Campeonato Argentino de Futebol de 2019–20 – Primeira Divisão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
III Superliga Argentina de Futebol
CXXXV Primera División da Argentina
Superliga Argentina de Futebol de 2019–20
Primera División Argentina de 2019–20
Logo oficial da competição.
Dados
Participantes 24
Organização Superliga Argentina
Anfitrião  Argentina
Período 26 de julho de 20191 de março de 2020
Promovido(s) Copa Libertadores de 2021
Copa Sul-Americana de 2021
Rebaixado(s) Primera Nacional de 2020–21
◄◄ 2018–19 Soccerball.svg 2020–21 ►►

A Primeira Divisão do Campeonato Argentino de Futebol de 2019–20, também conhecida como Primera División Argentina ou Superliga Argentina de Futebol (oficialmente como Superliga Quilmes Clásica por conta do patrocínio), é a 91.ª temporada e 135.ª edição da principal divisão profissional do futebol argentino (3.ª como Superliga Argentina).[1] É a terceira edição desde que começou a ser organizada na temporada de 2017–18 pela Superliga Argentina de Fútbol, liga profissional autônoma dos clubes, e não mais pela Associação do Futebol Argentino (AFA).[2][3][4] A Superliga começou em 26 de julho e terá jogos até 8 de dezembro de 2019; depois do recesso de fim de ano, reiniciará em 24 de janeiro de 2020 e terminará em 1 de março do mesmo ano.[5][6]

Após várias reuniões do Comitê Executivo da Superliga Argentina, que organiza o torneio, ficou decidido que a partir desta temporada teremos três quedas e apenas dois acessos a cada ano, a expectativa é que em 2023 a primeira divisão tenha 20 clubes e possa ser realizado em turno e returno.[7][8]

Breve resumo da temporada anterior[editar | editar código-fonte]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

A Primera División (ou Superliga) de 2019–20 é disputada por vinte e quatro clubes em fase única de pontos corridos. Todos os times jogam entre si uma única vez, num total de 23 rodadas. Será declarado campeão argentino o time que obtiver o maior número de pontos ao final da fase única.[4][13] Em caso de empate em número de pontos, prevalece o melhor saldo de gols.[14] O campeão se classificará para a Supercopa da Argentina de 2020. Ao final da competição, os quatro primeiros times se classificam à Copa Libertadores de 2021, os cinco clubes subsequentes se classificam à Copa Sul-Americana de 2021.[4][13][15] Além disso, serão rebaixados os três piores times com base na média de pontos ("promédios") acumulada por partida nas últimas três temporadas, incluída a atual, além dos jogos da Copa da Superliga Argentina de 2020 (exceto a final), que ocorrerá de 8 de março a 31 de maio de 2020.[16][17]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Vinte e quatro equipes participam do campeonato – as vinte e duas melhores equipes da temporada anterior e as duas equipes promovidas da Primera B Nacional. As equipes promovidas foram o Arsenal (campeão da Segunda Divisão) que volta à liga após um ano de ausência, e o Central Córdoba (vencedor do Torneo Reducido) que estreia na liga pela primeira vez um sua história. Elas vão substituir o Tigre, San Martín, Belgrano e San Martín de Tucumán, que foram rebaixadas após treze, cinco, nove e uma temporadas no topo, respectivamente.

Informações dos clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Província Estádio (mando) Capacidade Títulos (último) Ref.
Aldosivi Mar del Plata Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires José María Minella 35 180 0 (nenhum) [18][19][20]
Argentinos Juniors Buenos Aires Bandera de la Ciudad de Buenos Aires.svg Capital Federal Diego Armando Maradona 24 000 3 (último em 2010–C) [18][19][21]
Arsenal Sarandí Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires El Viaducto 16 000 1 (em 2012–C) [18][19][22]
Atlético Tucumán San Miguel de Tucumán Bandera de la Provincia de Tucumán.svg Tucumán Monumental José Fierro 35 200 0 (nenhum) [18][19][23]
Banfield Banfield Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires Florencio Sola 34 901 1 (em 2009–A) [18][19][24]
Boca Juniors Buenos Aires Bandera de la Ciudad de Buenos Aires.svg Capital Federal La Bombonera 49 000 33 (último em 2017–18) [18][19][25]
Central Córdoba Santiago del Estero Bandera de la Provincia de Santiago del Estero.svg Santiago del Estero Alfredo Terrera 16 000 0 (nenhum) [18][19][26]
Colón Santa Fé Flag of Santa Fe province in Argentina.png Santa Fé Cementerio de Elefantes 32 000 0 (nenhum) [18][19][22]
Defensa y Justicia Florencio Varela Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires Norberto Tomaghello 20 000 0 (nenhum) [18][19][27]
Estudiantes La Plata Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires Ciudad de La Plata 53 000 6 (último em 2010–A) [18][19][28][29]
Jorge Luis Hirschi 30 108
Gimnasia y Esgrima La Plata Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires Estádio del Bosque 21 500 1 (em 1929) [18][19][30]
Godoy Cruz Godoy Cruz Bandera de la Provincia de Mendoza.svg Mendoza Malvinas Argentinas 42 000 0 (nenhum) [18][19][31]
Huracán Buenos Aires Bandera de la Ciudad de Buenos Aires.svg Capital Federal El Palacio 48 314 5 (último em 1973) [18][19][32]
Independiente Avellaneda Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires Libertadores de América 42 069 16 (último em 2002) [18][19][33]
Lanús Lanús Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires La Fortaleza 46 619 2 (último em 2016) [18][19][34]
Newell's Old Boys Rosário Flag of Santa Fe province in Argentina.png Santa Fé Marcelo Bielsa 42 000 6 (último em 2013–F) [18][19][35]
Patronato Paraná Bandera de la Provincia de Entre Ríos.svg Entre Ríos Presbítero Bartolomé Grella 22 000 0 (nenhum) [18][19][36]
Racing Avellaneda Bandera de la Provincia de Buenos Aires.svg Buenos Aires El Cilindro 51 000 18 (atual campeão) [18][19][37]
River Plate Buenos Aires Bandera de la Ciudad de Buenos Aires.svg Capital Federal Monumental de Núñez 66 269 36 (último em 2014–C) [18][19][38]
Rosário Central Rosário Flag of Santa Fe province in Argentina.png Santa Fé Gigante de Arroyito 41 465 4 (último em 1986–87) [18][19][39]
San Lorenzo Buenos Aires Bandera de la Ciudad de Buenos Aires.svg Capital Federal El Nuevo Gasómetro 47 964 15 (último em 2013–A) [18][19][40]
Talleres Córdoba Bandera de la Provincia de Córdoba.svg Córdoba Mario Alberto Kempes 47 851 0 (nenhum) [18][19][41]
Unión Santa Fé Flag of Santa Fe province in Argentina.png Santa Fé 15 de Abril 26 000 0 (nenhum) [18][19][42]
Vélez Sarsfield Buenos Aires Bandera de la Ciudad de Buenos Aires.svg Capital Federal José Amalfitani 49 540 10 (último em 2012–A) [18][19][43]

Classificação[editar | editar código-fonte]

  • Dados até 13 de dezembro de 2019.
Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Argentinos Juniors 30 16 7 6 2 16 11 5 Fase de grupos da Taça Libertadores de 2021
2 Boca Juniors 29 16 8 5 3 19 7 12
3 Lanús 29 16 7 6 3 23 19 4
4 Vélez Sarsfield 28 16 8 4 4 17 11 6
5 River Plate [nota 1] 27 15 8 3 4 29 14 15
6 Arsenal 27 16 8 3 5 27 20 7
7 Rosário Central 26 16 6 8 2 23 16 7
8 Racing 26 16 6 8 2 20 18 2
9 San Lorenzo 26 16 8 2 6 23 22 1
10 Newell's Old Boys 25 16 7 4 5 25 20 5
11 Atlético Tucumán 25 16 7 4 5 17 15 2
12 Talleres (C) 24 16 7 3 6 22 18 4
13 Estudiantes (LP) 24 16 7 3 6 16 13 3
14 Defensa y Justicia 21 16 6 3 7 13 14 −1
15 Independiente [nota 1] 21 15 6 3 6 17 19 −2
16 Banfield 20 16 5 5 6 13 13 0
17 Unión 20 16 5 5 6 15 20 −5
18 Central Córdoba (SdE) 18 16 4 6 6 17 19 −2
19 Colón 16 16 5 1 10 16 26 −10
20 Huracán 15 16 3 6 7 8 16 −8
21 Gimnasia y Esgrima (LP) 14 16 4 2 10 18 19 −1
22 Patronato 13 16 3 4 9 11 23 −12
23 Aldosivi 12 16 3 3 10 13 25 −12
24 Godoy Cruz 9 16 3 0 13 16 36 −20
  1. a b Tem um jogo atrasado. A partida entre River e Independiente está marcada para 19 de janeiro de 2020 às 19:10.[44]

Fonte: AFA, SAF e CONMEBOL

Rebaixamento[editar | editar código-fonte]

O rebaixamento no final da temporada é baseado num coeficiente denominado "promédio", que leva em consideração os pontos obtidos pelos clubes durante a atual temporada (Superliga + Copa da Superliga) e as duas temporadas anteriores (somente as temporadas na primeira divisão são contadas). A pontuação total é então dividida pelo número de jogos disputados na primeira divisão nessas três temporadas e uma média é calculada. As três equipes com a pior média no final da temporada serão rebaixadas para a Primera Nacional do próximo ciclo.[45][46][47]

  • Dados até 13 de dezembro de 2019.[48]
Pos. Equipe 17–18 18–19 19–20 Pts. J Promédio Rebaixamento
1 Boca Juniors 58 51 29 138 68 2.029
2 Racing 45 57 26 128 68 1.882
3 River Plate 45 45 27 117 67 1.746
4 Defensa y Justicia 44 53 21 118 68 1.735
5 Arsenal 27 27 16 1.688
6 Independiente 46 38 21 105 67 1.567
7 Vélez Sarsfield 38 40 28 106 68 1.559
8 Atlético Tucumán 36 42 25 103 68 1.515
9 Talleres (C) 46 33 24 103 68 1.515
10 San Lorenzo 50 23 26 99 68 1.456
11 Unión 43 36 20 99 68 1.456
12 Huracán 48 35 15 98 68 1.441
13 Godoy Cruz 56 32 9 97 68 1.426
14 Argentinos Juniors 41 22 30 93 68 1.368
15 Lanús 29 34 29 92 68 1.353
16 Estudiantes (LP) 36 29 24 89 68 1.309
17 Banfield 35 29 20 84 68 1.235
18 Rosario Central 32 26 26 84 68 1.235
19 Newell's Old Boys 29 29 25 83 68 1.221
20 Colón 41 23 16 80 68 1.176
21 Central Córdoba (SdE) 18 18 16 1.125
22 Aldosivi 33 12 45 41 1.098 Zona de rebaixamento à Segunda Divisão de 2020–21
23 Patronato 33 26 13 72 68 1.059
24 Gimnasia y Esgrima (LP) 27 29 14 70 68 1.029

Fonte: AFA, SAF e CONMEBOL

Classificação geral da temporada[editar | editar código-fonte]

A classificação geral da temporada de 2019–20 será composta por todos os pontos obtidos pelos clubes nas 23 rodadas do campeonato da Primeira Divisão de 2019–20 e mais os das 11 rodadas da fase regular da Copa da Superliga Argentina de 2020.[49]

Classificação às competições internacionais[editar | editar código-fonte]

A qualificação internacional para a temporada de 2021 apresentou uma mudança em relação às anteriores. Os campeões da Superliga de 2019–20, da Copa da Superliga de 2020 e o da Copa da Argentina de 2019–20 ganharão uma vaga na Copa Libertadores de 2021. As vagas restantes para a Copa Libertadores de 2021, bem como para a Copa Sul-Americana de 2021, serão determinados por uma tabela agregada da Superliga de 2019–20 e da Copa da Superliga de 2020. As três melhores equipes na tabela agregada que ainda não estão qualificadas para nenhum torneio internacional serão qualificadas para a Copa Libertadores de 2021, enquanto as próximas seis equipes se qualificarão para a Copa Sul-Americana de 2021.[50]

  • Dados até 13 de dezembro de 2019.
Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Argentinos Juniors 30 16 7 6 2 16 11 5 Fase de grupos da Taça Libertadores de 2021
2 Boca Juniors 29 16 8 5 3 19 7 12
3 Lanús 29 16 7 6 3 23 19 4 Segunda fase da Taça Libertadores de 2021
4 Vélez Sarsfield 28 16 8 4 4 17 11 6 Copa Sul-Americana de 2021
5 River Plate 27 15 8 3 4 29 14 15
6 Arsenal 27 16 8 3 5 27 20 7
7 Rosário Central 26 16 6 8 2 23 16 7
8 Racing 26 16 6 8 2 20 18 2
9 San Lorenzo 26 16 8 2 6 23 22 1
10 Newell's Old Boys 25 16 7 4 5 25 20 5
11 Atlético Tucumán 25 16 7 4 5 17 15 2
12 Talleres (C) 24 16 7 3 6 22 18 4
13 Estudiantes (LP) 24 16 7 3 6 16 13 3
14 Defensa y Justicia 21 16 6 3 7 13 14 −1
15 Independiente 21 15 6 3 6 17 19 −2
16 Banfield 20 16 5 5 6 13 13 0
17 Unión 20 16 5 5 6 15 20 −5
18 Central Córdoba (SdE) 18 16 4 6 6 17 19 −2
19 Colón 16 16 5 1 10 16 26 −10
20 Huracán 15 16 3 6 7 8 16 −8
21 Gimnasia y Esgrima (LP) 14 16 4 2 10 18 19 −1
22 Patronato 13 16 3 4 9 11 23 −12
23 Aldosivi 12 16 3 3 10 13 25 −12
24 Godoy Cruz 9 16 3 0 13 16 36 −20

Fonte: AFA, SAF e CONMEBOL

Resultados[editar | editar código-fonte]

Rodada 14
Rodada 16

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Artilharia[editar | editar código-fonte]

  • Dados até 13 de dezembro de 2019.[52]
Gols Jogador Time
9 Argentina Silvio Romero Independiente
8 Colômbia Rafael Santos Borré River Plate
Argentina Nahuel Bustos Talleres (C)
6 Argentina José Sand Lanús
5 Argentina Gabriel Hauche Argentinos Juniors
Argentina Juan Cruz Kaprof Arsenal
Argentina Nicolás Giménez Arsenal
Argentina Leandro Díaz Atlético Tucumán
Colômbia Wilson Morelo Colón
Argentina Ariel Matías García Gimnasia (LP)
Paraguai Santiago García Godoy Cruz
Argentina Ignacio Scocco River Plate
Argentina Bruno Pittón San Lorenzo
Argentina Jonathan Menéndez Talleres (C)
Argentina Nicolás Domínguez Vélez Sarsfield

Assistências[editar | editar código-fonte]

  • Dados até 13 de dezembro de 2019.[53]
Total Jogador Time
6 Argentina Mariano Bíttolo Newell's Old Boys
5 Argentina Luis Miguel Rodríguez Colón
5 Argentina Matías Suárez River Plate
5 Colômbia Dayro Moreno Talleres (C)
4 Argentina Juan Cruz Kaprof Arsenal
4 Argentina Jonathan Herrera Central Córdoba (SdE)
4 Uruguai Nicolás De La Cruz River Plate

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Argentino de 2019–20
Superliga Argentina
Flag of None.svg
A definir
Campeão
(?º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

Referências

  1. «Quilmes, nuevo sponsor principal de la Superliga». Ambito. Consultado em 12 de março de 2019 
  2. «Institucional - Reglamentos». www.saf.com.ar. Consultado em 14 de junho de 2019 
  3. «¿Qué es la Superliga Argentina?». Superliga Argentina. Consultado em 14 de junho de 2019 
  4. a b c «Superliga Argentina 2019-20: formato, fechas, descensos y Copa Superliga | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 28 de julho de 2019 
  5. «Días, fechas y horarios: el fixture completo de la Superliga argentina 2018/19 | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 28 de julho de 2019 
  6. www.saf.com.ar. «Fixture de la temporada 2019/20». Superliga Argentina de Fútbol (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  7. «Após pressão de clubes médios, Campeonato Argentino diminui rebaixamentos e só três caem». Globoesporte. Consultado em 28 de julho de 2019 
  8. www.saf.com.ar. «La SAF va rumbo a 20 equipos». Superliga Argentina de Fútbol (em espanhol). Consultado em 29 de julho de 2019 
  9. www.saf.com.ar. «Los festejos del campeón». Superliga Argentina de Fútbol (em espanhol). Consultado em 8 de abril de 2019 
  10. a b c d «Com aplausos para vice e festa no Cilindro, campeão Racing empata com Defensa y Justicia». Globoesporte. Consultado em 8 de abril de 2019 
  11. «Por penales. Central Córdoba de Santiago del Estero ascendió a la Superliga». www.lanacion.com.ar (em espanhol). 8 de junho de 2019. Consultado em 10 de junho de 2019 
  12. a b «HTML Center». www.afa.com.ar. Consultado em 8 de abril de 2019 
  13. a b De 2019, 26 De Julio. «Formato, descensos, TV, los clásicos y la nueva Copa: todo lo que hay que saber de la Superliga 2019/20». Infobae (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  14. «REGLAMENTO GENERAL» (PDF). afa.com.ar (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  15. «Resumo - Campeonato Argentino - Argentina - Results, fixtures, tables and news - Soccerway». br.soccerway.com. Consultado em 28 de julho de 2019 
  16. Olé. «Confirmado: tres descensos y 20 equipos en 2023». www.ole.com.ar (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  17. «Oficial: la Superliga 2019/20 tendrá tres descensos». AS Argentina (em espanhol). 24 de julho de 2019. Consultado em 28 de julho de 2019 
  18. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x «Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino». Clubes afiliados - Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  19. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x «Campeones de Primera División - Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino». Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  20. «Estadio José María Minella | Sitio Oficial del Municipio de General Pueyrredon». www.mardelplata.gob.ar. Consultado em 28 de julho de 2019 
  21. «ESTADIO DIEGO ARMANDO MARADONA» (em espanhol). argentinosjuniors.com.ar. Consultado em 28 de julho de 2019 
  22. a b «World Stadiums - Stadiums in Argentina». www.worldstadiums.com. Consultado em 28 de julho de 2019 
  23. «El Estadio». www.clubatleticotucuman.com.ar. Consultado em 28 de julho de 2019 
  24. «Estadio | Club Atlético Banfield». clubabanfield.org. Consultado em 28 de julho de 2019 
  25. «La Bombonera | El club». La Bombonera | El club (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  26. «Estadio Alfredo Terrera Central Cordoba». Ferrodemivida.com! (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  27. «Sedes - edicion=2018». www.copaargentina.org. Consultado em 28 de julho de 2019 
  28. «Estadio Único Ciudad de La Plata». BAFILM (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  29. «Nuevo Estadio UNO: aprobaron capacidad para 30.018 personas | Estudiantes de La Plata». www.estudiantesdelaplata.com (em espanhol). Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  30. «Estadio Juan Carmelo Zerillo». Club de Gimnasia y Esgrima La Plata (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  31. «Infraestructura : DEPORTES». www.deportes.mendoza.gov.ar. Consultado em 28 de julho de 2019 
  32. «Estadio Tomas Adolfo Ducó – C. A. Huracán». cahuracan.com. Consultado em 28 de julho de 2019 
  33. «INDEPENDIENTE · Club: Estadio Libertadores de América». C. A. INDEPENDIENTE (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  34. «Estadio Ciudad de Lanús». www.copaargentina.org. Consultado em 28 de julho de 2019 
  35. «Club Atlético Newell's Old Boys | Sitio Oficial del club más grande del interior | El Club | Sedes > Estadio Marcelo A. Bielsa». www.newellsoldboys.com.ar. Consultado em 28 de julho de 2019 
  36. «Sedes – Club Atlético Patronato» (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  37. «Estadio Presidente Perón». Racing Club - Sitio Oficial (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  38. Plate, Club Atletico River. «El Monumental». caRiverPlate.com.ar (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  39. «Club Atlético Rosario Central | Sitio Oficial». Club Atlético Rosario Central. Consultado em 28 de julho de 2019 
  40. «C. A. San Lorenzo de Almagro». C. A. San Lorenzo de Almagro (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  41. «ESTADIO MARIO ALBERTO KEMPES». www.cba.gov.ar. Consultado em 28 de julho de 2019 
  42. «Estadio 15 de Abril». Club A. Unión (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  43. «Estadio José Amalfitani / Vélez Sarsfield». C. A. Vélez Sarsfield (em espanhol). Consultado em 28 de julho de 2019 
  44. «HTML Center». info.afa.org.ar. Consultado em 14 de dezembro de 2019 
  45. Clarín.com. «La Superliga tomó la esperada decisión sobre los descensos». www.clarin.com (em espanhol). Consultado em 29 de julho de 2019 
  46. «Se conoce el fixture de la Superliga: los detalles de cómo se jugarán los campeonatos del fútbol argentino - TN.com.ar». Todo Noticias (em espanhol). 10 de julho de 2019. Consultado em 29 de julho de 2019 
  47. «Cuándo empieza la Superliga Argentina 2019/2020». Superliga Argentina. Consultado em 29 de julho de 2019 
  48. «DESCENSO - HTML Center». info.afa.org.ar. Consultado em 17 de agosto de 2019 
  49. «Institucional - Reglamentos». www.saf.com.ar. Consultado em 18 de agosto de 2019 
  50. «Cómo será la clasificación a las copas Libertadores y Sudamericana de 2021». Ambito. Consultado em 18 de agosto de 2019 
  51. www.saf.com.ar. «Independiente y Newell's, postergado». Superliga Argentina de Fútbol (em espanhol). Consultado em 6 de agosto de 2019 
  52. «HTML Center». info.afa.org.ar. Consultado em 20 de agosto de 2019 
  53. «HTML Center». info.afa.org.ar. Consultado em 31 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]