Campeonato Paulista de Futebol de 1926 (LAF)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Campeonato Paulista de Futebol de 1926
I Campeonato da Liga dos Amadores de Foot-ball
Dados
Participantes 8
Organização LAF
Campeão Paulistano (9º título)
Vice-campeão Germânia
Melhor marcador Filó (Paulistano), 16 gols
◄◄ São Paulo 1925 Soccerball.svg 1927 (LAF) São Paulo ►►

O Campeonato da Liga dos Amadores de Foot-ball de 1926 foi a primeira edição dessa competição esportiva entre clubes de futebol paulistas filiados à LAF e é reconhecido como legítima edição do Campeonato Paulista de Futebol pela FPF.[nota 1] O campeão foi o Paulistano, com o Germânia ficando com o vice campeonato.

Idealizado e liderado pelo Paulistano, o título só podia ser conquistado pelo Paulistano de Arthur Friedenreich. Por sinal, buscando representatividade na disputa com o torneio da APEA, o torneio da LAF foi o segundo Campeonato Paulista da história a ter a participação de um clube do interior do estado: o Paulista Futebol Clube de Jundiaí. Antes, apenas a edição da LPF de 1914 tivera a participação de um clube do interior.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1926, a questão sobre a profissionalização no futebol em São Paulo chega a um ponto limite. A maioria dos times, especialmente os mais jovens apoiam essa mudança, mas os times mais antigos, de origem elitista, não aceitam a popularização do campeonato e criam a Liga dos Amadores de Futebol, a LAF. Essa nova liga, que buscava combater ao falso amadorismo, à indisciplina e à politicagem vigente entre os clubes, se pautando por princípios mais esportistas e menos comerciais, foi formada pelos times decanos do futebol paulista e brasileiro, liderados pelo Paulistano, tendo times como Associação Atlética das Palmeiras, Germânia e Antarctica Futebol Clube. Na APEA prosseguem Corinthians, Palestra Itália, Santos, Portuguesa, Clube Atlético Ypiranga, Sport Club Internacional (São Paulo) e Associação Atlética São Bento.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Oito equipes participaram do Campeonato Paulista da Liga Amadora. Paulistano, Germânia e Associação Atlética das Palmeiras vieram do campeonato da APEA. Foram convidados ainda Antarctica Futebol Clube, Clube Atlético Independência e Britânia A.C.. Buscando dar mais representatividade ao torneio, convidou-se dois clubes de fora da capital: o Clube Atlético Santista, de Santos e o Paulista Futebol Clube de Jundiaí.

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Classificação - Final
Time PG J V E D GP GC SG
1 Paulistano 35 14 11 2 1 55 14 41
2 Germânia 26 14 8 2 4 38 28 10
3 Independência 24 14 7 3 4 37 30 7
4 Antarctica 23 14 6 5 3 25 19 6
5 AA das Palmeiras 21 14 6 3 5 28 24 4
6 Atlético Santista 16 14 5 1 8 30 32 - 2
7 Paulista 10 14 2 4 8 24 46 - 22
8 Britannia 2 14 0 2 12 20 64 - 44
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas; GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeão Paulista de 1926 (Campeonato da LAF)
Bandeira da cidade de São Paulo.svg
PAULISTANO
(9º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Fundada em 1941, a FPF se tornou a entidade máxima do futebol paulista em 1941 e reconheceu os campeonatos organizados pela LFESP, LAF, APEA e LPF como edições oficiais do Campeonato Paulista, que contavam quase que exclusivamente com clubes da capital. Os principais jornais de São Paulo à época muitas vezes se referiam aos torneios disputados pelos maiores clubes paulistanos como campeonato de futebol da cidade.[1] No entanto, a FPF não concede o mesmo status para edições do Campeonato do Interior e o Campeonato entre os campeões da capital e do interior (Taça Competência), disputados pela primeira vez em 1919.

Referências

  1. «O melhor prelio da rodada inicial» (PDF). Correio de S.Paulo. 25 de abril de 1936. p. 6. Consultado em 24 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]