Campeonato Carioca de Futebol de 1946

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Carioca de Futebol de 1946
Times
Campeão Fluminense
Vice-campeão Botafogo
Artilheiro Rodrigues (Fluminense) - 28 gols

O Campeonato Carioca de Futebol de 1946 foi um dos mais disputados de todos os tempos, uma vez que quatro equipes (Fluminense, Botafogo, Flamengo e America) terminaram empatadas no primeiro lugar com 26 pontos cada, havendo a necessidade da disputa de um quadrangular extra em turno e returno. Esse torneio-desempate foi chamado pela imprensa de Supercampeonato, acontecimento inédito para o futebol carioca, até então.

A competição em sua fase regular foi disputada entre 7 de julho e 22 de dezembro por dez equipes (America, Botafogo, Bangu, Bonsucesso, Canto do Rio, Flamengo, Fluminense, Madureira, São Cristóvão e Vasco da Gama) em turno e returno, todos se enfrentando entre si.

No final do emocionante Supercampeonato, prevaleceu o Fluminense do folclórico técnico Gentil Cardoso, que teria pedido a contratação do artilheiro Ademir de Menezes, cujo passe pertencia ao Vasco, profetizando: 'Dêem-me Ademir que eu lhes darei o campeonato'.

Ademir apesar de não ter sido o artilheiro da equipe, acabaria sendo uma relevante peça no esquema armado por Gentil Cardoso, com seus 25 gols, inclusive marcando o gol do título na derradeira partida do quadrangular final, contra o Botafogo, em 22 de dezembro, no Estádio São Januário, perante mais de 27.000 torcedores pagantes, número este que não inclui os sócios dos clubes, que habitualmente não pagavam pelos ingressos.

O artilheiro da equipe tricolor e do campeonato foi o ponta-esquerda Rodrigues, que também brilharia posteriormente no Palmeiras, assinalando 28 gols.

O Fluminense teve como time base: Robertinho, Guálter e Haroldo; Pé-de Valsa, Pascoal e Bigode; Pedro Amorim, Simões, Ademir de Menezes, Orlando Pingo de Ouro e Rodrigues, uma equipe ofensiva que marcou 97 gols em 24 jogos.

Além dos tricolores, o campeonato do então Distrito Federal foi disputado por craques, muitos deles defendendo a Seleção Brasileira, como Zizinho (Flamengo), Heleno de Freitas (Botafogo), Danilo (Vasco) e Jorginho (America), entre outros.

Classificação[1][editar | editar código-fonte]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Fluminense 26 18 13 0 5 74 36 +38
1 Botafogo 26 18 11 4 3 58 25 +33
1 Flamengo 26 18 12 2 4 72 33 +39
1 America 26 18 13 0 5 51 32 +19
5 Vasco da Gama 22 18 8 6 4 42 33 +9
6 São Cristóvão 20 18 9 2 7 38 32 +6
7 Canto do Rio 12 18 6 0 12 28 54 -26
8 Bangu 11 18 5 1 12 32 68 -36
9 Madureira 8 18 3 2 13 31 64 -33
10 Bonsucesso 3 18 1 1 16 23 72 -49

Supercampeonato[editar | editar código-fonte]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Fluminense 11 6 5 1 0 23 9 +14
2 Botafogo 8 6 4 0 2 7 5 +2
3 Flamengo 5 6 2 1 3 9 12 -3
4 America 0 6 0 0 6 10 23 -13

Fonte[editar | editar código-fonte]

ASSAF, Roberto e MARTINS, Clóvis - Campeonato Carioca, 96 anos de história, 1902-1997. Ed. Irradiação Cultural, 1997.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Rio de Janeiro Championship 1946». www.rsssfbrasil.com. Consultado em 6 de fevereiro de 2006 
Ícone de esboço Este artigo sobre Campeonato Carioca de Futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Categoria:Futebol do Rio de Janeiro