Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-20 de 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-20 de 2017
Brasileirão Sub-20 2017
Logotipo da edição.
Dados
Participantes 20
Organização CBF
Anfitrião Brasil
Período 28 de junho20 de outubro
Gol(o)s 159
Partidas 70
Média 2,27 gol(o)s por partida
Campeão Cruzeiro (1º título)
Vice-campeão Coritiba
Melhor marcador 9 gols:
  • Brasil Mosquito
Maior goleada
(diferença)
Flamengo 6 – 0 Goiás
Estádio da GáveaRio de Janeiro
12 de julho
◄◄ 2016 Soccerball.svg 2018 ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-20 de 2017 foi a terceira edição da competição organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), disputada apenas por jogadores nascidos a partir de 1997, ou seja, a competição é restrito à categoria Sub-20.[1]

O Cruzeiro conquistou o título inédito,[2] após derrotar o Coritiba nas penalidades.[3][4][5] As equipes haviam empatados os confrontos da decisão por 1–1.[6]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Estádio (mando) Capacidade Títulos
Atlético Mineiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Arena do Jacaré 18 870 0 (não possui)
Atlético Paranaense Curitiba Paraná PR Francisco Muraro 3 000 0 (não possui)
Botafogo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Arena Botafogo 6 000 1 (2016)
Chapecoense Chapecó Santa Catarina SC Arena Condá 15 765 0 (não possui)
Corinthians São Paulo São Paulo SP Arena Barueri 31 452 0 (não possui)
Coritiba Curitiba Paraná PR Couto Pereira 40 310 0 (não possui)
Cruzeiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Arena do Jacaré 18 870 0 (não possui)
Figueirense Florianópolis Santa Catarina SC Orlando Scarpelli 19 584 0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Gávea 4 000 0 (não possui)
Fluminense Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Laranjeiras 8 000 1 (2015)
Goiás Goiânia Goiás GO Hailé Pinheiro 10 000 0 (não possui)
Grêmio Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Arena Alviazul 7 000 0 (não possui)
Internacional Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Morada dos Quero-Queros 2 000 0 (não possui)
Palmeiras São Paulo São Paulo SP Martins Pereira 14 500 0 (não possui)
Ponte Preta Campinas São Paulo SP Moisés Lucarelli 17 728 0 (não possui)
Santos Santos São Paulo SP Vila Belmiro 16 798 0 (não possui)
São Paulo São Paulo São Paulo SP Laudo Natel 1 500 0 (não possui)
Sport Recife Pernambuco PE Ilha do Retiro 32 983 0 (não possui)
Vasco da Gama Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ São Januário 24 584 0 (não possui)
Vitória Salvador Bahia BA Barradão 35 632 0 (não possui)

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase do torneio foi disputada pelas vinte equipes participantes, divididas em quatro grupos com cinco cada. Essa fase foi composta por confrontos dentro dos grupos em turno único. No final, as duas melhores equipes de cada grupo se classificaram para a próxima fase. Além disso, foi adotado os seguintes critérios de desempates durante a fase:[1]

  • Maior número de vitórias;
  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Menor número de cartões vermelhos recebidos;
  • Menor número de cartões amarelos recebidos;
  • Sorteio.

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo A
Zona de classificação para a próxima fase

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo B
Zona de classificação para a próxima fase

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo C
Zona de classificação para a próxima fase

Grupo D[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo D
Zona de classificação para a próxima fase

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

A segunda fase do torneio foi disputada pelas oito equipes classificadas, divididas em dois grupos com quatro cada. Essa fase foi composta por confrontos dentro dos grupos em turno e returno. No final, as duas melhores equipes de cada grupo se classificaram para a próxima fase. Além disso, foi adotado os seguintes critérios de desempates durante a fase:[1]

  • maior número de vitórias;
  • maior saldo de gols;
  • maior número de gols pró;
  • confronto direto;
  • maior número de vitórias (soma das fases);
  • maior saldo de gols (soma das fases);
  • maior número de gols pró (soma das fases);
  • menor número de cartões vermelhos recebidos (soma das fases);
  • menor número de cartões amarelos recebidos (soma das fases);
  • sorteio.

Grupo E[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo E
Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Paraná Atlético Paranaense 11 6 3 2 1 6 3 +3
2 Paraná Coritiba 10 6 3 1 2 10 6 +4
3 Rio de Janeiro Botafogo 10 6 3 1 2 8 7 +1
4 Rio Grande do Sul Grêmio 2 6 0 2 4 4 12 –8
  CAP BOT CTB GRE
Atlético Paranaense 1–0 1–0 2–2
Botafogo 0–2 2–2 3–1
Coritiba 1–0 1–2 4–1
Grêmio 0–0 0–1 0–2

Grupo F[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Resultados do grupo F
Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 São Paulo São Paulo 13 6 4 1 1 9 3 +6
2 Minas Gerais Cruzeiro 11 6 3 2 1 7 4 +3
3 Rio de Janeiro Fluminense 6 6 1 3 2 7 3 –1
4 Santa Catarina Chapecoense 3 6 1 0 5 3 11 –8
  CHA CRU FLU SPO
Chapecoense 0–3 3–2 0–2
Cruzeiro 1–0 1–1 1–0
Fluminense 1–0 1–1 1–1
São Paulo 2–0 2–0 2–1

Terceira fase[editar | editar código-fonte]

Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
Coritiba Paraná 2–0 São Paulo São Paulo 0–0 2–0
Cruzeiro Minas Gerais 1–1 (gf) Paraná Atlético Paranaense 0–0 1–1

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Ida
27 de setembro Coritiba Paraná 0 – 0 São Paulo São Paulo Couto Pereira, Curitiba
17:00
Relatório Árbitro: ParanáPR José Mendonça da Silva Junior

28 de setembro Cruzeiro Minas Gerais 0 – 0 Paraná Atlético Paranaense Arena do Calçado, Nova Serrana
21:00
Relatório Árbitro: Minas GeraisMG Murilo Francisco Misson Junior
Volta
3 de outubro São Paulo São Paulo 0 – 2 Paraná Coritiba Arena Barueri, Barueri
16:00
Relatório Thalisson Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43'
Mosquito Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69'
Árbitro: São PauloSP Rodrigo Gomes Paes Domingues

4 de outubro Atlético Paranaense Paraná 1 – 1 Minas Gerais Cruzeiro Arena da Baixada, Curitiba
19:15
Marcelo Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71' Relatório Vitor Hugo Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84' Árbitro: ParanáPR Fabio Filipus

Final[editar | editar código-fonte]

Os confrontos válidas pela final entre Cruzeiro e Coritiba,[7] foram disputados nos dias 12 e 20 de outubro, seguindo os mesmos critérios da fase anterior, exceto os gols marcados como visitantes.[1]

Time 1 Time 2 Ida Volta
Cruzeiro Minas Gerais 2–2 (7–6 p) Paraná Coritiba 1–1 1–1
Ida
12 de outubro Cruzeiro Minas Gerais 1 – 1 Paraná Coritiba Estádio Independência, Belo Horizonte
16:30
Juninho Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51' (pen) Relatório Thalisson Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82' Árbitro: Minas GeraisMG Wanderson Alves de Sousa
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Coritiba
Volta
20 de outubro Coritiba Paraná 1 – 1 Minas Gerais Cruzeiro Estádio Couto Pereira, Curitiba
16:30
Gustavo Soares Gol marcado aos 36 minutos de jogo 36' Relatório Jonata Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63' Árbitro: ParanáPR Adriano Milczvski
    Penalidades  
Mosquito Erro (defesa)
Romeu Martins Convertido
Thalisson Convertido
Fernandinho Convertido
Julio Rusch Convertido
Fernando Diniz Convertido
Romércio Erro (defesa)
Vitor Carvalho Convertido
Moser Erro (defesa)
6 − 7 Convertido Nickson
Convertido Vander
Convertido Cesinha
Convertido Juninho
Erro (fora) Thonny Anderson
Convertido Marcio
Erro (fora) Victor Luiz
Convertido Gustavo
Convertido Lucas
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Coritiba
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2017
Minas Gerais
Cruzeiro
Campeão
(1° título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 20 de outubro de 2017.
Gols[8] Jogador Time
9 Mosquito Paraná Coritiba
5 Jonata Minas Gerais Cruzeiro
4 Gustavo Soares Paraná Coritiba
Caique São Paulo São Paulo
Lincoln Rio de Janeiro Flamengo
3 6 jogadores
2 21 jogadores
1 69 jogadores

Classificação geral[editar | editar código-fonte]

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Classificação
1 Minas Gerais Cruzeiro 22 14 5 7 2 16 12 +4 Finalistas
2 Paraná Coritiba 26 14 7 5 2 22 12 +10
3 São Paulo São Paulo 22 12 6 4 2 14 7 +7 Semifinalistas
4 Paraná Atlético Paranaense 20 12 5 5 2 11 6 +5
5 Rio de Janeiro Botafogo 15 10 4 3 3 13 11 +2 Eliminados na segunda fase
6 Santa Catarina Chapecoense 12 10 4 0 6 9 14 –5
7 Rio Grande do Sul Grêmio 11 10 3 2 1 12 18 –6
8 Rio de Janeiro Fluminense 11 10 2 5 3 11 7 +4
9 Rio de Janeiro Flamengo 6 4 2 0 2 10 3 +7 Eliminados na primeira fase
10 São Paulo Palmeiras 6 4 2 2 0 4 4 0
11 Rio Grande do Sul Internacional 5 4 1 2 1 4 3 +1
12 São Paulo Santos 5 4 1 2 1 5 5 0
13 Minas Gerais Atlético Mineiro 4 4 1 1 2 4 5 –1
14 Rio de Janeiro Vasco da Gama 4 4 1 1 2 4 5 –1
15 Santa Catarina Figueirense 4 4 0 4 0 1 1 0
16 Bahia Bahia 3 4 0 3 1 5 7 –2
17 São Paulo Ponte Preta 3 4 0 3 1 2 4 –2
18 Pernambuco Sport 2 4 0 2 2 4 9 –5
19 Goiás Goiás 2 4 0 2 2 6 13 –7
20 São Paulo Corinthians 1 4 0 1 3 3 9 –6

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «Regulamento Específico da Competição - Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2017» (PDF) (.PDF). Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 1 de junho de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 1 de junho de 2017 
  2. «Nos pênaltis, Cruzeiro é campeão Brasileiro Sub-20». Website oficial da CBF. 20 de outubro de 2017. Consultado em 1 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2017 
  3. «Nas penalidades, Cruzeiro vence o Coritiba e é campeão do Brasileiro Sub-20». GE. Consultado em 1 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2017 
  4. «Cruzeiro vence o Coritiba nos pênaltis e é campeão do Brasileiro sub-20». GE. 20 de outubro de 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2017 
  5. «Nos pênaltis, Cruzeiro vence Coritiba e conquista o Brasileiro Sub-20». ESPN. 20 de outubro de 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2017 
  6. «Coritiba supera pênalti para lá de polêmico e arranca empate com o Cruzeiro na final do Brasileiro sub-20». ESPN. 12 de outubro de 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2017 
  7. «Cruzeiro e Coritiba fazem final do Brasileiro sub-20». olharesportivo.com.br. 5 de outubro de 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2017 
  8. «Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2017 – Artilharia». CBF. 27 de outubro de 2017. Consultado em 2 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]