Campeonato Brasileiro de Futebol de 2018 - Série A

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com um evento desportivo atualmente em curso.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 22 de abril de 2018.)
Sports current event.svg
Campeonato Brasileiro de 2018 - Série A
Dados
Participantes 20
Organização CBF
Período 15 de abril9 de dezembro
Gol(o)s 41
Partidas 18
Média 2,28 gol(o)s por partida
Maiores goleadas
(diferença)
Atlético Paranaense 5–1 Chapecoense
Arena da BaixadaCuritiba
15 de abril, 1ª rodada
 
Paraná 0–4 Corinthians
Estádio Vila CapanemaCuritiba
22 de abril, 2ª rodada
◄◄ 2017 Soccerball.svg 2019 ►►
atualizado em 21 de abril

A Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2018 é a 62.ª edição da principal divisão do futebol brasileiro. A disputa tem o mesmo regulamento dos anos anteriores, quando foi implementado o sistema de pontos corridos. Haverá pausa durante a Copa do Mundo de 2018, que será realizada entre 14 de junho e 15 de julho, na Rússia.[1][2]

Esta é a edição com mais clubes nordestinos na história dos pontos corridos, com quatro representantes: Bahia, Ceará, Sport e Vitória. Desde 2001, quando o campeonato ainda era disputado em sistema misto e contava com 28 participantes, o Nordeste não tinha quatro clubes na elite. Por sua vez, o Sudeste é a região com mais representantes, onze no total, enquanto o Sul conta com cinco times na competição.[3]

Regulamento

A Série A de 2018 é disputada por vinte clubes em dois turnos. Em cada turno, todos os times jogarão entre si uma única vez. Os jogos do segundo turno serão realizados na mesma ordem do primeiro, apenas com o mando de campo invertido. Não há campeões por turnos, sendo declarado campeão brasileiro o time que obtiver o maior número de pontos após as 38 rodadas. Ao final da competição, os seis primeiros times se classificam à Copa Libertadores de 2019, os seis clubes subsequentes se classificam à Copa Sul-Americana de 2019, e os quatro últimos serão rebaixados para a Série B do ano seguinte.[4]

Critérios de desempate

Em caso de empate por pontos entre dois ou mais clubes, os critérios de desempate são aplicados na seguinte ordem:[4]

  1. Número de vitórias;
  2. Saldo de gols;
  3. Gols pró;
  4. Confronto direto;
  5. Menor número de cartões vermelhos;
  6. Menor número de cartões amarelos;
  7. Sorteio.

Com relação ao quarto critério (confronto direto), considera-se o resultado dos jogos somados, ou seja, o resultado de 180 minutos. Permanecendo o empate, o desempate se dará pelo maior número de gols marcados no campo do adversário. O quarto critério não será considerado no caso de empate entre mais de dois clubes.[4]

Participantes

Equipe Cidade Estado Em 2017 Estádio (mando) Capacidade[5] Títulos
América Mineiro Belo Horizonte Minas Gerais MG 1º (Série B) Independência 23 018 0 (não possui)
Atlético Mineiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Independência 23 018 1 (1971)
Atlético Paranaense Curitiba Paraná PR 11º Arena da Baixada 42 370[6] 1 (2001)
Bahia Salvador Bahia BA 12º Arena Fonte Nova 50 025 2 (1959, 1988)
Botafogo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 10º Nilton Santos 44 661 2 (1968[nota 1], 1995)
Ceará Fortaleza Ceará CE 3° (Série B) Arena Castelão 63 903 0 (não possui)
Chapecoense Chapecó Santa Catarina SC Arena Condá 15 765 0 (não possui)
Corinthians São Paulo São Paulo SP Arena Corinthians 47 605 7 (1990, 1998, 1999, 2005, 2011, 2015, 2017)
Cruzeiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Mineirão 61 846 4 (1966, 2003, 2013, 2014)
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Ilha do Urubu[7] 20 215[8] 5 (1980, 1982, 1983, 1992, 2009)
Fluminense Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 14º Maracanã 78 838 4 (1970, 1984, 2010, 2012)
Grêmio Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Arena do Grêmio 55 662 2 (1981, 1996)
Internacional Porto Alegre Rio Grande do Sul RS 2° (Série B) Beira-Rio 50 128 3 (1975, 1976, 1979)
Palmeiras São Paulo São Paulo SP Allianz Parque 43 713 9 (1960, 1967[nota 1], 1967[nota 2], 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016)
Paraná Curitiba Paraná PR 4° (Série B) Vila Capanema 20 083 0 (não possui)
Santos Santos São Paulo SP Vila Belmiro 16 068 8 (1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968[nota 2], 2002, 2004)
São Paulo São Paulo São Paulo SP 13º Morumbi 72 039 6 (1977, 1986, 1991, 2006, 2007, 2008)
Sport Recife Pernambuco PE 15º Ilha do Retiro 32 983 1 (1987)
Vasco da Gama Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ São Januário 21 680 4 (1974, 1989, 1997, 2000)
Vitória Salvador Bahia BA 16º Barradão 30 618 0 (não possui)

Estádios

América Mineiro Atlético Mineiro Atlético Paranaense Bahia Botafogo Ceará
Independência Independência Arena da Baixada Arena Fonte Nova Nilton Santos Arena Castelão
Capacidade: 23 018 Capacidade: 23 018 Capacidade: 42 370 Capacidade: 50 025 Capacidade: 44 661 Capacidade: 63 903
Arena Independência - indoors - panoramio.jpg Independência-AtléticoxGoiás(2).jpg Panoramica CAP x SEP.JPG Fonte nova maio 2013.jpg Estádio Nilton Santos 2017.jpg Castelão Arena (3).jpg
Chapecoense
Localização das equipes participantes da Série A de 2018.
Corinthians
Arena Condá Arena Corinthians
Capacidade: 15 765 Capacidade: 47 605
Chapecoense 1 ano.jpg Final Paulistão 2017.jpg
Cruzeiro Flamengo
Mineirão Ilha do Urubu
Capacidade: 61 846 Capacidade: 20 113
Mineirao Stadium.jpg Ilha do urubu.jpeg
Fluminense Grêmio
Maracanã Arena do Grêmio
Capacidade: 78 838 Capacidade: 55 662
Visão do torcedor.JPG Inauguração gremio arena.jpg
Internacional Palmeiras
Beira-Rio Allianz Parque
Capacidade: 50 128 Capacidade: 43 713
Portoalegre arenabeirario 820.jpg SEPvsCAP Allianz Parque 2014.jpg
Paraná Santos São Paulo Sport Vasco da Gama Vitória
Vila Capanema Vila Belmiro Morumbi Ilha do Retiro São Januário Barradão
Capacidade: 20 083 Capacidade: 16 068 Capacidade: 72 039 Capacidade: 32 983 Capacidade: 21 680 Capacidade: 30 618
Vila Capanema aérea 2.jpg Estadio Urbano Caldeira,campo do santos fc,Brasil - panoramio.jpg Spfc x avai.JPG ESTÁDIO DA ILHA DO RETIRO LOTADA.jpg Sao janu sociais.jpg Estádio Manoel Barradas Vitória.jpg

Outros estádios

Além dos estádios de mando usual, outros estádios foram utilizados devido a punições de perda de mando de campo impostas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva ou por conta de problemas de interdição dos estádios usuais ou simplesmente por opção dos clubes em mandar seus jogos em outros locais, geralmente buscando uma melhor renda.[9]

Classificação

Atualizado em 22 de abril.
Pos. Equipes P J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 São Paulo Corinthians 6 2 2 0 0 6 1 +5 100 Aumento4 Fase de grupos da Copa Libertadores de 2019
2 Rio de Janeiro Flamengo 4 2 1 1 0 4 2 +2 67 Aumento8
3 Paraná Atlético Paranaense 3 1 1 0 0 5 1 +4 100 Baixa2
4 Rio Grande do Sul Internacional 3 1 1 0 0 2 0 +2 100 Estável
5 Minas Gerais América Mineiro 3 2 1 0 1 3 2 +1 50 Baixa3 Segunda fase da Copa Libertadores de 2019
6 São Paulo Santos 3 2 1 0 1 2 1 +1 50 Baixa3
7 Rio de Janeiro Vasco da Gama 3 1 1 0 0 2 1 +1 100 Baixa1 Copa Sul-Americana de 2019
8 São Paulo São Paulo 3 1 1 0 0 1 0 +1 100 Baixa1
9 Rio Grande do Sul Grêmio 3 1 1 0 0 1 0 +1 100 Baixa1
10 Bahia Bahia 3 2 1 0 1 1 2 –1 50 Aumento7
11 Bahia Vitória 1 1 0 1 0 2 2 0 33 Baixa2
12 Rio de Janeiro Botafogo 1 1 0 1 0 1 1 0 33 Baixa1
13 São Paulo Palmeiras 1 1 0 1 0 1 1 0 33 Baixa1
14 Rio de Janeiro Fluminense 0 1 0 0 1 1 2 –1 0 Baixa1
15 Minas Gerais Atlético Mineiro 0 1 0 0 1 1 2 –1 0 Baixa1
16 Minas Gerais Cruzeiro 0 1 0 0 1 0 1 –1 0 Aumento1
17 Ceará Ceará 0 1 0 0 1 0 2 –2 0 Estável Zona de rebaixamento à Série B de 2019
18 Pernambuco Sport 0 1 0 0 1 0 3 –3 0 Estável
19 Santa Catarina Chapecoense 0 1 0 0 1 1 5 –4 0 Aumento1
20 Paraná Paraná 0 2 0 0 2 0 5 –5 0 Baixa4

Confrontos

Ver artigo principal: Resultados do primeiro turno
Ver artigo principal: Resultados do segundo turno
  AMM ATM ATP BAH BOT CEA CHA COR CRU FLA FLU GRE INT PAL PAR SAN SPA SPT VAS VIT
América-MG R-10 R-9 R-37 R-6 R-24 R-12 R-27 R-32 R-21 R-19 R-30 R-15 R-17 R-33 R-35 R-7 3–0 R-23 R-3
Atlético-MG R-29 R-24 R-35 R-38 R-12 R-9 R-3 R-6 R-7 R-11 R-32 R-17 R-33 R-15 R-18 R-23 R-27 R-20 2–1
Atlético-PR R-28 R-5 R-22 R-31 R-37 5–1 R-36 R-33 R-19 R-25 R-21 R-13 R-4 R-26 R-8 R-11 R-29 R-15 R-16
Bahia R-18 R-16 R-3 R-11 R-34 R-32 R-12 R-38 R-27 R-36 R-9 R-20 R-25 R-29 1–0 R-5 R-23 R-7 R-14
Botafogo R-25 R-19 R-12 R-30 R-10 R-15 R-32 R-23 R-33 R-5 R-3 R-35 1–1 R-37 R-17 R-27 R-21 R-28 R-7
Ceará R-5 R-31 R-18 R-15 R-29 R-27 R-23 R-9 R-3 R-16 R-7 R-33 R-11 R-36 R-20 0–0 R-13 R-38 R-25
Chapecoense R-31 R-28 R-20 R-13 R-34 R-8 R-18 R-11 R-5 R-26 R-16 R-25 R-22 R-4 R-14 R-38 R-36 1–1 R-29
Corinthians R-8 R-22 R-17 R-31 R-13 R-4 R-37 R-15 R-28 2–1 R-19 R-26 R-5 R-21 R-10 R-33 R-25 R-35 R-11
Cruzeiro R-13 R-25 R-14 R-19 R-4 R-28 R-30 R-34 R-37 R-21 0–1 R-22 R-8 R-31 R-26 R-16 R-5 R-10 R-36
Flamengo 2–0 R-26 R-38 R-8 R-14 R-22 R-24 R-9 R-18 R-29 R-36 R-4 R-31 R-11 R-34 R-13 R-16 R-6 R-20
Fluminense R-38 R-30 R-6 R-17 R-24 R-35 R-7 R-20 1–0 R-10 R-27 R-18 R-15 R-28 R-12 R-3 R-33 R-32 R-23
Grêmio R-11 R-13 R-2 R-28 R-22 R-26 R-35 R-38 R-20 R-17 R-8 R-5 R-10 R-25 R-4 R-15 R-31 R-33 R-18
Internacional R-34 R-36 R-32 2–0 R-16 R-14 R-6 R-7 R-3 R-23 R-37 R-24 R-21 R-19 R-30 R-29 R-9 R-12 R-27
Palmeiras R-36 R-14 R-23 R-6 R-20 R-30 R-3 R-24 R-27 R-12 R-34 R-29 1–0 R-16 R-32 R-9 R-7 R-18 R-38
Paraná R-14 R-34 R-7 R-10 R-18 R-17 R-23 0–4 R-12 R-30 R-9 R-6 R-38 R-35 R-24 R-20 R-3 R-27 R-32
Santos R-16 R-37 R-27 R-21 R-36 2–0 R-33 R-29 R-7 R-15 R-31 R-23 R-11 R-13 R-5 R-25 R-19 R-3 R-9
São Paulo R-26 R-4 R-30 R-24 R-8 R-21 R-19 R-14 R-35 R-32 R-22 R-34 R-10 R-28 1–0 R-6 R-37 R-17 R-12
Sport R-20 R-8 R-10 R-4 R-2 R-32 R-17 R-6 R-24 R-35 R-14 R-12 R-28 R-26 R-22 R-38 R-18 R-30 R-34
Vasco da Gama R-4 2–1 R-34 R-26 R-9 R-19 R-21 R-16 R-29 R-25 R-13 R-14 R-31 R-37 R-8 R-22 R-36 R-11 R-5
Vitória R-22 R-21 R-35 R-33 R-26 R-6 R-10 R-30 R-17 2–2 R-4 R-37 R-8 R-19 R-13 R-28 R-31 R-15 R-24

Desempenho por rodada

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
ATP

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
CHA

Estatísticas

Ver também

Notas e referências

Notas

  1. a b Taça Brasil
  2. a b Torneio Roberto Gomes Pedrosa

Referências

  1. «Brasileiro vai parar um dia antes da Copa do Mundo; confira o calendário». GloboEsporte.com. 6 de julho de 2016. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  2. «CBF lança o Calendário 2018 do Futebol Brasileiro». CBF. 29 de setembro de 2017. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  3. «Nordeste volta a ter quatro na Série A depois de 17 anos; democracia impera na B». GloboEsporte.com. 4 de dezembro de 2017. Consultado em 22 de março de 2018 
  4. a b c «Regulamento específico da competição – Campeonato Brasileiro da Série A 2018» (PDF). CBF. 9 de fevereiro de 2018. Consultado em 15 de abril de 2018 
  5. «CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  6. «Aprovados? Veja as notas recebidas pelos estádios paranaenses». Gazeta do Povo. 28 de janeiro de 2016. Consultado em 11 de maio de 2015 
  7. «Estádio Ilha do Urubu: torcida escolhe nome de nova casa do Fla». UOL Esporte. 5 de junho de 2017. Consultado em 21 de junho de 2017 
  8. «Fla reconhece Ilha do Urubu e pede apoio da torcida para sair da crise». UOL Esporte. 13 de junho de 2017. Consultado em 21 de junho de 2017 
  9. «Em alta, Dodô valoriza semana de treinos antes de estreia do Santos no Brasileirão». GloboEsporte.com. 9 de abril de 2018. Consultado em 10 de abril de 2018 
  10. «Brasileirão Série A – Artilharia». CBF. Consultado em 21 de abril de 2018 
  11. «Estadísticas de la liga Futebol Brasileiro: Líderes en Asistencias - Brasileirao 2018» (em espanhol). ESPN Deportes. Consultado em 21 de abril de 2018 

Ligações externas