Campeonato de Portugal (liga)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato de Portugal
Dados gerais
Organização FPF
Edições 5 (2017–18)
Local de disputa Portugal
Sistema Campeonato
Divisões
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Campeonato de Portugal é o terceiro escalão do sistema de ligas de futebol de Portugal e entrou em vigor na época de 2013–14 para substituir as II e III Divisões com o nome Campeonato Nacional de Seniores. Esta competição é disputada por 80 equipas. Participaram na edição inaugural, os três clubes despromovidos da Segunda Liga, 39 clubes que transitaram da II Divisão, 19 clubes que transitaram da III Divisão e 19 clubes promovidos dos campeonatos distritais. A partir da época 2015-16, o Campeonato Nacional de Seniores passou a denominar-se Campeonato de Portugal (não confundir com a antiga competição com o mesmo nome).[1]

Este teve a denominação de Campeonato de Portugal Prio por motivo de patrocínio durante as épocas de 2015-16 e 2016-17.

Formato[editar | editar código-fonte]

Nas duas primeiras edições desta competição, esta era constituída por 80 equipas e estava dividida em duas fases. Na primeira fase, os clubes eram divididos em 8 séries de 10 equipas cada, jogando contra todas as equipas da mesma série a duas voltas. Na segunda fase, os dois melhores classificados de cada série da primeira fase são agrupados em duas séries de oito equipas (zona Norte e zona Sul), também a duas voltas, em que os vencedores de cada série jogam um jogo entre si para determinar o vencedor da competição e, juntamente com o vencedor de um play-off a duas mãos entre os segundos classificados das duas séries, são promovidos à Segunda Liga. As restantes 8 piores equipas de cada série da primeira fase, são agrupadas em oito séries de oito equipas cada, mais uma vez a duas voltas. Os dois últimos classificados de cada série são despromovidos, juntamente com os derrotados de 4 play-offs entre os terceiros piores classificados de cada série.

Na época de 2017-18, de modo a possibilitar uma redução do número de equipas de 80 para 72, esta competição é disputada em 5 séries de 16 equipas cada, em que 6 equipas de cada série são despromovidas e o primeiro classificado de cada série mais os 3 melhores segundos classificados disputam play-offs entre si, de modo a determinar as duas equipas promovidas e o vencedor da competição.[2]

A partir da época de 2018-19, esta prova passará a ser disputada por apenas 72 equipas, distribuídas por 4 séries de 18 equipas cada, em que 5 equipas de cada série são despromovidas e as duas melhores equipas de cada série disputam play-offs entre si de modo a determinar as duas equipas promovidas e o vencedor da competição.

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Época Campeão Resultado Vice-campeão 3.º classificado Resultado 4.º classificado
2013–14 Freamunde 3–2 Oriental Vitória de Guimarães B 0–0, 2–0 Benfica e Castelo Branco
2014–15 Mafra 1–1 (4–3, g.p.) Famalicão Varzim 2–0, 1–1 Casa Pia
2015–16 Cova da Piedade 0–0 (2–0, g.p.) Vizela Fafe 1–0, 0–0 Casa Pia
2016–17 Real Sport Clube 2–0 UD Oliveirense Merelinense e Praiense[nota 1]

Palmarés[editar | editar código-fonte]

Clubes Títulos Vice-campeões Épocas dos títulos Épocas vice-campeões
Freamunde 1 2013-14
Mafra 1 2014-15
Cova da Piedade 1 1015-16
Real Sport Clube 1 1016-17
Oriental 1 2013-14
Famalicão 1 2014-15
Vizela 1 1015-16
UD Oliveirense 1 1016-17

Notas

  1. Disputaram o play-off de Promoção à Liga Pro de 2017–18 mas não se apuraram

Referências

  1. Alexandre Silva (19 de março de 2013). «FPF Reformula quadro competitivo». Zerozero. Consultado em 19 de março de 2013 
  2. «Campeonato de Portugal sorteado». FPF. 24 de julho de 2017