Campeonato Baiano de Futebol de 2022 - Segunda Divisão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Campeonato Baiano de Futebol de 2022 - Segunda Divisão
Dados
Participantes 12
Anfitrião Bahia
Período 22 de maio13 de agosto
Gol(o)s 161
Partidas 72
Média 2,24 gol(o)s por partida
Campeão Itabuna (2º título)
Vice-campeão Jacobinense
Promovido(s) Itabuna
Jacobinense
Rebaixado(s) Atlético Universitário
Grapiúna
◄◄ 2021 Soccerball.svg 2023 ►►

A Segunda divisão do Campeonato Baiano de 2022 foi a quinquagésima sexta edição desta competição futebolística organizada pela Federação Bahiana de Futebol (FBF).[1]

Participantes e regulamento[editar | editar código-fonte]

O regulamento da segunda divisão do Campeonato Baiano de 2022 será diferente ao do ano anterior: numa primeira fase, os doze participantes se enfrentarão em turno único com pontos corridos. Os quatro primeiros colocados se qualificarão para as semifinais - disputadas em jogos de ida e volta. Os vencedores prosseguirão para a decisão, que será disputada em duas partidas, com o mando de campo da última partida para o clube com melhor campanha. O campeão e o vice garantem vaga na elite do futebol baiano em 2023. Já os dois últimos colocados estarão rebaixados para a Série C do Baianão.

A Federação Bahiana de Futebol recebeu doze inscrições para o torneio: Atlético Universitário, Botafogo Bonfinense, Canaã, Flamengo de Guanambi, Fluminense de Feira, Galícia, Grapiúna, Itabuna, Jacobina, Jacobinense, Jequié e Juazeiro.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Equipes classificadas à Fase final.
Rebaixados para a 3ª Divisão de 2023.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG %
1.º Bandeira de Jequié.JPG Jequié 22 11 7 1 3 14 10 +4 67
2.º Bandeira de Jacobina.svg Jacobinense 20 11 6 2 3 17 9 +8 61
3.º Juazeiro Flag.png Juazeiro 20 11 5 5 1 18 8 +10 61
4.º Bandeira Itabuna Bahia Brasil.svg Itabuna 19 11 5 4 2 15 10 +5 58
5.º Bandeira de Jacobina.svg Jacobina 17 11 5 2 4 17 10 +7 52
6.º Bandeira Senhor do Bonfim - BA.svg Botafogo-BA 16 11 4 4 3 11 12 –1 48
7.º Bandeira de Salvador.svg Galícia 15 11 4 3 4 11 12 –1 45
8.º Bandeira-guanambi.jpg Flamengo de Guanambi 14 11 4 2 5 10 8 +2 42
9.º Bandeira de Feira de Santana.jpg Fluminense de Feira 13 11 3 4 4 8 12 –4 39
10.º Bandeirairece.jpg Canaã 11 11 2 5 4 13 16 –3 33
11.º Bandeira de Santo Antônio de Jesus (Bahia).svg Atlético Universitário 7 11 2 1 8 7 18 –11 21
12.º Bandeira Itabuna Bahia Brasil.svg Grapiúna 6 11 1 3 7 6 22 –16 18

Fase final[editar | editar código-fonte]

  Semifinais
16 e 24 de julho
Finais
31 de julho e 13 de agosto
                     
 Bandeira de Jequié.JPG Jequié 1 0 1  
 Bandeira Itabuna Bahia Brasil.svg Itabuna 1 1 2  
   Bandeira Itabuna Bahia Brasil.svg Itabuna 2 2 4
   Bandeira de Jacobina.svg Jacobinense 1 2 3
 Bandeira de Jacobina.svg Jacobinense 1 1 2(7)
 Juazeiro Flag.png Juazeiro 2 0 2(6)

Técnicos[editar | editar código-fonte]

Equipe Técnico
Atlético Universitário Brasil Carlos Alberto Dias (1ª—3ª)
Brasil Eduardo Bahia (4ª—)
Botafogo Bonfinense Brasil Sérgio Araújo (1ª—4ª)
Brasil Danilo Maia (4ª—)
Canaã Brasil Edu Miranda (1ª—)
Flamengo de Guanambi Brasil Mazolinha (1ª—)
Fluminense de Feira Brasil Arnaldo Lira (1ª—)
Galícia Brasil Fernando Dourado (1ª—)
Grapiúna Brasil Beto Oliveira (1ª—)
Itabuna Brasil José Aparecido Ferreira (1ª—)
Jacobina Brasil Sérgio Oliveira (1ª—5ª)
Brasil Quintino Barbosa (6ª—)
Jacobinense Brasil Paulo Foiani (1ª—)
Jequié Brasil Paulo Sales (1ª—)
Juazeiro Brasil Nasareno Silva (1ª—)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências