25 de Novembro, 1918.
Local África Oriental.
Desfecho Vitória tática alemã.
Beligerantes
Reino Unido Império Britânico.

Bélgica Bélgica

Portugal Portugal

Flag of the German Empire.svg Império Alemão.
Comandantes
Reino Unido Arthur Hoskins.
Red Ensign of South Africa (1910–1912).svg Jan Smuts.
Red Ensign of South Africa (1910–1912).svg Jacob van Deventer.
Bélgica Armand Huyghé.
Flag of Congo Free State.svg Charles Tombeur.
Portugal Ferreira Gil.
Portugal João Teixeira Pinto
Flag of the German Empire.svg Paul von Lettow-Vorbeck.
Flag of the German Empire.svg Heinrich Schnee.
Flag of the German Empire.svg Kurt Wahle.
Forças
250 000 Soldados. 22 000 Soldados.
Baixas
40 000, Entre mortos, feridos e desaparecidos. 16 000, Entre mortos, feridos, desaparecidos ou capturados.
  • Incluindo 2 849 desertores.
365 000 civis mortos (A maioria devido a fome ou doenças)
  • 135 000 na África alemã.
  • 30 000 na África Britânica.
  • 150 000 na África Belga.
  • 50.000 na África Portuguesa.

A Campanha da África Oriental foi uma série de batalhas e ações de guerrilha durante a Primeira Guerra Mundial, levadas a cabo por forças militares alemãs baseadas na África Oriental Alemã e que impactaram em porções de Moçambique, Rodésia, África Oriental Britânica, Uganda, e o Congo Belga. As forças coloniais alemãs, lideradas pelo Tenente-coronel (posteriormente Major-General) Paul Emil von Lettow-Vorbeck, lutaram durante toda a guerra e se renderam somente após esta ter acabado.

A estratégia das forças coloniais alemãs, foi para desviar forças aliadas da Frente Ocidental para a África. Sua estratégia alcançou apenas resultados variados após 1916, quando ele foi expulso da colonia e as tropas aliadas britânicas se tornaram compostas quase inteiramente por tropas sul-africanas, indianas e outras tropas coloniais. As tropas negras sul-africanas não foram consideradas para o serviço europeu por uma questão de política, enquanto todas as unidades indianas haviam sido retiradas da Frente Ocidental até o final de 1915. A campanha na África consumiu quantias consideráveis ​​de dinheiro e material de guerra que poderiam ter sido utilizados em outras frentes.

Os alemães na África Oriental lutaram por toda a guerra, recebendo a notícia do armistício em 14 de novembro de 1918 às 07:30 horas. Ambos os lados esperaram pela confirmação, com os alemães se rendendo formalmente em 25 de novembro.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Campanha da África Oriental
  • Abbott, Peter. Armies in East Africa 1914-1918. Osprey, 2002 ISBN 1-841-76489-2
  • Anderson, Ross. The Forgotten Front: The East African Campaign: 1914-1918. Tempus Publishing, Ltd. 2004 ISBN 0-752-42344-4
  • Farwell, Byron, The Great War in Africa, 1914-1918. New York: W.W. Norton & Company. 1989 ISBN 0-393-30564
  • Gardner, Brian. On to Kilimanjaro. Macrae Smith Company. 1963 ISBN 1-111-04620-4
  • Garfield, Brian. The Meinertzhagen Mystery. Washington, DC: Potomac Books. 2007 ISBN 1597970417
  • Hodges, Geoffrey, Editor. The Carrier Corps: The Story of the Military Labor Forces in the Conquest of German East Africa, 1914-1919. 2nd revised edition. Nairobi: Nairobi University Press. 2000
  • Hoyt, Edwin P. The Germans who never lost. New York: Funk & Wagnalls. 1968, and London: Leslie Frewin. 1969. ISBN 0090964004. Note: This book is a study of Captain Max Looff and his crew of the light cruiser Königsberg
  • Hoyt, Edwin P. Guerilla: Colonel von Lettow-Vorbeck and Germany's East African Empire. New York: MacMillan Publishing Co., Inc. 1981; and London: Collier MacMillan Publishers. 1981 ISBN 0-02-555210-4
  • Miller, Charles. Battle for the Bundu: The First World War in East Africa. New York: MacMillan Publishing Co., Inc. 1974 ISBN 0-025-84930-1
  • Mosley, Leonard. Duel for Kilimanjaro. New York: Ballantine Books, 1963
  • Paice, Edward. Tip and Run: The Untold Tragedy of the Great War in Africa, Weidenfeld & Nicolson. 2007 ISBN 0-297-84709-0
  • Rutherford, A. (ed.). Kaputala: The Diary of Arthur Beagle & The East Africa Campaign 1916-1918. Hand Over Fist Press (for Introduction [1]), 2001 ISBN 0-9540517-0-X
  • Sibley, J.R. Tanganyikan Guerrilla. New York: Ballantine Books. 1973 ISBN 0345098013
  • Strachan, Hew. The First World War in Africa. Oxford: Oxford University Press. 2004 ISBN 0-199-25728-0
  • Stevenson, William. The Ghosts of Africa. New York: Ballantine Books. 1981 ISBN 0-345-29793-8 (fictionalized account)
Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.