Campeonato Brasileiro de Futebol de 1981

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
XXV Campeonato Brasileiro de Futebol
Taça de Ouro de 1981
Dados
Participantes 44
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 17 de janeiro – 3 de maio
Gol(o)s 754
Partidas 306
Média 2,46 gol(o)s por partida
Campeão Rio Grande do Sul Grêmio (1º título)
Vice-campeão São Paulo São Paulo
Melhor marcador Nunes (Flamengo) – 16 gols
Melhor ataque (fase inicial) Rio de Janeiro Vasco da Gama – 24 gols
Melhor defesa (fase inicial) 4 gols:
Público 5 368 770
Média 17 545 pessoas por partida
Outras divisões
Taça de Prata Guarani
Taça de Bronze Olaria
◄◄ Brasil Brasileirão 1980 Soccerball.svg Brasileirão 1982 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1981, originalmente denominado Taça de Ouro pela CBF, foi a vigésima quinta edição do Campeonato Brasileiro e foi vencido, pela primeira vez, pelo gaúcho Grêmio, com 14 vitórias, 2 empates e 7 derrotas, 32 gols a favor e 21 contra, em final disputada contra o São Paulo F. C., tendo como local do jogo decisivo, o Estádio do Morumbi, na cidade de São Paulo.

Também pela primeira vez, a CBF adotou como critério de acesso à Taça de Ouro os resultados dos campeonatos estaduais. Portanto, participaram do Campeonato Brasileiro de 1981: os seis primeiros colocados do Campeonato Paulista; os cinco primeiros do Carioca; o campeão e o vice de Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná, Bahia, Pernambuco, Ceará e Goiás; apenas os campeões dos outros treze estados; e o campeão e o vice da Taça de Prata do ano anterior (Londrina e CSA). Para a segunda fase, subiram ainda os quatro primeiros colocados na primeira etapa da Taça de Prata do mesmo ano.

O Palmeiras, que foi mal classificado no campeonato paulista daquele ano, começou o Brasileiro na Taça de Prata, mas subiu para a Taça de Ouro na segunda fase, juntamente com Náutico, Bahia e Uberaba.

O campeão e o vice da Taça de Prata de 1981 foram, respectivamente, Guarani e Anapolina. O torneio Taça de Bronze foi disputado pela primeira vez nesse ano.

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Primeira fase: Quatro grupos com dez clubes cada. Turno único com os clubes se enfrentando dentro de cada grupo. Classificando-se para a segunda fase os sete primeiros colocados de cada grupo.

Segunda Fase: Os 28 clubes classificados na primeira fase e mais Náutico, Palmeiras, Bahia e Uberaba, vindos da Taça de Prata; são organizados em oito grupos com quatro clubes em cada. Em turno e returno, enfrentando-se dentro de cada grupo, classificando-se para a terceira fase os dois primeiros colocados de cada grupo.

Fase final: (com oitavas de final, quartas de final, semifinais e final): sistema eliminatório, com jogos em ida e volta, tendo o clube de melhor campanha o mando de campo no segundo jogo. No caso de empate na soma dos resultados, disputa de pênaltis até que se conheça o vencedor. Exceção: na última etapa (jogos finais), empate na soma dos dois primeiros jogos levaria a um terceiro confronto; se este terminasse empatado, aí sim a disputa seria por pênaltis.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 Rio de Janeiro Vasco da Gama 9 6 1 2 24 9 13 Segunda fase
2 São Paulo Ponte Preta 9 5 2 2 16 12 12 Segunda fase
3 Paraná Colorado 9 4 4 1 8 4 12 Segunda fase
4 Rio de Janeiro Bangu 9 4 3 2 18 9 11 Segunda fase
5 Rio Grande do Sul Internacional 9 3 4 2 8 8 10 Segunda fase
6 São Paulo Inter de Limeira 9 3 3 3 7 11 9 Segunda fase
7 Bahia Vitória 9 3 2 4 10 12 8 Segunda fase
8 Santa Catarina Joinville 9 2 2 5 5 11 6
9 Goiás Vila Nova 9 2 1 6 8 16 5
10 Paraná Londrina 9 2 0 7 5 17 4

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 São Paulo Portuguesa 9 6 2 1 13 7 14 Segunda fase
2 Mato Grosso do Sul Operário-MS 9 5 1 3 11 8 11 Segunda fase
3 Goiás Goiás 9 4 3 2 10 6 11 Segunda fase
4 Rio Grande do Sul Grêmio 9 4 2 3 11 9 10 Segunda fase
5 São Paulo Corinthians 9 4 2 3 10 8 10 Segunda fase
6 Bahia Galícia 9 4 1 4 10 10 9 Segunda fase
7 Rio de Janeiro Botafogo 9 4 1 4 15 12 9 Segunda fase
8 Paraná Pinheiros 9 1 6 2 9 11 8
9 Distrito Federal (Brasil) Brasília 9 2 2 5 10 15 6
10 Espírito Santo (estado) Desportiva Ferroviária 9 0 2 7 4 17 2

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 São Paulo São Paulo 9 4 5 0 13 5 13 Segunda fase
2 Pernambuco Sport 9 4 4 1 10 8 12 Segunda fase
3 Ceará Ferroviário 9 4 3 2 14 11 11 Segunda fase
4 Rio de Janeiro Fluminense 9 4 1 4 16 15 9 Segunda fase
5 Minas Gerais Atlético Mineiro 9 3 3 3 13 8 9 Segunda fase
6 Mato Grosso Mixto 9 3 2 4 11 15 8 Segunda fase
7 Alagoas CSA 9 3 2 4 9 15 8 Segunda fase
8 Rio Grande do Norte América de Natal 9 3 2 4 16 17 8
9 Paraíba Campinense 9 2 2 5 10 11 6
10 Piauí River-PI 9 2 2 5 7 14 6

Grupo D[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 São Paulo Santos 9 6 3 0 19 4 15 Segunda fase
2 Rio de Janeiro Flamengo 9 5 3 1 18 7 13 Segunda fase
3 Pernambuco Santa Cruz 9 4 4 1 16 9 12 Segunda fase
4 Amazonas Nacional-AM 9 4 3 2 7 6 11 Segunda fase
5 Minas Gerais Cruzeiro 9 4 3 2 11 7 11 Segunda fase
6 Pará Paysandu 9 3 2 4 12 12 8 Segunda fase
7 Ceará Fortaleza 9 2 3 4 9 16 7 Segunda fase
8 Alagoas CRB 9 2 2 5 11 16 6
9 Maranhão Sampaio Corrêa 9 1 3 5 4 15 5
10 Sergipe Itabaiana 9 1 0 8 4 19 2

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Pos Club J V E D GP GC Pts Nota
1 Rio de Janeiro Vasco da Gama 6 4 2 0 13 5 10 Oitavas-de-Final
2 Alagoas CSA 6 3 2 1 13 5 8 Oitavas-de-Final
3 Amazonas Nacional-AM 6 2 0 4 7 11 4
4 Bahia Galícia 6 1 0 5 5 17 2

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 São Paulo Ponte Preta 6 3 3 0 10 6 9 Oitavas-de-Final
2 Bahia Bahia 6 3 1 2 10 6 7 Oitavas-de-Final
3 Pernambuco Santa Cruz 6 3 1 2 12 10 7
4 São Paulo Corinthians 6 0 1 5 4 14 1

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 Bahia Vitória 6 3 2 1 6 4 8 Oitavas-de-Final
2 Rio de Janeiro Fluminense 6 2 3 1 12 6 7 Oitavas-de-Final
3 São Paulo Portuguesa 6 1 4 1 6 6 6
4 Pará Paysandu 6 0 3 3 3 11 3

Grupo D[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 Mato Grosso do Sul Operário-MS 6 5 0 1 16 5 10 Oitavas-de-Final
2 Pernambuco Náutico 6 4 0 2 11 5 8 Oitavas-de-Final
3 Minas Gerais Cruzeiro 6 3 0 3 9 13 6
4 Ceará Ferroviário 6 0 0 6 3 16 0

Grupo E[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 São Paulo São Paulo 6 4 1 1 8 3 9 Oitavas-de-Final
2 Rio Grande do Sul Grêmio 6 4 0 2 9 6 8 Oitavas-de-Final
3 São Paulo Inter de Limeira 6 2 2 2 12 7 6
4 Ceará Fortaleza 6 0 1 5 2 15 1

Grupo F[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 Rio Grande do Sul Internacional 6 3 3 0 10 2 9 Oitavas-de-Final
2 Pernambuco Sport 6 2 3 1 9 4 7 Oitavas-de-Final
3 São Paulo Palmeiras 6 3 0 3 7 11 6
4 Goiás Goiás 6 0 2 4 1 10 2

Grupo G[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 Rio de Janeiro Botafogo 6 3 3 0 10 4 9 Oitavas-de-Final
2 São Paulo Santos 6 2 3 1 7 4 7 Oitavas-de-Final
3 Rio de Janeiro Bangu 6 2 1 3 6 10 5
4 Mato Grosso Mixto 6 0 3 3 4 9 3

Grupo H[editar | editar código-fonte]

Pos Clube J V E D GP GC Pts Nota
1 Rio de Janeiro Flamengo 6 3 2 1 9 9 8 Oitavas-de-Final
2 Minas Gerais Atlético Mineiro 6 2 3 1 8 5 7 Oitavas-de-Final
3 Paraná Colorado 6 1 3 2 8 7 5
4 Minas Gerais Uberaba 6 0 4 2 5 9 4

Fase final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto.

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 de 8 a 12 de abril  de 15 a 19 de abril  de 22 a 26 de abril  30 de abril e 3 de maio
                                                 
 Bahia Bahia 0 0 0  
 Rio de Janeiro Flamengo 0 2 2  
   Rio de Janeiro Flamengo 0 1 1  
   Rio de Janeiro Botafogo 0 3 3  
 Alagoas CSA 0 0 0
 Rio de Janeiro Botafogo 0 2 2  
   Rio de Janeiro Botafogo 1 2 3  
   São Paulo São Paulo 0 3 3  
 São Paulo Santos 0 1 1  
 São Paulo São Paulo 2 2 4  
   São Paulo São Paulo 1 2 3
   Rio Grande do Sul Internacional 0 0 0  
 Minas Gerais Atlético Mineiro 0 1 1
 Rio Grande do Sul Internacional 1 1 2  
   São Paulo São Paulo 1 0 1
   Rio Grande do Sul Grêmio 2 1 3
 Pernambuco Sport 0 1 1  
 Mato Grosso do Sul Operário-MS 0 3 3  
   Mato Grosso do Sul Operário-MS 0 0 0
   Rio Grande do Sul Grêmio 2 1 3  
 Bahia Vitória 2 0 2
 Rio Grande do Sul Grêmio 1 2 3  
   Rio Grande do Sul Grêmio 3 0 3
   São Paulo Ponte Preta 2 1 3  
 Pernambuco Náutico 0 1 1  
 São Paulo Ponte Preta 0 2 2  
   São Paulo Ponte Preta 0 0 0
   Rio de Janeiro Vasco da Gama 0 0 0  
 Rio de Janeiro Fluminense 0 3 3
 Rio de Janeiro Vasco da Gama 2 2 4  


A decisão[editar | editar código-fonte]

30 de Abril de 1981 Grêmio Rio Grande do Sul 2 – 1 São Paulo São Paulo Olímpico, Porto Alegre

Paulo Isidoro Gol 55', Gol 69' Serginho Chulapa Gol 39' Público: 61.585
Árbitro: Rio de Janeiro Arnaldo Cezar Coelho

Grêmio: Leão (Remi); Uchoa, Newmar, De León e Casemiro; China (Renato Sá), Paulo Isidoro e Vílson Taddei; Tarciso, Baltazar e Odair. Técnico: Ênio Andrade.

São Paulo: Valdir Peres; Getúlio, Oscar, Dario Pereyra e Marinho Chagas; Almir, Renato (Assis) e Everton; Paulo César, Serginho Chulapa e Zé Sérgio. Técnico: Carlos Alberto Silva.


3 de Maio de 1981 São Paulo São Paulo 0 – 1 Rio Grande do Sul Grêmio Morumbi, São Paulo

Serginho Chulapa Expulsão 88' Baltazar Gol 54' Público: 95.106
Renda: Cr$ 33.819.400
Árbitro: Rio de Janeiro José Roberto Wright

São Paulo: Valdir Peres; Getúlio, Oscar, Dario Pereyra e Marinho Chagas; Élvio, Renato e Everton (Assis); Paulo César, Serginho Chulapa e Zé Sérgio. Técnico: Carlos Alberto Silva.

Grêmio: Leão; Paulo Roberto, Newmar, De León e Casemiro; China, Vílson Taddei (Jurandir) e Paulo Isidoro; Tarciso, Baltazar e Odair (Renato Sá). Técnico: Ênio Andrade.


Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1981
Rio Grande do Sul
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense
Campeão
(1° título)

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
Rio Grande do Sul Grêmio 30 23 14 2 7 32 21 11 disputaram a final
São Paulo São Paulo 32 23 13 6 4 32 15 17
São Paulo Ponte Preta 28 21 10 8 3 31 22 9 eliminados nas semifinais
Rio de Janeiro Botafogo 26 21 10 6 5 33 20 13
Rio de Janeiro Vasco 27 19 11 5 3 41 17 24 eliminados nas 4as de final
Rio de Janeiro Flamengo 25 19 9 7 3 30 19 11
Mato Grosso do Sul Operário-MS 24 19 11 2 6 30 17 13
Rio Grande do Sul Internacional 22 19 7 8 4 20 14 6
São Paulo Santos 22 17 8 6 3 27 12 15 eliminados nas 8as de final
10° Pernambuco Sport 20 17 6 8 3 20 15 5
11° Rio de Janeiro Fluminense 18 17 7 4 6 31 25 6
12° Bahia Vitória 18 17 7 4 6 18 19 -1
13° Alagoas CSA 17 17 6 5 6 22 22 0
14° Minas Gerais Atlético Mineiro 17 17 5 7 5 22 15 7
15° Pernambuco Náutico1 9 8 4 1 3 12 7 5
16° Bahia Bahia1 8 8 3 2 3 10 8 2
17° São Paulo Portuguesa 20 15 7 6 2 19 13 6 eliminados na 2a fase
18° Pernambuco Santa Cruz 19 15 7 5 3 28 19 9
19° Minas Gerais Cruzeiro 17 15 7 3 5 20 20 0
20° Paraná Colorado 17 15 5 7 3 16 11 5
21° Rio de Janeiro Bangu 16 15 6 4 5 24 19 5
22° Amazonas Nacional 15 15 6 3 6 14 17 -3
23° São Paulo Inter de Limeira 15 15 5 5 5 19 18 1
24° Goiás Goiás 13 15 4 5 6 11 16 -5
25° Bahia Galícia 11 15 5 1 9 15 27 -12
26° São Paulo Corinthians 11 15 4 3 8 14 22 -8
27° Ceará Ferroviário 11 15 4 3 8 17 27 -10
28° Pará Paysandu 11 15 3 5 7 15 23 -8
29° Mato Grosso Mixto 11 15 3 5 7 15 24 -9
30° Ceará Fortaleza 8 15 2 4 9 11 31 -20
31° São Paulo Palmeiras1 6 6 3 0 3 7 11 -4
32° Minas Gerais Uberaba1 4 6 0 4 2 5 9 -4
33° Rio Grande do Norte América de Natal 8 9 3 2 4 16 17 -1 eliminados na 1a fase
34° Paraná Pinheiros 8 9 1 6 2 9 11 -2
35° Paraíba Campinense 6 9 2 2 5 10 11 -1
36° Alagoas CRB 6 9 2 2 5 11 16 -5
37° Distrito Federal (Brasil) Brasília 6 9 2 2 5 10 15 -5
38° Santa Catarina Joinville 6 9 2 2 5 5 11 -6
39° Piauí Ríver-PI 6 9 2 2 5 7 14 -7
40° Goiás Vila Nova 5 9 2 1 6 8 16 -8
41° Maranhão Sampaio Corrêa 5 9 1 3 5 4 15 -11
42° Paraná Londrina 4 9 2 0 7 5 17 -12
43º Sergipe Itabaiana 2 9 1 0 8 4 19 -15
44º Espírito Santo (estado) Desportiva Capixaba 2 9 0 2 7 4 17 -13
1Náutico, Bahia, Palmeiras e Uberaba entraram na disputa diretamente na segunda fase, classificados via "Taça de Prata" (série B).