Campeonato Baiano de Futebol de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Campeonato Baiano
Baianão 2020
Dados
Participantes 10
Período 22 de janeiro8 de agosto
Gol(o)s 141
Partidas 50
Média 2,82 gol(o)s por partida
Campeão Bahia (49.º título)
Vice-campeão Atlético de Alagoinhas
Rebaixado(s) Jacobina
Melhor ataque (fase inicial) Juazeirense (19 gols)[1]
Melhor defesa (fase inicial) Bahia (5 gols)[1]
Maiores goleadas
(diferença)
Doce Mel 3–7[1] Fluminense de Feira
Estádio LomantãoVitória da Conquista
15 de fevereiro
 
Jacobina 0–4[1] Doce Mel
Arena CajueiroFeira de Santana
23 de julho
◄◄ 2019 Soccerball.svg 2021 ►►

O Campeonato Baiano de 2020 foi a centésima décima sexta edição desta competição futebolística organizada pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). Originalmente, o torneio seria realizado entre os dias 15 de janeiro e 26 de abril;[2] contudo, todos os eventos futebolísticos organizados pela federação foram suspensos por tempo indeterminado em decorrência da pandemia de COVID-19.[3][4] O mesmo retornou em 23 de julho e terminou em 8 de agosto.[5][6]

O título desta edição ficou com o Bahia,[7][8] que liderou a fase inicial e prosseguiu superando Jacuipense e Atlético de Alagoinhas.[9][10] Este último foi o adversário da partida final e somente foi derrotado nas penalidades.[11] O feito significou o quadragésimo nono título do Bahia na história da competição, o terceiro conquistado de forma consecutiva.[11]

O rebaixamento para a segunda divisão de 2021 foi definido na penúltima rodada da fase inicial, quando o Jacobina foi goleado pelo Doce Mel.[12][13]

Participantes e regulamento[editar | editar código-fonte]

O regulamento do Campeonato Baiano de 2020 permaneceu o mesmo do ano anterior: numa primeira fase, as dez agremiações participantes se enfrentaram em turno único com pontos corridos. Após nove rodadas, o último colocado foi rebaixado para a segunda divisão, enquanto os quatro primeiros se qualificaram para as semifinais. Após partidas de ida e volta das semifinais, disputadas entre o clube melhor colocado na primeira fase e o quarto melhor e entre o segundo e o terceiro, os dois vencedores avançaram para a final. Esta terceira e última fase foi disputada também em duas partidas, com o mando de campo da última partida para o clube com melhor campanha (considerando pontos ganhos, saldo de gols e, persistindo o empate, disputa por pênaltis).[2]

Além das nove agremiações que permaneceram no escalão na temporada anterior, a edição foi disputada por um novo integrante, o Doce Mel.[14]

Os dez participantes desta edição foram:

Resultados[editar | editar código-fonte]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Equipes classificadas às fases finais
Equipe rebaixada para a segunda divisão de 2021
Pos[15] Equipes Pts J V E D GP GC SG
1.º Bandeira de Salvador.svg Bahia 18 9 5 3 1 12 5 +7
2.º Bandeira de Alagoinhas - BA.svg Atlético de Alagoinhas 17 9 5 2 2 11 9 +2
3.º Juazeiro Flag.png Juazeirense 16 9 4 4 1 19 12 +7
4.º Riachão do Jacuípe Bandeira.png Jacuipense 15 9 4 3 2 15 9 +6
5.º Bandeira de Salvador.svg Vitória 13 9 3 4 2 13 12 +1
6.º Bandeira de Feira de Santana.jpg Bahia de Feira 12 9 3 3 3 12 11 +1
7.º Bandeira Vitoria da Conquista.svg Vitória da Conquista 10 9 2 4 3 9 12 –3
8.º Bandeira de Feira de Santana.jpg Fluminense de Feira 9 9 2 3 5 18 19 –1
9.º Bandeira de Cruz das Almas - BA.svg Doce Mel 8 9 1 5 3 14 18 –4
10.º Bandeira de Jacobina.svg Jacobina 1 9 0 1 8 3 19 –16

Fases finais[editar | editar código-fonte]

Adaptado para uma melhor visualização[necessário esclarecer], o chaveamento[16] abaixo apresenta as partidas disputadas durante as fases finais, que inclui as semifinais e a final. Em itálico, os clubes que possuem o mando de jogo na primeira partida do confronto. Em negrito, os vencedores de cada fase (somando partidas de ida e volta).

  Semifinais Final
                     
 Juazeiro Flag.png Juazeirense 1 2 3  
 Bandeira de Alagoinhas - BA.svg Atlético de Alagoinhas 4 0 4  
   Bandeira de Alagoinhas - BA.svg Atlético de Alagoinhas 0 1 1 (6)
   Bandeira de Salvador.svg Bahia (pen) 0 1 1 (7)
 Riachão do Jacuípe Bandeira.png Jacuipense 0 2 2
 Bandeira de Salvador.svg Bahia 2 2 4

Referências

  1. a b c d «RESUMO ESTATÍSTICO DO CAMPEONATO BAIANO DE FUTEBOL SÉRIE A - EDIÇÃO 2020» (PDF). Federação Bahiana de Futebol. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada (PDF) em 13 de julho de 2021 
  2. a b «Tabela do Campeonato Baiano 2020 é divulgada; Ba-Vi está marcado para março». ge. 18 de novembro de 2019. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 13 de julho de 2021 
  3. «Mudança: Baianão vai ser paralisado por conta do coronavírus». Lance!. 17 de março de 2020. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 18 de março de 2020 
  4. «Campeonato Baiano é suspenso por tempo indeterminado». Atarde.uol.com.br. 17 de março de 2020. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 13 de julho de 2021 
  5. Rafael Monteiro (23 de julho de 2020). «Campeonato Baiano retorna na tarde de hoje com cinco partidas». Agência Brasil. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2020 
  6. «Com jogos a partir do dia 23, tabela da reta final do Campeonato Baiano 2020 é divulgada». ge. 15 de julho de 2020. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 13 de julho de 2021 
  7. Gabriel Rodrigues (8 de agosto de 2020). «Nos pênaltis, Bahia vence o Atlético e fatura o tri do Baianão». Correio24horas.com.br. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 25 de janeiro de 2021 
  8. «Bahia vence o time do Atlético e se torna campeão baiano de 2020». Aquiacontece.com.br. 8 de agosto de 2020. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 1 de outubro de 2020 
  9. Fellipe Costa (26 de julho de 2020). «Confira como ficou a classificação e os jogos das semifinais do Baianão». Futebolbahiano.org. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 20 de setembro de 2020 
  10. Vitor Villar (2 de agosto de 2020). «Bahia empata com Jacuipense e avança para a final do Baianão». Correio24horas.com.br. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 25 de janeiro de 2021 
  11. a b «Bahia vence Atlético-BA nos pênaltis e é tricampeão consecutivo do Campeonato Baiano». Gazeta Esportiva. 8 de agosto de 2020. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 13 de julho de 2021 
  12. «Jacobina é goleado pelo Doce Mel e é rebaixado para a Segunda Divisão». Interiordabahia.com.br. 23 de julho de 2020. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 1 de março de 2021 
  13. Fellipe Costa (23 de julho de 2020). «Doce Mel goleia e rebaixa o Jacobina para Série B do Campeonato Baiano». Futebolbahiano.org. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 13 de julho de 2021 
  14. Ivan Dias Marques (26 de maio de 2019). «Doce Mel atropela Olímpia e é campeão da Segunda Divisão». Correio24horas.com.br. Consultado em 13 de julho de 2021. Cópia arquivada em 7 de agosto de 2020 
  15. Federação Bahiana de Futebol
  16. Federação Bahiana de Futebol

Ligações externas[editar | editar código-fonte]