Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Campeonato Brasileiro de Rali é uma série de rali organizada pela Confederação Brasileira de Automobilismo disputado em oito etapas em cinco estados brasileiros, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. O campeonato divide-se em cinco categorias sendo o campeão de cada categoria o competidor que somar o maior número de ponto no final das oito etapas, tendo direito a um descarte. O sistema de pontuação do Campeonato brasileiro de rali é similar ao do campeonato mundial, marcando, do 1° ao 8° lugares, respectivamente, 10, 8, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 pontos. Atualmente competem veículos das marcas Peugeot, Mitsubishi, Volkswagen e Chevrolet.

História[editar | editar código-fonte]

No Brasil tudo começou no início da década de 50, quando um grupo da Sociedade Esportiva e Cultural dos Empregados da Light (SEGEL) resolveu organizar ralis na cidade de São Paulo. Eram provas muito mais de cunho social do que desportivo. No fundo, estava-se aplicando o exato significado da palavra inglesa rally - reunião, confraternização.

Em 1961, foi organizado o primeiro campeonato regional de rali, em São Paulo. Quatro anos mais tarde Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul também organizaram campeonatos regionais. O primeiro campeonato nacional aconteceu em 1973. Em 2008 o campeonato brasileiro chegou a sua 27ª edição.

Categorias[editar | editar código-fonte]

O Campeonato brasileiro de rali divide-se em cinco categoriras: N4, N3, A6, N2 e N2 light. Todos os veículos devem ter sua ficha de homologação devidamente regularizada junto a CBA, CODASUR ou FIA. Os veículos nacionais do grupo N, que não possuem suas fichas de homologação, podem disputar o campeonato, devendo apresentar o manual do fabricante do veículo, que será utilizado nas vistorias. Para os veículos do Grupo A, a preparação de motor, câmbio e suspensão são praticamente livres. Os veículos do Grupo N mantêm motor e câmbio originais, assim como parte do interior do carro. A preparação da suspensão é livre.

Categoria Especificação
N4 veículos até 2000cc, turbo, tração 4x4
N3 veículos entre 1601 e 2000cc, tração 4x2
A6 veículos entre 1401 e 1600cc, tração 4x2
N2 veículos entre 1401 e 1600cc, tração 4x2
N2 light veículos entre 1401 e 1600cc, tração 4x2 (Cat. Acesso – sem pilotos experientes).

Etapas em 2009[editar | editar código-fonte]

No Campeonato brasilerio de rali as etapas tem na sua maioria apenas um dia de disputas, ao contrário das etapas dos campeonatos mundial e sul-americano que tem de dois a três dias. A temporada 2009 se constitui de oito etapas em cinco estados. Sendo elas:

Data Estado Rally
08/03  Paraná Rali Internacional de Curitiba
12/04  Santa Catarina Rali de Tijucas ou Blumenau
09/05  Rio Grande do Sul Rali Internacional de Erechim
07/06  Minas Gerais Sede a definir
12/07  Santa Catarina Sede a definir
23/08  São Paulo Sede a definir
20/09  Minas Gerais Rali de Ouro Branco
09/10  Rio Grande do Sul Rali de Estação

Etapas em 2018[editar | editar código-fonte]

A temporada 2018 se constitui etapas em cinco estados[1], sendo elas:

Data Estado Rally
08/04  Rio Grande do Sul Rali Estação
27/05  Rio Grande do Sul Rali Internacional de Erechim
22/07  São Paulo Rali de Inverno
16/09  Santa Catarina Rali de São Bento
18/11  Paraná Rali do Paraná