Campeonato Catarinense de Futebol de 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
LXXXIII Campeonato Catarinense – Divisão Principal
Catarinense 2008
Dados
Participantes 12
Organização FCF
Local de disputa  Santa Catarina
Período 16 de janeiro4 de maio
Gol(o)s 478
Partidas 134
Média 3,57 gol(o)s por partida
Campeão Florianópolis Figueirense (15º título)
Vice-campeão BandeiraCriciuma.svg Criciúma
Melhor marcador Vandinho (Avaí) – 21 gols
Outras divisões
Divisão Especial Brusque
Divisão de Acesso Porto
Premiações
Melhor jogador
(FCF)
Cleiton Xavier (Figueirense)
Melhor treinador Alexandre Gallo (Figueirense)
Melhor árbitro Luiz Orlando de Souza
◄◄ Santa Catarina Catarinense 2007 Soccerball.svg Catarinense 2009 Santa Catarina ►►
Final - Camp. Catarinense de Futebol 2008.jpg

O Campeonato Catarinense de Futebol de 2008 foi a 83ª edição do principal torneio catarinense entre clubes.

Divisão Principal[editar | editar código-fonte]

Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2008
Times 12
Campeão Figueirense
Vice-campeão Criciúma
Artilheiro Vandinho ( Avaí) - 21

A Divisão Principal de 2008 contou com a participação dos 11 clubes que disputaram a edição anterior mais o Atlético Tubarão, vencedor da Divisão de Acesso de 2007. A FCF, após reuniões com os clubes catarinenses decidiu diminuir o número de participantes do torneio para 10 em 2009, aumentando o número de rebaixados de 2 para 3 e diminuindo o número de ascensões para 1.

Equipes Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Município Em 2007 Estádio Títulos
Atlético Ibirama Hermann Aichinger ---
Atlético Tubarão 1º (Acesso) Domingos Gonzales ---
Avaí Florianópolis Ressacada 13 títulos
Brusque Brusque Augusto Bauer 1992
Chapecoense Chapecó Campeã Índio Condá 1977, 1996 e 2007
Criciúma Criciúma Heriberto Hülse* 9 títulos
Figueirense Florianópolis Orlando Scarpelli 14 Títulos
Guarani Palhoça Renato Silveira* ---
Joinville Joinville 11º, 1º (Especial) Arena Joinville 12 Títulos
Juventus Jaraguá do Sul João Marcatto ---
Marcílio Dias Itajaí 10º Hercílio Luz 1963
Metropolitano Blumenau Monumental do Sesi* ---

*Tais estádios não foram utilizados no início do Campeonato por reformas

Fórmula de Disputa[editar | editar código-fonte]

Os 12 participantes jogarão em grupo único, onde disputarão 2 turnos todos contra todos. O turno conterá as partidas de ida e o returno as de volta, sendo que, ao começar o returno, os pontos serão zerados. O vencedor de cada turno (os que somarão mais pontos) será classificado para a fase final. Nesta fase os dois clubes jogarão partidas de ida e volta e aquele que apresentar mais pontos na fase final, independente do saldo de gols, será declarado Campeão Catarinense de 2008, caso houver empate de pontos, o segundo jogo terá uma prorrogação de 30 minutos com o placar zerado e se esta não resolver, o campeonato será disputado nos penaltis. Caso o campeão ao turno for o mesmo do returno, não haverá a fase final e este será declarado campeão. Os 3 clubes que apresentarem a menor pontuação no campeonato inteiro (Pontos do Turno + Pontos do Returno) cairão para a Divisão Especial de 2008. O campeão geral será classificado para a Série C do campeonato brasileiro de 2008, caso este já estiver classificado para as séries A, B ou C, o vice-campeão classificar-se-á, caso este também já estiver, a vaga será repassada para o 3º colocado (o que somar mais pontos nos 2 turnos, além do campeão e vice) e assim por diante. O campeão e o vice-campeão serão classificados para a Copa do Brasil de 2009, caso um destes esteja classificado à Libertadores de 2009, a vaga é repassada para o próximo colocado do campeonato.

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

  • Número de vitórias
  • Saldo de gols
  • Gols pró
  • Confronto direto
  • Sorteio

Turno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Figueirense 25 11 7 4 0 28 13 +15
2 Criciúma 23 11 7 2 2 26 16 +10
3 Avaí 22 11 7 1 3 29 11 +18
4 Metropolitano 21 11 6 3 2 24 19 +5
5 Guarani 16 11 4 3 4 13 19 -6
6 Chapecoense 14 11 4 3 4 20 18 +2
7 Marcílio Dias 13 11 4 1 6 13 14 -1
8 Atlético de Ibirama 13 11 3 4 4 14 17 -3
9 Joinville 11 11 3 2 6 10 15 -5
10 Juventus 9 11 2 3 6 12 30 -18
11 Brusque 8 11 1 5 5 14 22 -8
12 Atlético Tubarão 6 11 0 6 5 22 31 -9
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols

Returno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Criciúma 25 11 7 4 0 27 12 +15
2 Avaí 24 11 7 3 1 31 9 +22*
3 Figueirense 21 11 7 0 4 30 18 +12
4 Atlético Tubarão 18 11 5 3 3 18 15 +3
5 Metropolitano 17 11 5 2 4 19 19 0
6 Joinville 16 11 4 4 3 17 16 +1
7 Marcílio Dias 16 11 4 4 3 23 24 -1
8 Atlético de Ibirama 12 11 3 3 5 16 20 -4*
9 Chapecoense 10 11 3 1 7 20 26 -6
10 Juventus 10 11 3 1 7 17 33 -16
11 Brusque 8 11 2 2 7 13 20 -7
12 Guarani 6 11 1 3 7 19 33 -14
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols

* O Atlético de Ibirama foi punido pelo cai-cai, realizado no jogo contra o Avaí. Por causa disso, o placar foi alterado de 2 a 0 para 3 a 0. Ver Mais

Classificação Geral[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Criciúma 48 22 14 6 2 53 28 +25
2 Avaí 46 22 14 4 4 60 20 +40
3 Figueirense 46 22 14 4 4 58 31 +27
4 Metropolitano 38 22 11 5 6 43 39 +4
5 Marcílio Dias 29 22 8 5 9 36 38 -2
6 Joinville 27 22 7 6 9 27 31 -4
7 Atlético de Ibirama 25 22 6 7 9 30 37 -7
8 Chapecoense 24 22 7 3 12 40 44 -4
9 Atlético Tubarão 24 22 5 9 8 40 46 -6
10 Guarani 21 22 5 6 11 32 52 -20
11 Juventus 19 22 5 4 13 27 63 -36
12 Brusque 16 22 3 7 11 27 45 -18
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
Classificados para a Copa do Brasil de 2009 e à Final do Campeonato Catarinense de 2008
Classificados para o Campeonato Brasileiro da Série C 2008
Rebaixados para a Divisão Especial de 2008.

Confrontos[editar | editar código-fonte]

  AIB ATU AVA BRU CHA CRI FIG GUA JOI JUV MAD MET
Atlético de Ibirama 2x1 0x2 1x1 2x0 1x1 0x3 2x1 0x0 5x0 0x0 3x1
Atlético Tubarão 4x3 0x3 3x3 2x1 0x0 3x3 2x4 0x1 4x4 2x2 2x2
Avaí 6x0 1x1 3x0 2x3 1x1 0x3 5x0 3x0 5x0 2x1 2x2
Brusque 2x3 0x2 0x1 1x3 2x5 2x2 1x1 1x0 1x1 0x2 2x0
Chapecoense 1x1 2x2 0x6 4x2 2x5 1x3 6x1 1x2 3x0 2x0 2x3
Criciúma 1x0 4x4 1x0 1x0 3x1 3x1 3x2 1x1 4x1 5x1 2x1
Figueirense 4x2 1x0 0x2 6x4 2x1 4x2 6x2 4x0 5x1 2x3 1x1
Guarani 2x1 0x1 1x2 0x0 0x3 3x2 0x0 2x1 5x5 2x2 2x3
Joinville 0x0 3x1 0x3 3x1 2x2 2x2 0x1 3x1 5x1 0x1 2x0
Juventus 1x0 2x5 0x4 2x1 1x0 0x2 1x0 0x0 3x0 1x3 2x4
Marcílio Dias 3x3 1x0 4x3 1x2 2x1 0x1 1x3 1x2 2x2 5x0 1x4
Metropolitano 2x1 4x1 3x3 1x1 2x1 1x4 2x4 3x1 1x0 2x1 1x0
  • Jogos do Turno
  • Jogos Do Returno

Final[editar | editar código-fonte]

A final foi disputada em uma chave com dois times, onde foram realizados dois jogos. O clube que somou mais pontos, independente do saldo de gols, foi declarado Campeão Catarinense de 2007. Se houve um empate de pontos, o jogo foi decidido na prorrogação (com o placar zerado), caso este persistisse, a partida seria definida nos pênaltis.

O primeiro jogo resultou com a vitória do Figueirense por 1 a 0, no Estádio Orlando Scarpelli. O segundo, o Criciúma venceu por 3 a 1, de virada, no Estádio Heriberto Hülse. O campeonato foi definido na prorrogação, com 1 a 0 para o clube da capital. Assim, este consegue o 15º título, dois a mais que o rival Avaí. Já a equipe do sul do estado, perde o segundo estadual seguido em seu estádio e continua com 9 títulos, 3 a menos que o Joinville.

Classificação
Time PG J V E D PRO
1 Figueirense 3 2 1 0 1 1
2 Criciúma 3 2 1 0 1 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols; PRO - Gols na Prorrogação
Campeão Catarinense de 2008
Campeão do Turno Campeão do Returno Jogo 1 Jogo 2 Prorrogação
Figueirense Criciúma 1-0 1-3 1-0

*O Figueirense teve a primeira partida jogada em casa, pois somou menos pontos na classificação geral.

Itálico Campeão Catarinense de 2008

Divisão Especial[editar | editar código-fonte]

Divisão Especial do Campeonato Catarinense de 2008
Times 12
Campeão Brusque
Vice-campeão Juventus
Artilheiro Rafael Bittencourt ( Brusque) - 15 gols

A Segundona do Catarinense teve seu nome alterado para Divisão Especial (Nome dado à antiga Divisão Intermediária), mas sem modificações no formato, exceto pela existência de um rebaixamento a recém criada Terceira Divisão. A competição contou com a participação de nove clubes prédefinidos mais os três rebaixados da Divisão Principal de 2008.

Equipes Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Município Estádio
Brusque Brusque Augusto Bauer
Camboriuense Camboriu Roberto Garcia
Concórdia Concórdia Domingos Machado de Lima
Guarani*** Palhoça Renato Silveira
Hercílio Luz Tubarão Aníbal Costa
Imbituba Imbituba Vila Nova
Internacional Lages Vidal Ramos Jr.
Joaçaba Joaçaba Oscar Rodrigues da Nova
Juventus Jaraguá do Sul João Marcatto
NEC/Caçador* Navegantes/Caçador Carlos Alberto da Costa
Grêmio** Timbó Complexo Esportivo
Próspera Criciúma Mário Balsini

* O Navegantes fez parceria com o Caçador, visto que o primeiro não tinha estádio apropriado e o segundo almejava à disputa da Divisão Especial. Então, o NEC/Caçador mandará seus jogos na cidade do segundo

** O Pinheiros transferiu-se de Lages para Timbó e ficou conhecido como Grêmio Timbó

*** O Guarani desistiu da competição, pois considerava seu rebaixamento injusto. Justificando a utilização de jogadores irregulares por parte do Atlético Tubarão. O TJD arquivou o caso, para a indignação do bugre, que não tinha formado time para disputar a segundona. Assim, foi automaticamente rebaixado para a Divisão de Acesso de 2009.

Fórmula de Disputa[editar | editar código-fonte]

O campeonato foi disputado em dois turnos e, se necessário, uma final.

Primeiro Turno: Os doze participantes foram divididos em dois grupos de seis. Em cada grupo, jogaram todos contra todos, apenas as partidas de ida, os dois maiores pontuadores das respectivas chaves, avançam às semifinais do turno. Nessa fase, os clubes jogam entre si no sistema mata-mata, em dois confrontos, seguindo a lógica: 1º grupo A x 2º Grupo B; 1º Grupo B x 2º Grupo A, sendo que os primeiros colocados jogam a partida de volta em casa. Os vitoriosos avançam à final do turno, onde são realizados dois jogos, sendo o segundo na casa do melhor colocado na fase de grupos (caso a colocação seja a mesma, analisa-se a pontuação). O campeão dessa etapa classificou-se para a Final do Campeonato.

Segundo Turno: Fórmula idêntica a do primeiro, mas com os jogos de volta na fase de grupos.

Final do Campeonato: Os dois vencedores de cada turno se enfrentaram nessa fase em uma final de 2 jogos, o clube que maior pontuou na fase de grupos do campeonato inteiro jogou a partida de volta em casa. O vencedor desta foi declarado Campeão Catarinense da Divisão Especial de 2008 e se classificou para a Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2009. Caso o campeão do turno tenha sido o mesmo do returno, essa fase tornou-se desnecessária e este classificou-se diretamente para a Divisão Principal e o vice-campeão foi a equipe, excluindo o campeão, que mais pontuou no campeonato.

Playoff de Rebaixamento: As últimas colocadas de cada grupo (as que menos pontuaram nas fases de grupo do campeonato inteiro) foram rebaixadas diretamente para a Divisão de Acesso de 2009. Já as quintas colocadas, disputaram um Playoff de rebaixamento, em dois jogos, no mesmo sistema das fases eliminatórias dos turnos. A equipe perdedora foi rebaixada e a vencedora conquistou o direito de permanecer na segundona.

Nas fases eliminatórias e no playoff de rebaixamento, venceu o clube que somou mais pontos, independente do saldo de gols, caso houvesse empate, zerou-se o placar e realizou-se uma prorrogação de 30 minutos, se o empate persistiu, o clube com melhor desempenho na primeira fase do respectivo turno, foi declarado o vencedor. Na Final do campeonato, se houve empate, realizou-se uma prorrogação e após isso, se o empate persistiu, uma disputa de pênaltis foi realizada.

Alterações[editar | editar código-fonte]

Com a desistência do Guarani de Palhoça, foi necessária a alteração do regulamento.

Primeiramente, as equipes mandantes das fases eliminatórias será aquela com a melhor média aritmética de pontos (Número de Pontos / Número de Jogos) e não com a melhor colocação, nem com a melhor pontuação. A segunda alteração foi em relação ao rebaixamento. O clube de Palhoça foi rebaixado automaticamente com a 12ª colocação. As outras duas equipes serão: a última colocada do Grupo A, na classificação geral e a perdedora do playoff de rebaixamento, disputado pelas quintas colocadas de cada grupo. Regulamento Alterado

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

  • Número de vitórias
  • Saldo de gols
  • Gols pró
  • Confronto direto
  • Sorteio

Primeiro Turno[editar | editar código-fonte]

Fase de Grupos[editar | editar código-fonte]

Grupo A
Classificação
Time PG J V E D GP GC SG MP
1 Brusque 11 5 3 2 0 10 5 +5 2,20
2 Concórdia 8 5 2 2 1 11 7 +4 1,60
3 Joaçaba 8 5 2 2 1 11 9 +2 1,60
4 Grêmio Timbó 6 5 1 3 1 6 8 -2 1,20
5 Inter de Lages 4 5 1 1 3 8 15 -7 0,80
6 NEC/Caçador 3 5 1 0 4 5 7 -2 0,60
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols ; MP - média de pontos
Grupo B
Classificação
Time PG J V E D GP GC SG MP
1 Camboriuense 8 4 2 2 0 8 2 +6 2,00
2 Juventus 8 4 2 2 0 7 2 +5 2,00
3 Imbituba 4 3 1 1 1 3 7 -4 1,33
4 Hercílio Luz 3 4 1 0 3 7 8 -1 0,75
5 Próspera 1 3 0 1 2 1 7 -6 0,33
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols ; MP - média de pontos

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Time 1* Time 2 Jogo 1 Jogo 2 Prorrogação
Juventus Brusque 0-2 1-0 0-1
Concórdia Camboriuense 2-1 1-1

*Os times citados em primeiro jogaram a partida de ida em casa

Final[editar | editar código-fonte]

O Brusque jogou a segunda partida em casa, pois apresentou melhor desempenho na Fase de Grupos.

Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2
Brusque Concórdia 1-1 3-1

Segundo Turno[editar | editar código-fonte]

Fase de Grupos[editar | editar código-fonte]

Grupo A
Classificação
Time PG J V E D GP GC SG MP
1 Brusque 12 5 4 0 1 16 3 +13 2,40
2 Concórdia 10 5 3 1 1 7 4 +3 2,00
3 Joaçaba 6 5 2 0 3 8 8 0 1,20
4 NEC/Caçador 9 5 3 0 2 7 10 -3 1,80
5 Inter de Lages 6 5 2 0 3 4 11 -7 1,20
6 Grêmio Timbó 1 5 1 0 4 2 8 -6 0,20
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols ; MP - média de pontos
Grupo B
Classificação
Time PG J V E D GP GC SG MP
1 Juventus 8 4 2 2 0 8 4 +4 2,00
2 Imbituba 5 4 1 2 1 2 2 0 1,25
3 Próspera 5 4 1 2 1 3 5 -2 1,2
4 Hercílio Luz 4 4 1 1 2 3 4 -1 1,00
5 Camboriuense 3 4 0 3 1 3 4 -1 0,75
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols ; MP - média de pontos

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Time 1* Time 2 Jogo 1 Jogo 2 Prorrogação
Imbituba Brusque 2-1 0-7 0-1
Concórdia Juventus 1-3 0-2

*Os times citados em primeiro jogaram a partida de ida em casa

Final[editar | editar código-fonte]

O Brusque jogou a segunda partida em casa, pois apresentou melhor desempenho na Fase de Grupos. Por ter ganho os dois turnos, a equipe brusquense foi declarada campeã da Divisão Especial de 2008 e garantiu a volta à elite do futebol catarinense.

Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2
Brusque Juventus 4-3 4-2

Rebaixamento[editar | editar código-fonte]

Classificação Geral[editar | editar código-fonte]

Grupo A
Time PG J V E D GP GC SG MP
1 Brusque 23 10 7 2 1 26 8 +18 2,30
2 Concórdia 18 10 5 3 2 18 11 +7 1,80
3 Joaçaba 14 10 4 2 4 18 16 +2 1,40
4 NEC/Caçador 12 10 4 0 6 12 17 -5 1,20
5 Inter de Lages 10 10 3 1 6 12 26 -14 1,00
6 Grêmio Timbó 7 10 1 4 5 8 16 -8 0,70
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols ; MP - média de pontos
Grupo B
Time PG J V E D GP GC SG MP
1 Juventus 16 8 4 4 0 15 6 +9 2,00
2 Imbituba 12 8 3 3 2 7 9 -2 1,50
3 Camboriuense 11 8 2 5 1 11 6 +5 1,37
4 Hercílio Luz 7 8 2 1 5 10 12 -2 0,87
5 Próspera 6 8 1 3 4 4 14 -10 0,75
6 Guarani 0 0 0 0 0 0 0 0 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols ; MP - média de pontos
Playoff do Rebaixamento
Rebaixados automaticamente para a Divisão de Acesso de 2009.

Playoff do Rebaixamento[editar | editar código-fonte]

O Playoff seria disputado entre o Inter de Lages e o Próspera, entretanto, a equipe lageana foi suspensa e não pôde disputar o Playoff. Com isso, estabeleceu-se que ambos os jogos teriam resultado de 3 a 0 para o clube de Criciúma. Assim, o colorado do Planalto Serrano, foi rebaixado junto com o Grêmio Timbó e com o Guarani de Palhoça.

Confrontos da Fase de Grupos[editar | editar código-fonte]

  BRU CON INT JOA NEC GRE CAM GUA HER IMB JUV PRÓ
Brusque 0x0 5x2 3x2 8x1 2x0
Concórdia 1x0 5x1 3x3 2x0 0x0
Inter de Lages 0x2 4x3 1x0 0x3* 1x1
Joaçaba 1x4 3x0 1x0 2x0 3x1
NEC/Caçador 0x1 0x1 5x1 2x1 0x1
Grêmio Timbó 1x1 0x3 1x2 3x3 0x1
Camboriuense canc 1x0 5x0 2x2 0x0
Guarani canc canc canc canc canc
Hercílio Luz 4x0 canc 1x4 1x4 4x0
Imbituba 1x0 canc 3x2 0x0 2x0
Juventus 1x1 canc 2x1 0x0 4x1
Próspera 1x1 canc 1x0 1x1 0x2
  • Jogos do 1º Turno
  • Jogos Do 2º Turno

Canc = jogos cancelados do Guarani, por este ter desistido da competição
* O Inter de Lages foi suspenso por não pagamento de dívidas que tinha com a FCF, portanto, o jogo que seria realizado com o Caçador foi cancelado e o resultado estabelecido foi 3 a 0 para o NEC. [1]

Divisão de Acesso[editar | editar código-fonte]

Divisão de Acesso do Campeonato Catarinense de 2008
Times 5
Campeão Porto
Vice-campeão Videira

A Divisão de Acesso (nome dado à antiga Segunda Divisão) passou a ser a recém criada Terceira Divisão do Futebol Catarinense. A competição contou com 5 times pré-definidos e teve formato semelhante à Divisão Principal.

Equipes Participates[editar | editar código-fonte]

Equipe Município Estádio
Costa Esmeralda Itapema Municipal de Bombinhas*
Atlético Chapecó/CTM Chapecó/Guarujá do Sul** Beija Flor
Porto Porto União Antiocho Pereira***
Santa Catarina São Francisco do Sul Ernesto Schlemm (Ernestão)****
Videira Videira Luiz Leoni

* O Costa Esmeralda é um clube da cidade de Itapema, porém manda seus jogos no município de Bombinhas.
** O CTM fez parceria com o Atlético Chapecó e jogam em Guarujá do Sul
*** O Porto é um clube da cidade de Porto União, mas manda seus jogos em União da Vitória, no Paraná
**** O Santa Catarina, sediado em São Francisco do Sul, joga no Ernestão, em Joinville, estádio do Caxias

Fórmula de Disputa[editar | editar código-fonte]

O Campeonato foi dividido em 3 períodos:

Turno: Os 5 participantes jogaram em grupo único, todos contra todos apenas as partidas de ida. As duas equipes que mais somaram pontos ao final de 5 rodadas avançaram para a Final do Turno. Nessa fase, as finalistas jogaram em duas partidas sendo mandante da segunda partida, o 1º colocado na fase inicial. O clube que obteve mais pontos nos dois jogos, independente do saldo de gols, avançou à Final do Campeonato. Se houve empate de pontos, realizou-se uma prorrogação de 30 minutos com o placar zerado e se esta não resolveu, ocorreu disputa de pênaltis.
Returno: Igual ao turno, mas com as partidas de volta.
Final: Nesta fase os dois clubes jogaram partidas de ida e volta e aquele que apresentou mais pontos na fase final, independente do saldo de gols, foi declarado Campeão Catarinense da Divisão de Acesso de 2008, se houve empate de pontos, o segundo jogo teve uma prorrogação de 30 minutos com o placar zerado e se esta não resolveu, o campeonato foi disputado nos pênaltis.

Se o campeão do turno foi o mesmo do returno, não houve fase final e este foi declarado campeão e garantiu o acesso à Divisão Especial de 2009.

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

  • Número de vitórias
  • Saldo de gols
  • Gols pró
  • Confronto direto
  • Sorteio

Turno[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Porto 10 4 3 1 0 11 0 +11
2 Costa Esmeralda 10 4 3 1 0 5 1 +4
3 Videira 6 4 2 0 2 9 4 +5
4 Santa Catarina 1 4 0 1 3 2 6 -4
5 Atlético Chapecó/CTM 1 4 0 1 3 1 17 -16
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols

Final[editar | editar código-fonte]

O Porto-SC jogou a segunda partida em casa, pois apresentou melhor desempenho na Fase Inicial.

Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2
Porto Costa Esmeralda 2-0 0-0

Returno[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Porto 9 3 3 0 0 12 1 +11
2 Videira 6 3 2 0 1 10 3 +7
3 Atlético Chapecó/CTM 0 3 0 0 3 0 10 -10
4 Santa Catarina -3* 4 1 0 2 4 12 -8
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols

*O Santa Catarina perdeu 6 pontos por uso de jogador irregular
O Costa Esmeralda abandonou a competição após a primeira rodada do returno, tendo todos os seus jogos desse período cancelados. A primeira partida, na qual perdeu por 1 a 0 para o Videira no Estado Municipal, foi anulada.

Final[editar | editar código-fonte]

O Porto-SC jogou a segunda partida em casa, pois apresentou melhor desempenho na Fase Inicial. Por ter ganho os dois turnos, a equipe foi declarada campeã da Divisão de Acesso de 2008 e garantiu a vaga à Divisão Especial de 2008.

Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2
Porto Videira 1-0 1-1

Copa Santa Catarina[editar | editar código-fonte]

Copa Santa Catarina de 2008
Times 6
Campeão Brusque
Vice-campeão Joinville
Artilheiro Lima (Joinville) - 5
Ver artigo principal: Copa Santa Catarina de 2008

A Copa Santa Catarina de 2008 foi a 10ª edição do segundo principal torneio de futebol de Santa Catarina. Seis clubes se inscreveram, o Avaí B, Brusque, Chapecoense, Cidade Azul (ganhou a vaga do atual campeão Marcílio Dias que desistiu da competição), Joinville e Metropolitano.

Nesse ano, realizou-se a segunda Recopa Sul-Brasileira, com os vencedores das copas de Santa Catarina, São Paulo, do Rio Grande do Sul e do Paraná.

Equipes Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Município Estádio Títulos
Avaí B Florianópolis Ressacada 1
Brusque Brusque Augusto Bauer 1
Chapecoense Chapecó Indio Condá 1
Atlético Tubarão Domingos Silveira Gonzalez ---
Joinville Joinville Arena Joinville ---
Metropolitano Blumenau C.E. Bernardo Werner ---

Fórmula de Disputa[editar | editar código-fonte]

A Copa Santa Catarina foi disputada em duas fases, fase de grupos (triangular) e finais.

Fase de Grupos: Os 6 participantes foram divididos em dois grupos "A" e "B". Todos jogaram em turno e returno somente dentro de suas chaves, os dois primeiros colocados foram classificados à fase final.

Fase Final: Foi disputada em jogos de ida e volta entre os primeiros colocados de cada grupo, sendo o mandante do último jogo a equipe que obtiver melhor campanha na 1ª fase, de acordo com os critérios de desempate.

Foi considerada campeã a equipe que obtiver o maior êxito nos dois jogos. O campeão foi classificado para a Série D do campeonato brasileiro de 2008. Se este já estava classificado para as séries A, B ou C, o vice-campeão assumiu. Se este também estiva, a vaga foi repassada para o 3º colocado (o que somou mais pontos na primeira fase, além do campeão e vice) e assim por diante. O campeão também foi classificado à Recopa Sul-Brasileira de 2008.

Na Fase final, venceria quem somasse mais pontos, independente do saldo de gols. Se houve empate, realizou-se uma prorrogação de 30 minutos e se essa não resolveu, uma disputa de pênaltis foi necessária.

Critérios de Desempate[editar | editar código-fonte]

  • Número de vitórias;
  • Saldo de gols;
  • Gols pró;
  • Confronto direto, somente no caso de empate entre duas equipes;
  • Sorteio

Fase de Grupos[editar | editar código-fonte]

Grupo A
Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Brusque 6 4 2 0 2 4 6 -2
2 Avaí B 5 4 1 2 1 8 6 2
3 Metropolitano 5 4 1 2 1 4 4 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
Grupo B
Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Joinville 8 4 2 2 0 13 7 6
2 Chapecoense 8 4 2 2 0 9 6 3
3 Atlético Tubarão 0 4 0 0 4 5 14 -9
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
Classificados à fase final

Final[editar | editar código-fonte]

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG PRO PÊN
1 Brusque 3 2 1 0 1 2 2 0 0 4
2 Joinville 3 2 1 0 1 2 2 0 0 1
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas; GP - gols pró; GC - gols contra;
SG - saldo de gols; PRO - gols na prorrogação; PÊN - gols nos pênaltins
Campeão da Copa Santa Catarina de 2008
Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2 Prorrogação
Brusque Joinville 2x0 0x2 0x0**

*O Joinville teve a última partida jogada em casa, pois teve melhor campanha na fase inicial.
**Como a prorrogação terminou empatado, realizou-se uma disputa de pênaltis, resultando em 4x1 para o time brusquense.

Campeão Geral[editar | editar código-fonte]

Campeonato Catarinense de 2008
Brasao florianopolis.gif
Figueirense
15º Título

Ver também[editar | editar código-fonte]