Campeonato Mundial de Curling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Mundial de Curling
Realização: Federação Mundial de Curling
Imagem
Troféu do Campeonato Feminino de Curling.
Torneio masculino
Primeiro campeão  Canadá (Falkirk e Edimburgo 1957)
Atual campeão  Suécia (Lethbridge 2019)
Maior campeão  Canadá (36 títulos)
Torneio feminino
Primeira campeã Suíça (Perth 1979)
Atual campeã Suíça (Silkeborg 2019)
Maior campeã  Canadá (17 títulos)
Torneio misto individual
Primeiro campeão  Noruega (Berna 2015)
Atual campeão  Canadá (Kelowna 2018)
Maiores campeões  Noruega,  Rússia, Escócia
 Canadá (1 título cada)
Torneio de duplas mistas
Primeiros campeões Suíça (Vierumäki 2008)
Atuais campeões  Suécia (Stavanger 2019)
Maiores campeões Suíça (7 títulos)
Torneio em cadeira de rodas
Primeiros campeões Suíça (Sursee 2002)
Atuais campeões  China (Stirling 2019)
Maiores campeões  Canadá,  Rússia
 Noruega (3 títulos cada)
Site oficial World Curling Federation

O Campeonato Mundial de Curling é um evento anual organizado pela Federação Mundial de Curling, reunindo as melhores equipes do mundo neste desporto.

A versão masculina foi disputada pela primeira vez em 1959, enquanto que a feminina estreou vinte anos mais tarde. Entre 1989 e 2004, os torneios masculino e feminino eram sediados na mesma cidade. Em 2008 começou a ser disputado o torneio de duplas mistas e, em 2015, teve início o campeonato individual misto.[1]

Formatos da competição[editar | editar código-fonte]

Os dois primeiros campeonatos mundiais foram realizados como competições entre a Escócia e o Canadá, no formato de disputa em uma série de cinco jogos entre ambas. Após a adição dos Estados Unidos, em 1961, o formato foi alterado para uma rodada preliminar dupla round-robin , contando com uma rodada eliminatória de três equipes na conclusão de tal etapa.

Nos dois campeonatos seguintes, a rodada eliminatória acabou sendo removida. Contando com a participação de mais equipes, uma única rodada preliminar de round-robin entre quatro equipes foi implementada em 1971 (os campeonatos disputados entre 1968 e 1970 incluíam eliminatórias de três equipes). O formato da rodada eliminatória foi ajustado da eliminação simples para o sistema de playoffs a partir de 2005.

Os torneios realizados entre 1971 e 1985 tiveram, como terceira colocada, a equipe que perdeu na semifinal de uma rodada eliminatória de três equipes, ou a seleção com maior número de pontos entre as perdedoras de uma rodada eliminatória com quatro participantes.

A disputa pela medalha de bronze estreou na fase de oitavas-de-final em 1986, mas tal disputa acabou não ocorrendo entre os campeonatos de 1989 até 1994, pois neste período as equipes derrotadas nas semifinais acabaram conquistando uma medalha de bronze para cada.

Até o torneio de 2017, o formato dos campeonatos mundiais usava uma rodada preliminar de doze rounds, após a qual as quatro primeiras equipes avançavam para uma rodada eliminatória realizada com o sistema de playoffs.[2]

A partir de 2018, entretanto, serão treze seleções disputando uma rodada preliminar de round-robin, com os seis primeiros avançando para a rodada com eliminação simples, na qual os dois primeiros avançarão para a fase de semifinais.[2]

Campeonatos[editar | editar código-fonte]

Modalidade em cadeira de rodas[editar | editar código-fonte]

Segue-se abaixo o histórico deste campeonato em sua para-modalidade.

Edição País campeão [3]
Suíça Sursee 2002 Suíça
Suíça Sursee 2004 Escócia
Escócia Braehead 2005 Escócia (2)
Suécia Sollefteå 2007  Noruega
Suíça Sursee 2008  Noruega (2)
Canadá Vancouver 2009  Canadá
República Checa Praga 2011  Canadá (2)
Coreia do Sul Chuncheon 2012  Rússia
Rússia Sochi 2013  Canadá (3)
Finlândia Lohja 2015  Rússia (2)
Suíça Lucerne 2016 [21]  Rússia (3)
Coreia do Sul Gangneung 2017  Noruega (3) [22]
Escócia Stirling 2019 [10]  China [23]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. World Curling Federation. «History of Curling» (em inglês). Consultado em 19 de março de 2010 
  2. a b «World Curling Federation - World Curling Championships to grow after Annual General Assembly». World Curling Federation (em inglês). 17 de setembro de 2017. Consultado em 24 de março de 2018 
  3. a b c d e World Curling Federation. «Championships» (em inglês). Consultado em 19 de março de 2010 
  4. «Fabulous Las Vegas awarded World Men's Curling Championship 2018» (em inglês). World Curling Federation. 5 de novembro de 2015. Consultado em 20 de março de 2019 
  5. The Canadian Press (8 de abril de 2018). «Sweden's Edin wins world curling championship with 7-3 win over Canada's Gushue» (em inglês). VancouverCourier (salvo em Wayback Machine). Consultado em 20 de março de 2019 
  6. «LETHBRIDGE TO HOST 2019 WORLD MEN'S CURLING CHAMPIONSHIP» (em inglês). Curling Canada. 14 de março de 2018. Consultado em 24 de março de 2018 
  7. «SWEDEN SCORES BIG WIN AT PIONEER HI-BRED WORLD MEN'S CHAMPIONSHIP» (em inglês). Curling Canada. 3 de abril de 2019. Consultado em 8 de abril de 2019 
  8. «Sweden defend title at Pioneer Hi-Bred World Men's 2019» (em inglês). World Curling Federation. 7 de abril de 2019. Consultado em 8 de abril de 2019 
  9. «Pioneer Hi-Bred World Men's Curling Championship 2019 All Stars» (em inglês). World Curling Federation. 6 de abril de 2019. Consultado em 8 de abril de 2019 
  10. a b «Scotland awarded four international curling championships» (em inglês). World Curling Federation. 23 de dezembro de 2014. Consultado em 24 de março de 2018 
  11. Sangenetto, Carlos Eduardo (26 de março de 2012). «Suíça vence 'final retrô' e leva o Mundial feminino de curling». Lance!. Consultado em 31 de março de 2013 
  12. Sangenetto, Carlos Eduardo (24 de março de 2013). «Escócia se vinga da Suécia e conquista o Mundial feminino de curling». Lance!. Consultado em 31 de março de 2013 
  13. «North Bay, Canada to host Ford World Women's Curling Championship 2018» (em inglês). World Curling Federation. 6 de dezembro de 2016. Consultado em 24 de março de 2018 
  14. Strong, Gregory (25 de março de 2018). «Canada edges Sweden to win gold at world women's curling championship» (em inglês). The Globe and Mail | Sports. Consultado em 20 de março de 2019 
  15. «Silkeborg, Denmark to host World Women's Curling Championship 2019» (em inglês). World Curling Federation. 12 de dezembro de 2017. Consultado em 20 de março de 2019 
  16. «Switzerland win the LGT World Women's championship title» (em inglês). World Curling Federation. 24 de março de 2019. Consultado em 24 de março de 2019 
  17. «2020 World Women's Curling Championship to be played in Prince George, B.C.» (em inglês). Curling Canada. 5 de fevereiro de 2019. Consultado em 20 de março de 2019 
  18. «World Mixed Curling Championship 2017» (em inglês). World Curling Federation. 24 de outubro de 2017. Consultado em 24 de março de 2018 
  19. «Aberdeen, Scotland selected to host World Mixed Curling Championship 2019» (em inglês). World Curling Federation. 27 de março de 2019. Consultado em 8 de abril de 2019 
  20. «Venue confirmed for World Mixed Doubles and Senior Curling Championships 2017» (em inglês). World Curling Federation. 1 de outubro de 2015. Consultado em 24 de março de 2018 
  21. «World Wheelchair Curling Championship 2016 to be held in Lucerne, Switzerland». World Wheelchair Curling Championship 2015 (salvo em Wayback Machine) (em inglês). 3 de janeiro de 2015. Consultado em 24 de março de 2019 
  22. «World Wheelchair Curling Championship 2017» (em inglês). World Curling Federation. 11 de março de 2017. Consultado em 24 de março de 2019 
  23. «China win their first World Wheelchair Curling Championship title» (em inglês). World Curling Federation. 10 de março de 2019. Consultado em 24 de março de 2019 

Ligação externa[editar | editar código-fonte]